Esta casa na árvore na Noruega parece saída de um sonho

Quando pensamos em uma casa na árvore, imaginamos de modo geral algo próximo de uma tenda, ou uma casinha feita de tábuas como nos filmes, sem nada por dentro, para que as crianças possam brincar. Pois essa casa em uma árvore na Noruega, oferecida para ser alugada no site Glamping Hub, atualiza toda e qualquer definição de casa na árvore: ao mesmo tempo minimalista e elegante, com uma espetacular vista para os fiordes noruegueses, trata-se de uma pedida perfeita para se isolar do mundo e se deliciar com a natureza.

Como toda casa na árvore, o espaço é pequeno porém muito bem aproveitado – com uma cama e um colchão, uma rede, banheiro e cozinha compactos, e um espaço com duas confortáveis poltronas e uma mesinha, para admirar a vista. Trata-se do mais próximo que uma casa na árvore, sem perder sua essência, pode chegar de ser um lugar de luxo. O local fica próximo da cidade de Sandane, centro administrativo do município de Gloppen.

O preço, é claro, não é brincadeira de criança, com a diária custando cerca de 250 dólares (algo em torno de R$ 1.000,00). O local oferece diversas atividades ao ar livre, como trilhas, passeios de bike, canoagem, observação de pássaros e muito mais. Se seu plano é fugir de verdade das grandes cidades para o mais longe possível e se deliciar com a natureza (e se seu bolso permitir) nada pode ser mais perfeito do que uma incrível casa na árvore na Noruega.

© fotos: reprodução/fonte:via

Usando tutoriais do Youtube, casal construiu uma casa de dois andares sem experiência prévia

Foram três anos, do primeiro tijolo até os últimos retoques no acabamento, mas o casal Evandro Balmant e Ane Caroline Balmant conseguiram construir, a partir de consultas a tutoriais no YouTube, a própria casa, gastando 50% menos do que seria necessário contratando pessoas para fazer o serviço.

Os dois vivem em Almirante Tamandaré, na região metropolitana de Curitiba (PR), e estão morando na casa recém-construída, um sobrado de 200 metros quadrados – e ainda é preciso finalizar o andar superior.

Evandro, que é analista de sistemas, contou também com o auxílio de uma tia, técnica em edificações, e uma prima, arquiteta, para tirar o projeto do papel. O motivo da empreitada foi o orçamento curto que o casal possuía para comprar ou construir a própria casa.

Foram muitas manhãs antes do expediente e finais de semana que o casal dedicou a bater massa, empilhar tijolos e tudo mais que fosse necessário. Eles estão morando na casa há um ano e meio e, conforme o dinheiro possibilita, vão terminando de fazer o andar superior, onde ficará a suíte do casal.

O projeto custou, até agora, 150 mil reais, metade do que eles haviam orçado com arquitetos e construtoras. O pai de Evandro e um pedreiro também deram uma forcinha para que alguns detalhes pontuais não fossem prejudicados pela empreitada individual do analista de TI.

Créditos das fotos: Denis Ferreira Netto/Tribuna do Paraná

Com informações da Tribuna do Paraná /fonte:via