Este cão achou um sósia a caminho do mercado e convenceu sua dona a adotá-lo também

De repente, você está passeando com seu cachorro e encontra um outro igualzinho a ele.

O que fazer nessa situação? 

Para Bethany Coleman, a resposta era apenas uma: adotar o sósia canino.

Foi essa a decisão da tutora quando passeava com o cãozinho Rogue.

Os dois iam apenas ao mercado e não passava pela cabeça de Bethany adotar outro cachorro, mas tudo mudou quando encontraram Beast.

Os cães parecem até gêmeos de tão parecidos. Os dois são SRDs, mistos de Cairn terrier com alguma outra raça.

Embora já convivesse com Rogue e mais dois gatos, Bethany se viu assinando os papéis de adoção de Beast. A coincidência era grande demais para que ela deixasse passsar.

Ao Bored Panda, a tutora contou que os dois demoraram um pouco para se habituar à companhia do sósia, mas tudo correu bem e hoje eles são melhores amigos. A duplinha divide até mesmo uma conta no Instagram, onde são compartilhadas suas aventuras.

As fotos dessa amizade vão deixar o seu dia mais feliz! Vem ver!

Fotos: Reprodução

Conheça o bioplástico que pode ajudar a resolver a crise mundial de lixo

Se fosse possível criar um plástico tão seguro que pudesse até mesmo ser comido por peixes e outros animais – inclusive humanos?

Essa é a proposta de um novo material, feito de amido de milho, açúcar e óleo de cozinha. Lançado pelo Crafting Plastics Studio, o chamado Nuatan pode ser a solução para substituir as embalagens que conhecemos hoje.

Desenvolvido pelos designers Vlasta Kubušová e Miroslav Král em conjunto com a Universidade Eslovaca de Tecnologia, o material pode durar até 15 anos, embora seja considerado biodegradável. De acordo com a empresa, o Nuatan pode ser adicionado a composteiras industriais, onde se decompõe em até 90 dias – o que também significa que ele não é capaz de se decompor em composteiras domésticas.

A substância promete ter praticamente os mesmos usos que o plástico convencional. A exceção fica por conta da indústria automobilística e outras similares, que exigem materiais mais duráveis.

No momento, o bioplástico já está sendo utilizado na coleção do óculos lançada pelo Crafting Plastics Studio, mas os designers esperam que mais empresas adotem a substância em breve.

Fotos: reprodução/fonte:via