Rainha Hortência é eleita a maior jogadora de basquete de todos os tempos

Hortência diz que demissão de Ênio Vecchi foi motivada por questões de planejamento

Para os fãs de basquete, Hortência já era considerada uma das principais atletas do esporte. Agora, a máxima está chancelada pelo reconhecimento da FIBA, que elegeu a rainha como a maior da história dos Mundiais organizados pela instituição internacional.

Líder de seleção brasileira campeã Mundial de 1994, Hortência foi escolhida por meio de votação popular organizada pela Federação Internacional de Basquete com 85% dos votos.

A disputa foi acirrada e Hortência bateu nomes como Lisa Leslie e Maya Moore, nomes de peso da WNBA. A segunda mais votada foi a australiana Lauren Jackson.

Não custa lembrar que Hortência foi a grande responsável por um dos maiores títulos da história da seleção masculina de basquete. A rainha anotou 32 pontos na vitória emblemática sobre os Estados Unidos por 110 a 107 na semifinal. Não nos esqueçamos, claro de Magic Paula. 

Dois anos depois, Hortência foi para nos Jogos Olímpicos de Atlanta. A Rainha do Basquete é a maior pontuadora o time brasileiro, com mais de 3 mil pontos em 127 partidas (média de 24,9 por jogo).

Foto: reprodução/fonte:via

Anúncios

Para viver nesta comunidade chilena é preciso remover o apêndice; mas por uma boa causa

Hypeness

Imagina a situação: você está procurando um lugar para morar e, de repente, se depara com um requisito diferente… É preciso remover o apêndice caso queira se mudar de fato para o lugar.

Como assim?

Essa é uma das obrigações de quem quer se mudar para Villa Las Estrellas, uma comunidade chilena localizada na Antártica.

Hypeness

Não se trata de uma seita diferentona, nem nada do gênero, mas sim de uma precaução. Com temperaturas médias na casa dos -2ºC e mínimas que chegam a -47ºC no inverno, o hospital mais próximo fica a cerca de 1.000 km de distância.

Graças a isso, remover o apêndice de todos os residentes permanentes é um requisito que visa diminuir a probabilidade de que seja necessário realizar uma evacuação de emergência. Por isso, todos os moradores acima de seis anos precisam passar por uma cirurgia de remoção do órgão.

Villa Las Estrelas começou a ser povoada durante a ditadura de Augusto Pinochet, em 1984, quando o país buscava consolidar sua presença no que era chamado de Antártica chilena. Desde então, o local permanece como uma base militar, onde vivem cerca de 80 pessoas.

Hypeness

Embora a comunidade possua um posto médico, ele está equipado de forma a ser capaz de manter uma pessoa viva por dois ou três dias – o tempo que costuma ser necessário para que um helicóptero consiga decolar da região, cujos ventos ultrapassam facilmente os 200 km/h. Pelo mesmo motivo, mulheres grávidas não são proibidas, mas também não são bem-vindas no vilarejo.

Será que viver em uma paisagem dessas vale o seu apêndice?

Créditos das fotos sob as imagens/fonte:via