Biólogos encontraram a cidade submarina dos polvos

Biólogos marinhos de uma equipe internacional descobriram, no fim do ano passado, uma pequena cidade subaquática habitada por polvos da espécie Octopus tetricus em Jervis Bay, no litoral leste da Austrália.

O achado talvez signifique que esses animais não são as criaturas isoladas e solitárias que pensávamos que eles fossem.

Os cientistas apelidaram o local de “Octlantis”, uma mistura das palavras em inglês “Octopus” (polvo) e “Atlantis” (Atlântida, a lendária cidade submersa). Em português, uma espécie de “Polvotlântida”.

Polvotlântida

A Polvotlântida possui cavernas feitas de pilhas de areia e conchas e abriga até 15 cefalópodes. Os biólogos gravaram dez horas de vídeo do local, que fica entre 10 a 15 metros de profundidade e mede 18 por 4 metros.

Os animais foram registrados se reunindo, convivendo, comunicando-se, perseguindo polvos indesejados e até expulsando uns aos outros de tocas – ao que tudo indica, a Polvotlântida pode ser um lugar difícil de se viver, como um bairro perigoso.

Para aumentar a sensação de ilegalidade, a equipe de cientistas também descobriu conchas descartadas de presas comidas espalhadas pela cidade, e às vezes usadas para formar tocas.

“Esses comportamentos são o produto da seleção natural e podem ser notavelmente semelhantes ao comportamento social complexo dos vertebrados”, disse um dos pesquisadores do estudo, David Scheel, da Universidade do Pacífico do Alasca. “Isso sugere que quando as condições certas ocorrem, a evolução pode produzir resultados muito semelhantes em diversos grupos de organismos”.

Cidades submersas: como se formam?

A nova cidade fica próxima a outro local semelhante, descoberto em 2009, chamado de “Octopolis” (ou “Polvópolis”). Lá, os pesquisadores observaram uma espécie de “Clube da Luta”, versão polvo.

Ambas as “cidades” sugerem que os Octopus tetricus não são exatamente os animais solitários como sempre foram retratados. Mas também não sabemos se essas pequenas Polvotlântidas são comuns, ou como são iniciadas. Uma possibilidade é que esses tipos de assentamentos de polvos sempre existiram, mas só agora temos a tecnologia e as ferramentas para poder monitorá-los.

A Polvópolis parece estar centrada em um objeto não identificado, feito por seres humanos, com cerca de 30 centímetros de comprimento. Não há nenhum objeto óbvio comparável na Polvotlântida, em torno do qual as criaturas parecem ter se instalado.

Em vez disso, a comunidade pode ter se projetado ao redor de pedras que atraíram os animais para a área. “Nos dois locais, havia características que acreditamos que poderiam ter tornado a congregação possível – ou seja, vários afloramentos rochosos do fundo do mar pontuando uma área plana e sem traços característicos”, disse uma das cientistas da equipe, Stephanie Chanceler, da Universidade de Illinois.

No futuro

Normalmente, polvos só se reúnem para acasalar antes de seguir caminhos separados novamente. Mais pesquisas precisam ser feitas para entendermos por que os animais podem querer se relacionar em lugares como a Polvotlântida.

Há uma abundância de comida nas duas cidades observadas, mas elas também são atraentes para predadores. Pelo que os pesquisadores notaram até agora, a Polvotlântida parece ser um lugar bastante violento e agressivo para se viver.

“Ainda não sabemos muito sobre o comportamento dos polvos. Mais estudos serão necessários para determinar o que essas ações podem significar”, resume Chanceler.

Um artigo sobre a descoberta foi publicado na revista científica Marine and Freshwater Behavior and Physiology.

fonte:via[ScienceAlert]

Anúncios

22 pessoas que cansaram de seus quilos a mais e agora é difícil até de reconhecê-las

Se você está pensando em emagrecer um pouco até o próximo verão, essa postagem pode servir como inspiração para você. Confira algumas pessoas que tinham um objetivo e conseguiram cumpri-lo de forma totalmente satisfatória. São verdadeiros vencedores:

1. “Eu prometi a mim mesmo que se perdesse peso, compraria um bom terno. 30kg mais tarde, eu estou vestido bem a tempo para o casamento do meu irmão”.

© EFCFrost/reddit.com

2. Ela perdeu 46kg em 11 meses. “Consegui manter esse peso por um ano e não consigo acreditar que um dia já fui daquele jeito”. “O que perdi em seios, ganhei em confiança”.

© TheSylviaPlathEffect/reddit.com

3. Perdeu 100kg em 2 anos e meio. “Usando um aplicativo de celular, controlei e acompanhei tudo o que comia durante o dia. As pessoas que não me viam há vários anos não acreditavam que fosse eu”.

© rcc52779/reddit.com

4. 45kg em um ano. “Continuo trabalhando no meu peso”. “Parei de dirigir e comecei a andar de bicicleta, 10km por dia”.

© matchoo11/reddit.com

5. 19kg mais magra. “Fiz da nutrição e dos exercícios o meu estilo de vida. Finalmente estou confortável em uma roupa de banho”.

“Me exercito 3 vezes por semana, nado, corro 5km e faço escaladas. Eu como de 1.400 a 1.700 calorias por dia, dependendo do que faço”.

© J_Michelle/reddit.com

6. 34kg mais magro em 17 meses. 

“Um dos melhores conselhos que recebi foi ‘Fique à vontade com o desconforto’. Sei que não parece algo muito bom no começo, mas ajudou muito a me preparar mentalmente para fazer uma mudança. É uma maratona, não um sprint. Pequenas mudanças no estilo de vida são recompensadas no final. Eu parei de beber refrigerante meses antes de pegar um peso e senti uma melhora notável em apenas algumas semanas”.

© viperstrike05/reddit.com

7. Antes e depois de perder 45 quilos.

© iwonder7890/reddit.com

8. 19kg mais magra. “Hoje cheguei na metade da minha jornada de perda de peso. Então estou comemorando com uma fotografia mostrando o progresso”.

9. 77kg a menos. “Cortei o álcool, fiz dietas e me exercitei”.

“As pessoas costumam me perguntar o que me fez mudar. Eu mudei no momento em que percebi que precisava decidir se eu estava confortável com o fato de que eu morreria jovem, e provavelmente em pouco tempo”.

© smithersboss/reddit.com

10. 58kg em dois anos. Da obesidade para o bodybuilding.

© geauxanne/reddit.com

11. 65kg. “Não tinha percebido que até mesmo o meu nariz emagreceu”.

© amelialosesit/reddit.com

12. 76kg a menos. “Comecei essa jornada há 15-16 meses e eu ria só de pensar na ideia de correr. Ontem corri minha primeira meia-maratona. 21km em pouco mais de 2 horas.

Adsense
© kongskij/reddit.com

13. 55kg perdidos. “Estive treinando nos últimos seis meses, e finalmente consegui ganhar um pouco de músculos”. “Limitei meu consumo de comida. Comecei a comer um sanduíche, em vez de três, como fazia”.

© walshmurda/reddit.com

14. 54kg. “Ainda tenho alguns quilos para perder, e muito músculo para ganhar”.

© msuncommon/reddit.com

15. 20kg em cerca de 3 anos. 

“Minha mãe diz que estou muito magro agora”.

© czechflash/reddit.com

16. 15 quilos perdidos em 3 anos e meio. 

“Sou vegetariana e acompanho tudo o que como usando para garantir que estou ingerindo proteína suficiente. Normalmente não como minha primeira refeição antes do meio-dia. Eu também tenho um personal trainer que vejo uma vez por semana, mas isso só passou a acontecer recentemente!”.

© cinderosee/reddit.com

17. 34kg em cinco anos.

© dexgirl/reddit.com

18. 33kg perdidos em pouco mais de um ano. “Ainda tenho uns 15 quilos para perder”. “Contando calorias, sendo um pouco rigorosa quanto à qualidade e quantidade do que coloco na boca, e fazendo atividade física de forma regular. Então, basicamente, dieta e exercício”.

© elizaderps/reddit.com

19. 23kg a menos em oito meses. “Primeiro verão em que tiro a camisa em décadas!”.

© sjjenkins/reddit.com

20. 40kg em um ano.

“Imagens como essa me lembram de continuar forte! Antes e depois das fotos, ajude-me a manter o controle!”

© needsmusictosurvive/reddit.com

21. 56kg. “Decidi transformar meu estresse em motivação”. 

“Eu normalmente como cerca de 400kg de peru moído ou frango por dia, junto com muitas frutas e verduras, mas recentemente comecei a me basear em vegetais e produtos veganos, então tentei descobrir quais refeições eu mais gosto”.

© Evacs/reddit.com

22. 43kg em 12 meses. 

“Academia 4 a 5 vezes por semana. Limitei minhas calorias para 1.200, ingeri muita proteína e cortei todos os refrigerantes, batatas fritas, doces e todas essas coisas boas”.

© DonDrapeur/reddit.com

via BrightSide./fonte:via