Africanos se unem para criar muro de árvores 8 mil km de comprimento e 15 km de largura

Enquanto alguns poderosos se elegem prometendo construir muros para separar povos e países (e nem de fato se mostram capazes de cumprir sua horrenda e inviável promessa) outros países decidem botar a mão na massa, e construir por uma boa causa um outro tipo de muro: um muro de árvores.

Onze países africanos se reuniram para construir uma enorme barreira verde, cruzando o continente de leste a oeste, a fim de amenizar os efeitos das mudanças climáticas.

O processo de plantio teve início em 2007, e a ideia é que o muro atinja 8 mil quilômetros de cumprimento e 15 quilômetros de largura – só no Senegal já são 11 milhões de árvores plantadas.

Faltam anos ainda para o muro realmente ficar pronto, mas uma parceria entre o Banco Mundial, a ONU e os Jardins Botânicos do Reino Unido começaram uma campanha pela arrecadação de fundos para que o plantio seja completado. O custo de toda a barreira é de cerca de 8 bilhões de dólares. Sudão, Niger, Mali e Mauritânia são alguns dos outros países envolvidos.

 

Lideranças locais, no entanto, garantem que, passados 10 anos do início do plantio, as diferenças já são sensíveis, e alguns processos de desertificação já começaram a ser revertidos. E mais: oportunidades de emprego, e até mesmo de vida, passaram a circular ao redor da muralha verde. Com a sombra e a umidade, há menor necessidade de água, e mais vida onde antes era seco – e eis um muro que não só realmente traz melhorias efetivas a todos, como, ao invés de separar, reúne as pessoas.

© fotos: divulgação/fonte:via

Fotógrafo capta cobra dentro da boca de um sapo

A última coisa que essa infeliz serpente viu provavelmente foi o flash da câmera quando o fotógrafo capturou a incrível imagem de sua cabeça aparecendo dentro da boca desse sapo. O flagrante foi provavelmente ao acaso. A câmera foi disparada em um momento em que o sapo estava boquiaberto. E, de forma inesperada, dentro da garganta do sapo estava outra cabeça, pertencente a uma pequena cobra, suas mandíbulas também estendidas, no que talvez fosse o seu último suspiro.

O usuário do Reddit EstusFiend compartilhou a foto em 16 de outubro, com o título “One Last Scream In the Abysssss (Um último grito no abismo – os “sss” são uma brincadeira com o sibilar feito pelas cobras)”. Um usuário do Google Plus publicou a foto em novembro de 2016 e reivindicou a propriedade da imagem, mas como a foto apareceu sem crédito na internet antes dessa afirmação, é incerto quem é realmente o fotógrafo.

A serpente engolida provavelmente não se manteve viva por muito tempo – embora a presa de um sapo geralmente seja engolida com vida e lute para sobreviver, uma vez que a boca do sapo fecha, o fim vem rapidamente, diz Jonathan Kolby, diretor do Centro de Resgate e Conservação Anfíbia de Honduras.

“É fácil imaginar que engolir um animal vigorosamente lutando prejudicaria o sapo”, explicou Kolby. “Mas, depois de ser engolida, a maioria das presas provavelmente sufoca e morre dentro de um minuto ou dois enquanto são espremidas e mantidas no lugar pelos músculos no trato digestivo do sapo”.

 

E não é incomum que uma cobra esteja no menu de um sapo, acrescenta Kolby.

“Os sapos de árvores costumam consumir uma grande variedade de presas, incluindo cobras e até roedores, tudo de acordo com o tamanho da boca deles”, disse ele.

O sapo foi identificado como uma sapo de árvore verde australiano (Litoria caerulea) em um tweet postado em 16 de outubro por Jodi Rowley, curador de Biologia de Conservação de Anfíbios e Répteis do Museu Australiano e da Universidade de Nova Gales do Sul. Em outro tweet, Rowley sugeriu que o esôfago do sapo parecia menor do que se poderia esperar para um animal com uma boca tão grande, mas provavelmente ele estava contraído porque a cobra ainda estava sendo engolida.

A cobra parece ser um filhote, de acordo com Paul Oliver, pesquisador de pós-doutorado na Universidade Nacional Australiana. Isso faz com que essa interação seja incomum, já que muitas cobras são diurnas – ativas durante o dia – e os sapos são noturnos, explica ele.

“Parece improvável que tenha ocorrido naturalmente, mas várias coisas improváveis ​​acontecem na natureza”, disse Oliver ao site Live Science em um e-mail.

Uma possibilidade é que a ação humana “pode ter desempenhado um papel no encontro da cobra com o sapo, mas, posteriormente, os instintos do sapo para comer qualquer coisa pequena assumiram o controle”, disse Oliver, que estuda a sistemática e a evolução dos sapos e lagartos.

Na verdade, sapos de árvores são chamados por alguns de “labradores do mundo dos sapos”, por causa de seus hábitos alimentares indiscriminados. Eles são conhecidos por tentar comer “quase qualquer coisa que eles possam colocar em suas bocas”, diz Kathleen Doody, pesquisadora da Escola de Ciências Biológicas da Universidade de Queensland, na Austrália.

Independentemente disso, da perspectiva do sapo, ter sua refeição tentando fazer o caminho de volta pela sua garganta provavelmente não é uma experiência agradável. Mas há exemplos ainda mais extremos de uma refeição tornando-se desastrosa para sapos, Kolby disse ao Live Science.

As larvas de besouro Epomis, que se parecem com larvas tentadoras para um sapo com fome, são na verdade carnívoros mortais que se alimentam de seus futuros predadores, conta Kolby. As larvas atraem os sapos agitando suas antenas, depois atacam suas poderosas mandíbulas, prendendo-se no sapo e consumindo-o vivo, relata ela.

A serpente na foto de alguma forma conseguiu sair da boca do sapo e alcançar o caminho da liberdade? Provavelmente nunca saberemos. Mas por um momento ela lutou, de acordo com a lente do fotógrafo.

Fonte:[via][Livescience]

O inusitado (e único) ensaio fotográfico em que Marilyn Monroe foi morena

Tudo na vida de Marilyn Monroe parece fascinante e destinado a entrar pra história – até mesmo uma mera peruca. Seis semanas antes de vir a falecer, em junho de 1962, a estrela maior de Hollywood posou para uma sessão de fotos clicada por Bert Stern para a revista Vogue. Nela, Marilyn presta uma homenagem à eterna primeira-dama dos EUA, Jacqueline Kennedy, usando uma peruca morena, com o corte de cabelo que Jackie imortalizou.

 

Vale lembrar que Jacqueline Kennedy era então casada com o presidente John Kennedy, com quem suspeita-se que Marilyn teria tido um tórrido caso de amor – significado pela famosa cena em que ela, sensual como nunca, canta “Parabéns pra você” em uma comemoração pelo 45o aniversário do presidente, em maio do mesmo ano.

Apesar do cabelo loiro ser uma das mais fortes marcas do sex appeal de Marilyn, ela era morena de nascença, e seu cabelo era pintado. A atriz viria a falecer em 5 de agosto de 1962, de overdose de remédios, aos 36 anos. As fotos de Marilyn de peruca são uma das últimas tiradas por ela, e tornaram-se raridades de seu imenso repertório fotográfico. John Kennedy seria assassinado no final do ano seguinte, em 22 de novembro de 1963.

© fotos: Bert Stern/fonte:via

Após vida de abusos, cão não deixa ninguém se aproximar a não ser seu novo irmãozinho

Infelizmente, o mundo está repleto de maldade e, na maioria das vezes, as vítimas são os seres mais inofensivos possíveis. As terríveis pessoas que deveriam cuidar da cachorrinha Nora, a maltrataram durante toda sua vida até chegar ao ponto em que ela agora teme todas as pessoas que se aproximam dela, exceto um bebê.

Nora acabou tendo uma nova chance de ser feliz quando foi para um abrigo e foi resgatada por Elisabeth. “Nós conseguimos nossa garota Nora, uma pointer inglesa, de um abrigo de resgate sete anos antes de termos filhos”, disse ao Bored Panda. “Apesar de ela ter vindo de uma situação abusiva, ela tinha uma natureza doce e gentil e sabíamos com certeza que ela seria um maravilhoso cachorro da família quando chegasse a hora. Ela não decepcionou!

A família de Elizabeth cresceu. Ela e seu marido têm 3 filhos, 3 gatos resgatados e 3 cães também adotados. Elizabeth adora a relação entre seu filho Archie e sua filhota Nora. “Archie é um bebê extremamente descontraído, feliz e bem-humorado e todos os animais parecem realmente responder a isso, particularmente a Nora“, disse. “Ela veio de uma casa abusiva e tem medo de quase tudo. No entanto, não Archie. Ela absolutamente o adora!

A dupla é inseparável. “Se Archie está tomando banho, Nora está deitada na esteira de banho esperando que ele saia. Se eu estou amamentando ele, ela também quer ficar no meu colo”.

Por sorte, ela documenta seu vínculo incrível e compartilha no Instagram onde quase 100 mil seguidores vendo de perto esta linda amizade.

Imagens: Reprodução Instagram/fonte:via