Ilustradora cria série para mostrar como é gostoso viver sozinha

 

Antigamente, só era permitido pela sociedade que a mulher saísse da casa dos pais para ir morar com o marido. Hoje, morar sozinha não só é aceito, como representa independência, liberdade e maturidade. Além de inúmeras outras vantagens que não vamos nem começar a citar, pois a lista é longa.

E a artista Yaoyao Ma Van As, baseada em Los Angeles, Califórnia, criou uma série de ilustrações para representar toda a delícia e todas as possibilidades que existem ao ter uma casa inteirinha só pra você. Podem parecer coisas simples, mas que ao dividir a casa com alguém acabamos deixando de lado.

Desde comer o que você quiser, sem precisar ceder a vontade dos outros, trabalhar o horário que você achar melhor, dançar como se ninguém estivesse te olhando e não precisar se preocupar com aquela baguncinha que só vai acumulando. E além de tudo, o trabalho de Yaoyao é lindo, dá só uma olhada:

Brincar com seu cachorro

Aproveitar momentos de silêncio e paz

Fugir da realidade

Comer tudo que você quiser

Trabalhar quando você preferir

Apreciar um copo de chá enquanto observa a chuva

Dormir abraçada com seu “melhor amigo”

Dançar como se ninguém estivesse olhando

Ser um pouco desajeitada

Não fazer nada o dia todo

Imagens © Yaoyao Ma Van As/fonte:via

Fotógrafo retrata os personagens estilosos e coloridos de uma das ruas mais famosas do mundo: a 5ª avenida

A Quinta Avenida é uma das ruas mais famosas de Nova York. Corta os lados Leste e Oeste da ilha de Manhattan, abriga mansões, apartamentos e lojas caríssimos. Ainda é o local onde ficam monumentos como a Biblioteca Pública de Nova York e o Rockefeller Center. Todos os dias milhões de pessoas circulam por ali.

Nei Valente, um designer e fotógrafo brasileiro, é um deles. Encantado pela vibração da avenida, ele passou meses aproveitando o horário de almoço para fotografar os pedestres que circulam por lá, dando vida ao local. O resultado é a série Fifth Avenuers.

Em seu site, Nei escreve que a proximidade com museus (como o MoMuseu de Arte Moderna, o Metropolitan Museum of Art e o Guggenheim) atrai um certo tipo de público, enquanto o Central Park faz outras pessoas passarem pela rua. Há também os ricos que podem comprar nas lojas de luxo e os funcionários que trabalham por lá, além de trabalhadores da construção civil e vendedores ambulantes, constantemente caminhando ao lado de executivos que trabalham nos prédios suntuosos.

“Para representar um local com precisão não basta fazer imagens das pessoas e cenas comuns, mas também capturar o que contrasta com a normalidade, fazendo do lugar algo especial o suficiente para merecer ser fotografado”, conclui o fotógrafo.

Fotos: Nei Valente/fonte:via

O maravilhoso site que é como um Airbnb especial para os loucos por arquitetura

Muitas vezes um ótimo hotel já vale a viagem. E se você se você é o tipo de viajante que adora se hospedar em lugares diferentes e estilosos ao invés de comuns, existe um serviço de aluguel que deve estar no seu radar: PlansMatter.

Fundado por Connie Lindor e Scott Muellner, a empresa segue um modelo de negócios comparável ao Airbnb. A diferença, no entanto, é que, com o PlansMatter, as propriedades disponíveis são sempre maravilhas arquitetônicas.

01

Nós fomos inspirados a criar o PlanningMatter pelo nosso amor pela arquitetura, combinado com a necessidade de uma ferramenta para ajudar outras pessoas que adoram a arquitetura a encontrar lugares incríveis para ficar durante as férias“, disse Muellner ao site Domino, que conheceu Lindor no primeiro dia na Faculdade de Design da Universidade de Minnesota. “Somos direcionados inteiramente pela qualidade de projeto da propriedade. Nossos critérios de seleção baseiam-se unicamente na integridade arquitetônica“.

04

A ideia do PlansMatter ocorreu em 2013, quando um incêndio quase destruiu o duplex histórico dos dois co-fundadores em Minneapolis. Em algum momento ao longo da reforma que durou dois anos, a dupla reviveu seu amor pela arquitetura e design e teve a ideia de iniciar uma empresa de aluguel focada no design para ajudar a cobrir os custos da reforma.

Quatro anos depois, a empresa possui casas disponíveis em todo o mundo. Cada espaço foi escolhido especificamente pela equipe do PlansMatter. Alguns até têm significado pessoal para os fundadores, para que você possa ter certeza de que cada propriedade do site foi cuidadosamente selecionada para aderir ao mais alto padrão.

03

Nós sempre amamos a cabana de Sawtooth no norte de Minnesota. Projetado por Julie Snow – ela era nossa professora enquanto estávamos na escola de arquitetura – a simplicidade e a localização são lindas. E a nossa permanência inicial realmente ajudou a inspirar o PlanningMatter“, diz Muellner sobre uma de suas propriedades favoritas.

05

Todas as imagens: Reprodução/fonte:via

Neste abrigo de animais, ao invés de gaiolas os cães vivem em cabanas em plena natureza

Nem sempre um animal abandonado estar em um abrigo é garantia de um futuro melhor ou mesmo de vida. Muitos abrigos apresentam alto índice de mortalidade, ou condições insalubres para os animais, que acabam entrando em listas de eutanásia sem que precisassem de fato serem sacrificados. Foi para salvar os cachorros desses abrigos que o Luvable Dog Rescue foi criado.

Localizado no Oregon, nos EUA, o abrigo é realmente uma espécie de paraíso para os cães abandonados: no lugar de gaiolas ou prisões, os animais vivem em cabanas próprias, devidamente mobiliadas, com cuidados pensados especialmente para que não só sobrevivam, como vivam bem, e se sintam parte de uma família.

Ao redor das cabanas, um espaço de mais de 200 mil metros quadrados ao ar livre, para que os cachorros possam correr e brincar em plena natureza. A ideia é diminuir o trauma dos animais através de uma experiência realmente livre e especial – ou, como diz o nome do abrigo, uma vivência de amor.

O simpático cãozinho Picasso, que você já conheceu, hoje vive lá

© fotos: divulgação/fonte:via