A “dolce vita” da Itália dos anos 1980 registrada em fotos sedutoras e interessantes

Em um país tão peculiar, orgulhoso da própria personalidade e dono de uma história tão ancestral e cheia de capítulos como a Itália, com tantos altos e baixos, crises, estabilidades e confusões, parece haver algo de essencial, que o genial cineasta Federico Fellini tão bem capturou em sua obra-prima La Dolce Vita, de 1960: a busca e o anseio por essa “vida doce”. Pleno em prazeres, sensualidade, sexualidade e felicidade, foi esse espírito que o fotografo americano Charles H. Traub procurou registrar, durante a década de 1980, em suas viagens pelas ruas de todo o país.

Marcello Mastroianni e Anita Ekberg em cena de La Dolce Vita, de Fellini 

Tal espírito foi encapsulado no livro Dolce Via: Italy In the 1980’s (Doce rua: Itália nos anos 1980) no qual Traub reúne essas fotos, revelando um espírito de rua que, para ele, anda em vias de desaparecer diante dos problemas que surgem com as crises econômicas globais.

A impressão de uma vida mais simples e diretamente apontada na direção dos prazeres, tanto da carne quanto da mente, parece saltar das fotos. Mesmo em seus registros mais inocentes, o tal doce sabor que Fellini explora em seu filme parece sempre presente, sensual, colorido e suculento.

© fotos: Charles H. Traub/fonte:via

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s