Artista russa combate o tédio do cotidiano com desenhos místicos e surrealistas

Com mais de 20 anos de experiência no campo editorial, a artista russa Juliana Kolesova foca seu trabalho em criar ilustrações surreais. Suas habilidades já lhe renderam prêmios nacionais e internacionais.

O trabalho de Juliana mescla habilidades em design gráfico, ilustração e fotografia com uma alta dose de criatividade. “Através do meu trabalho, eu busco criar uma arte encantadora, curiosa e cativante, que se origina de uma certa abordagem emocional, histórica ou cultural. Eu busco balancear a vida real com a espiritualidade, a elegância da arte clássica com uma visão moderna. Gosto de experimentar e jogar com elementos“, descreve a artista, que hoje vive em Toronto, no Canadá.

É justamento essa mistura incomum que cativa em sua obra. Para Juliana, a arte normalmente não é intencional. “Minha arte, ao mesmo tempo que possui uma ideia por trás dela, é livre para ser interpretada de uma maneira bastante individual e não cai necessariamente em uma descrição específica nem é destinada a ser um gênero de arte só“, define.

Confere só alguns dos mais incríveis trabalhos da artista!

 

Fotos © Juliana Kolesova  /fonte:via

Cachorra resgatada ‘fareja’ câncer em nariz de tutora: ‘Ela sente quando estou mal’

Já falamos por aqui algumas vezes sobre o amor incondicional dos cães por quem cuida deles. Agora mais um caso surge e este é impressionante: uma cadela conseguiu perceber um câncer no nariz de sua dona. Lauren Gauthier percebeu que sua cachorra, Victoria, cheirava insistentemente um inchaço que tinha em seu nariz e decidiu ir ao médico checar. Assim descobriu que na verdade era carcinoma basocelular, o tipo mais comum de câncer de pele.

“É realmente incrível que minha cadela foi tão persistente em cheirar a área que era câncer de pele. A cirurgia em si mudou meu rosto, e se ela não tivesse insistido, eu poderia ter ignorado o local, o que poderia ter arriscado mais desfiguração ainda”, disse Lauren ao site Sweet Buffalo.

Lauren e Victoria

Ela sabia do olfato aguçado dos cães, mas nunca pensou que se beneficiaria disso pessoalmente. Como o câncer foi descoberto logo no início, não se espalhou pelo rosto ou causou mais danos à saúde de Lauren.

Esta cadela tão “intuitiva” foi resgatada por Lauren de um abrigo, em Kentucky, nos EUA. Victoria literalmente salvou Lauren. “Estou muito agradecida por Victoria. Ela e eu sempre tivemos um vínculo estreito e ela sente quando estou chateada ou estressada. Eu não tinha ideia de que ela seria capaz de detectar que eu tinha câncer escondido debaixo da minha pele”, disse ao site Love What Matters.

Lauren descobriu um tipo de câncer de pele

A americana acredita que o câncer seja fruto de diversas sessões de bronzeamento artificial que ela fez. Assim, agora ela aconselha todos a se afastarem dessa prática. “Meu conselho para adolescentes que estão considerando fazer bronzeamento artificial é: não façam”, disse. “O custo e os danos que você causa à sua pele são altos demais, e mesmo que envelhecer pareça um mundo distante, quando você for mais velho, pagará um preço por bronzeamento artificial e camas de bronzeamento”.

Lauren recuperada da cirurgia

 

@lagchap/fonte:via

Artista francês usa Photoshop para criar animais fantásticos; resultado é surpreendente

O Photoshop é mais utilizado para fazer as pessoas se encaixarem em padrões de beleza opressivos, mas nas mãos de um verdadeiro artista, serve para colocar um pouco da magia no mundo cotidiano.

Julien Tabet é um artista digital francês de 20 anos. Sua especialidade é criar situações surreais envolvendo animais. Confira:

 

Para saber mais do trabalho de Tabet, acesse seu perfil no Instagram.

fonte:[via][BoredPanda]

Novo grafite de Banksy em Nova York transforma pessoas em escravas das metas

Recentemente o artista inglês Banksy esteve em Nova York para grafitar um muro em homenagem à artista e jornalista turca Zehra Dogan, que foi presa e condenada a quase três anos de prisão em seu país por simplesmente pintar um quadro. O mural foi realizado no East Village, em Manhattan, com as devidas autorizações legais.

Como não poderia deixar de ser, Banksy aproveitou a estadia para também trabalhar em seu estilo – sem autorização nem anúncio, grafitando um local inesperado, deixando sua marca e desaparecendo em seu célebre anonimato. Um novo grafite em Nova York já foi confirmado como sendo de Banksy, em sua conta no Instagram.

O grafite já confirmado foi feito em Coney Island, e traz um empresário – um tanto similar à silhueta de Donald Trump – “chicoteando” a população com uma daquelas setas indicadoras dos movimentos nas bolsas de valores, como que expulsando as pessoas em nome do mercado. Banksy postou uma foto do trabalho em sua conta no Instagram.

Já há um outro trabalho, porém, bastante ao estilo do artista inglês, que ainda não teve sua autoria confirmada, mostrando um homem carregando dinheiro, com a legenda: “Você saqueia, nós registramos”.

Antes disso, ainda nesse ano, o primeiro Banksy comprovado feito em Nova York mostra um rato dentro de um relógio, correndo como se estivesse em uma daquelas rodas de exercício em uma gaiola.

Esse trabalho, no entanto, já foi removido pelos donos do prédio.

Um dos mais importantes artistas da atualidade, Banksy ainda mantém sua identidade verdadeira desconhecida. Muito se especula sobre quem estaria por trás dos grafites em estêncil, e até o vocalista da banda Massive Attack, Robert Del Naja, tornou-se um dos maiores suspeitos.

 

© fotos: Banksy/Divulgação/fonte:via