O descaso criou uma nova epidemia de ebola no Congo

(Foto: AFP) 

Detectado pela primeira vez nas florestas da República Democrática do Congo em 1976, o ebola volta a atingir o país.

Esta é a nona vez que a enfermidade é registrada em solo congolês. No ano passado, oito pessoas haviam sido infectadas, das quais quatro morreram.

Na última semana, foram confirmadas 17 mortes pelo vírus, segundo a AFP. Além das vítimas fatais, houve um registro de mais 21 casos da doença na província de Equateur e dois em Bikoro, ambas localidades no noroeste do país. Há ainda 10 casos suspeitos de contágio que estão sendo investigados.

Micrografia eletrônica de varredura do vírus de ébola (em vermelho) sobre a superfície de uma célula de cultivo.

Apesar de grave, esta epidemia não se compara ao surto da doença que assolou países da África Ocidental entre 2013 e 2016, registrando mais de 11 mil mortes.  Graças à geografia do Congo, os surtos costumam ser localizados e fáceis de isolar, o que faz com que o ebola não se espalhe tão facilmente em seu território.

Foto em destaque: CDC/Cynthia Goldsmith /fonte:via

Anúncios

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s