As novas fotos de Jimmy Nelson, famoso por eternizar tribos remotas prestes a desaparecer

Jimmy Nelson dedica sua vida a registrar os hábitos de tribos remotas cujos costumes podem desaparecer a qualquer momento.

Em 2013, o fotógrafo lançava seu primeiro livro: Before They Pass Away (que poderia ser traduzido como “Antes que eles desapareçam“). A obra reunia imagens clicadas em 44 países pelo mundo documentando a vida de aldeias, etnias e tribos que podem deixar de existir do dia para a noite.

Já falamos sobre o trabalho do artista aqui. Este ano, ele retorna com um novo livro, intitulado Homage to Humanity (“Homenagem à Humanidade“).

O lançamento será acompanhado de um aplicativo mobile, permitindo uma experiência mais imersiva na vida destas comunidades. “O livro com o aplicativo móvel revelará uma visão intima para as pessoas de mais de trinta culturas icônicas ao redor do mundo“, define o site do fotógrafo.

Junto com a novidade, fotografias inéditas foram divulgadas e mostram o quão incríveis podem ser as sociedades ao redor do mundo. Vem ver algumas delas!

Foto © Jimmy Nelson /fonte:via

Anúncios

Este escultor é especialista em criar mesas funcionais e que também são obras de arte

O artista plástico norte-americano Michael Beitz é especialista em criar esculturas bizarras, mas ao mesmo tempo funcionais e capazes de fazer refletir sobre como o design de móveis é capaz de influenciar a maneira como as pessoas interagem entre si.

Além de um interesse por manipular a anatomia, ele se especializou em criar mesas um tanto surrealistas, mas que convidam para sentar e bater um papo com alguém.

Sua inspiração vem das “funções sociais, pessoas e materiais da mobília”, um dos temas preferidos de Michael, que desenhou a maioria das peças anos atrás, enquanto fazia um curso de Arte Contemporânea. Desde então, ele tem explorado diferentes materiais para tornar os projetos realidade.

Fotos © Michael Beitz/fonte:via