As pessoas confiam neste tatuador para criar o que bem entender em seus corpos

Muito já se falou sobre a importância de escolher bem uma tatuagem. Afinal, é um traço que ficará no corpo para sempre.

Mas… e se você simplesmente deixasse que outra pessoa decidisse sobre o que tatuar na sua pele?

Essa é a proposta inusitada do tatuador Maison Hefner, cujo nome oficial é Monty Richthofen.

Com o projeto “My words, your body” (“Minhas palavras, seu corpo“), Monty decidiu mudar um pouco a maneira como as pessoas fazem uma tatuagem.

O projeto começou em 2017 e já colocou arte no corpo de centenas de pessoas.

Segundo contou à Vice, tudo começa com uma conversa com o cliente, que pode durar entre meia hora e uma hora e meia. Durante esse tempo, ele sempre aproveita para fazer quatro perguntas: “Por que você quer fazer isso?; O que confiança significa para você?; Por que você confia em mim?; e O que você vai fazer se não gostar da tatuagem?”. A partir das respostas, uma frase é escolhida para estampar a pele da pessoa.

Durante o papo, o tatuador não permite que as pessoas se distraiam com seus telefones ou redes sociais – e ele garante que nunca tatuaria uma pessoa bêbada. Afinal, é preciso estar muito sóbrio para deixar um estranho marcar sua pele para sempre.

Espia só alguns dos trabalhos do moço e acompanhe mais de suas criações através do Instagram.

Fotos: Reprodução Instagram/fonte:via

Briga entre texugo e antílope dez vezes o seu tamanho não acaba bem

O texugo-do-mel é uma das criaturas mais destemidas da natureza. Ousado e aguerrido, já virou apelido para esportistas mais de uma vez – como o jogador de futebol americano Tyrann Mathieu e o jogador australiano de rúgbi Nick Cummins -, por isso não deveria ser uma surpresa que um deles tenha decidido arrumar uma briga com um antílope dez vezes o seu tamanho.

As fotos são chocantes e, infelizmente para o texugo, hilárias. Elas foram feitas por Dick Theron, que estava visitando o Parque Nacional de Etosha, na África do Sul, a turismo.

No meio do seu passeio, Theron viu a batalha desequilibrada acontecer e fez registros incríveis.

Texugo x antílope

De acordo com a União Internacional para a Conservação da Natureza, os texugos-do-mel (Mellivora capensis), também chamados de ratel, são nativos da África e partes da Ásia e tipicamente criaturas noturnas solitárias.

Theron contou ao portal Daily Mail que o texugo se aproximou de um antílope conhecido como órix (Oryx gazelle) enquanto este bebia água, e simplesmente começou a brigar. Pelo menos foi o que pareceu para quem assistiu à cena, mas talvez o órix tenha acordado o texugo rabugento de seu sono diurno, por exemplo, causando um desejo de vingança no pequeno selvagem.

O órix, no entanto, embora não seja esquentado como o texugo, sabe muito bem se defender. Segundo informações do Parque Nacional Kruger, este antílope é o puro-sangue do deserto, animal de incrível força e resistência habituado ao sol ardente.

Conforme relata Theron, o texugo tentou atacar o órix diversas vezes, tendo sido enganchado entre seus chifres e lançado cinco ou seis metros pelo ar a cada vez. Ao que tudo indica, apenas ferocidade não ganha briga. 

fonte:via[LiveScience, DailyMail, Kruger]