O ‘rei da moda’ dos anos 1920 libertou as mulheres do espartilho e morreu no ostracismo

Você já ouviu falar em Paul Poiret? Nascido em Paris em 1879, Paul começou seu caso de amor com a moda quando ainda trabalhava em uma loja de guarda-chuvas, e aproveitava o tempo livre para desenhar vestidos.

Aos 24 anos, quando abriu sua própria maison na capital francesa, tinha um objetivo na cabeça. Libertar a mulher da sua época de espartilhos apertados, que muitas vezes chegavam a causar problemas de saúde para quem o usava.

Criou vários modelos de vestidos que revolucionaram a época, onde a única preocupação era com a naturalidade em seguir a estética da silhueta feminina. Desenvolveu peças soltas e coloridas, como as chemises, que davam um novo sentido a moda.

Apesar de ter sido reconhecido como o “Rei da Moda”, servindo de inspiração para estilistas até os dias de hoje, Paul foi perdendo o prestígio na época, após o surgimento de outra peça fundamental para a história da moda, Coco Chanel, e acabou morrendo em 1944, pobre e esquecido.

Via © Messy Nessy /fonte:via

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s