Ciclistas encontram cachorro abandonado em rodovia e resolvem levá-lo para casa

Um grupo de ao menos cinco ciclistas pedalava pela Rodovia dos Bandeirantes, que liga São Paulo ao interior paulista, quando avistou um cachorro abandonado na beira da pista. Eles ficaram tão sensibilizados com a situação do animal que resolveram levá-lo para casa.

A história foi contada por Eduardo Reis, um dos integrantes do grupo, que levou o novo companheiro de carona em sua bicicleta na volta para casa.

“Hoje a turma saiu para dar um treino, o destino era Estrada da Fúria, mas uma coisa falou ‘vamos para Sumaré (interior de São Paulo)’. Estávamos ali pedalando, conversando, quando furou o pneu da bicicleta do nosso amigo Daniel Furlan. Aí apareceu este carinha abandonado na Rodovia dos Bandeirantes. Quando ele me viu era tanta alegria dele ele pulava de alegria. Salvamos a vida dele”, relatou Eduardo em seu post no Facebook.

 

Nas fotos, o novo integrante do grupo aparece curtindo o passeio de bike e aparenta estar super feliz em ter sido resgatado da situação de rua.

Animais em rodovias não são novidade em São Paulo. Nos trechos Sul e Leste do Rodoanel, por exemplo, a concessionária SPMar estima que cerca de 90% dos bichos encontrados na região são domésticos e acabaram se perdendo após uma fuga. Por conta disso, diversas campanhas de orientações aos motoristas são feitas com frequência.

 fonte:[via]

Para não perder as aulas, menino de 7 anos leva irmão mais novo com ele

Um menino das Filipinas tornou-se uma estrela das redes sociais depois de ser fotografado com seu irmãozinho de um ano de idade na sala de aula, pois não queria deixar de ir à escola e não havia ninguém para cuidar da criança em casa.

O menino filipino de 7 anos, Justin, é um aluno de 1ª série em uma escola administrada pelo governo, localizada na área rural da vila de Salvacion, na cidade de Magallanes, na província filipina de Sorsogon, uma aldeia a 600 quilômetros de Manila.

A foto foi tirada pela professora mostra Justin com o irmão no colo ao fazer a lição de casa na aula. Ela postou a imagem no Facebook com uma legenda:

“Preciso trazer meu irmão este ano para escola porque minha avó tem que trabalhar na fazenda e ninguém pode cuidar dele.”

As palavras do jovem garoto atingiram muitos internautas que o consideraram maduro e muito responsável para apenas 7 anos de idade. Muitos desejaram sucesso ao menino em seu futuro.

Um internauta comentou: “Ele é um exemplo de ser responsável, apesar da sua ternura”. Enquanto outro elogiou o menino por não esquecer seu dever de estudar apesar de ter a responsabilidade de cuidar de seu irmão. “Ele conhece suas prioridades”, escreveu o internauta.

No entanto, a imagem também agitou um debate nas redes sociais, onde muitos internautas criticaram a ausência dos pais e o mau planejamento familiar nas Filipinas.

De qualquer forma, é inegável que a atitude do garotinho é um exemplo de amor e de muita determinação.

Imagens: Reprodução/fonte:[via]

De tímido a modelo: como deixar a barba mudou completamente a vida deste cara

Nascido no País de Gales, Gwilym Pugh, um empresário de 33 anos, tinha como grande sonho ser jogador de basquete, mas como se machucou aos 16 anos, não teve como levar adiante a carreira. Então, com apenas 21 anos, começou uma bem-sucedida companhia de seguros no quartinho de bagunça da casa de seus pais.

Trabalhar em casa e os ferimentos no joelho fizeram com que ele ganhasse muito peso: mais precisamente: 130 quilos! No entanto, seu estilo de vida prejudicial mudou completamente depois que seu barbeiro o incentivou a deixar a barba a crescer.

“Naquela época, eu estava bastante acima do peso, trabalhando 12 horas por dia, atormentado com lesões, o que significava que eu não conseguia treinar”, disse ao jornal Welshman Daily Mail. “Os negócios estavam funcionando bem, mas eu decidi que precisava colocar minha vida em ordem e queria melhorar”.

Gwilym e seus amigos montaram uma banda há vários anos. Seu barbeiro aconselhou-o manter a barba para ter algum estilo. De acordo com o seu novo visual, o músico recém-formado decidiu expandir sua transformação limpando sua dieta. A maior mudança, no entanto, foi diminuir o ritmo de trabalho.

“Foi a melhor coisa para a minha saúde quando parei de estar de nove a dez horas por dia”, explicou o homem que perdeu 40 quilos ao longo de cinco anos. Enquanto ele estava perdendo peso e aumentando a barba, Gwilym criou uma conta Instagram na qual ele possui atuais 244 mil seguidores – e contando…

Agora, Gwilym faz parte de uma agência de modelos de Londres. Ele trabalhou em campanhas de marcas como Vans, Bud Light, Diesel e outros grandes nomes.

Imagens: Reprodução/fonte:[via]

Como esta ex-seringueira viúva ajudou seus 11 filhos a se formarem na faculdade

A seringueira Marlene da Costa Maciel, nascida no interior do Acre, queria que seus 14 filhos tivessem um futuro com mais oportunidades. Foi assim que ela e o marido deixaram de lado a vida no Seringal Extrema (AC) para viver em uma propriedade rural no município de Cruzeiro do Sul, também no estado, onde os filhos poderiam frequentar a escola.

Apesar de difícil, a mudança foi essencial na vida dos jovens. Aos 59 anos, Marlene pode hoje se gabar de ter formado 11 dos 14 filhos ainda vivos na faculdade. O marido, falecido em 2015, não teve oportunidade de ver o sucesso de todos.

A história da ex-seringueira foi contada pelo G1. Ao portal de notícias, ela disse que apenas um dos filhos não entrou para a faculdade e dois ainda estão concluindo o ensino superior. Os cursos escolhidos são os mais diversos: assistência social, biologia, ciências contábeis, educação física, enfermagem, engenharia florestal, letras, medicina e pedagogia.

Para chegar até esse ponto, foi necessário transpor muitas dificuldades. Os filhos do casal dividiam até mesmo as roupas: aqueles que estudavam à tarde esperavam os irmãos que estudavam pela manhã chegarem da escola para usar as mesmas roupas. Todos trabalhavam no turno inverso às aulas, para ajudar no sustento da família, mas sabiam que seus estudos eram prioridade para que um dia tivessem um futuro com mais oportunidades – e esse dia, felizmente, já chegou!

Foto: Arquivo Pessoal/fonte:[via]