Café 2D temático que te transporta para um mundo de apenas duas dimensões

Hypeness

Que a Ásia faz os cafés mais criativos e divertidos do mundo, isso nós já sabemos. A novidade agora é um bar em apenas 2 dimensões, na Coreia do Sul. O que, aparentemente, pode parecer sem graça, na verdade é incrível, pois realmente parece que estamos vivenciando uma outra realidade.

Repare nas mesas, cadeiras e até mesmo nos quadros, parece que estamos dentro de um desenho!

Hypeness

E o cuidado dos donos ao desenvolver a identidade visual do lugar foi tanta, que não somente a decoração e os móveis são como se tivessem sido desenhados a mão, mas as porcelanas também, o que faz os clientes entrarem no clima completamente.

Hypeness

Hypeness

O café criativo fica em Seul e chama CAFE Yeonnam-dong 239-20. O cuidado foi tanto, que eles até pensaram no cachorro nos observando do lado de fora. Caso você passe por lá, já sabe exatamente onde desfrutar um café em um ambiente sensacional!

Fotos: ynd239.20_cafe /fonte:via

Encontraram uma fábrica de queijo com 7,2 mil anos na Croácia

Cerâmica Rhyta em que foram encontrados vestígios de queijo. (Foto: Sibenik City Museum)Cerâmica Rhyta em que foram encontrados vestígios de queijo (Foto: Sibenik City Museum)

Se já é uma tarefa um tanto complicada imaginar o que era a humanidade há mil anos, imagina então há 7,2 mil anos? Uma resposta nós já temos: eles já sabiam fabricar queijo! Arqueólogos fizeram esta descoberta a partir de peças de cerâmica encontradas em escavações, que datam do período neolítico na costa da Dalmácia – na Croácia.

Mais do que uma curiosidade, este dado transforma completamente a noção que tínhamos, de que os produtos lácteos fermentados tenham sido feitos apenas cinco séculos depois que o leite foi armazenado pela primeira vez.

Os potes de cerâmica encontrados não eram apenas usados para beber e comer, pois pequenos furos mostraram que eles funcionavam como peneiras no processo de fabricação do queijo. Dessa forma, a dieta da época era muito mais rica do que pensávamos, incluindo queijos e iogurtes.

Foi após um processo por radiocarbono feito nas sementes e ossos encontradas nos arredores que a equipe responsável descobriu se tratar de utensílios fabricados há pelo menos 7,2 mil anos: “Esta é a mais antiga evidência documentada de resíduos lipídicos para laticínios fermentados na região do Mediterrâneo, e entre os mais antigos documentados em qualquer lugar até hoje”, disseram os pesquisadores envolvidos.

Transformar leite em queijo representou um avanço imenso na história da humanidade, não somente por causa da fabricação destes artefatos, mas devido ao fato de que, com alimentos conservados, eles finalmente podiam viajar distâncias mais longas. Surpreendente, não é mesmo?

 Unsplash/fonte:via