Máscara do rei mais longevo da civilização maia do século 7 é achada no México

O mais longo reinado conhecido das Américas foi comandado por Pacal, O Grande, que governou a cidade-estado Maia de Palenque durante 68 anos. Nascido no ano de 603 e assumindo o reinado aos 12 anos, Pacal viveu por 80 anos até 683, e foi responsável pela construção e extensão de alguns dos mais conhecidos e visitados monumentos da história da civilização Maia. Uma dessas estruturas é o conjunto arquitetônico El Palacio, onde recentemente arqueólogos encontraram uma máscara representando justamente esse que foi um dos maiores governantes da história do México.

A máscara foi encontrada na Casa E, uma das estruturas do conjunto, e pelos traços mais velhos marcados, representa a velhice de Pacal. Os arqueólogos acreditam que a máscara foi produzida com estuque, uma espécie de massa feita com gesso, água e cal. Outros objetos do período Clássico Tardio foram encontrados no local ao lado máscara de Pacal.

Os próximos passos arqueológicos no local irão investigar a tumba de Pacal, no Templo das Inscrições, uma das grandes pirâmides maias no El Palacio. Para isso, e contando com ajuda do governo dos EUA, as equipes estão procurando tecnologias que permitam a detecção de objetos e corpos dentro da tumba sem precisar causar qualquer dano à construção.

© fotos: reprodução/fonte:via

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s