Estas são as últimas fotos de Kurt Cobain antes de tirar a própria vida

Março de 1994: a turnê do Nirvana pela Europa não ia bem, e chegou ao fim quando o vocalista e guitarrista Kut Cobain perdeu a voz, sendo aconselhado pelos médicos a cancelar os shows que restavam e descansar por pelo menos quatro semanas.

Ele viajou para Roma para encontrar a esposa, Courtney Love. Enfrentando a depressão já há algum tempo, Kurt sofreu uma overdose no hotel no dia 4, resultado da mistura entre champanhe e um medicamento chamado Flunitrazepam, usado para diminuir crises de ansiedade.

Mais tarde, Courtney declararia que aquela tinha sido uma tentativa de suicídio mal sucedida – ele tomou cerca de 50 pílulas do remédio. Ele passou alguns dias no hospital, e em 12 de março viajou de volta para casa, em Seattle.

As fotografias abaixo, tiradas no aeroporto Sea-Tac, são, provavelmente, os últimos registros em imagem do artista. Kurt é visto junto da filha, Frances Bean Cobain, e posando com fãs.

Menos de um mês depois, no dia 5 de abril, Kurt cometeu suicídio, atirando contra a própria cabeça. Ainda que teorias sobre se o que aconteceu foi de fato um suicídio, fato é que a geração de fãs do Nirvana ficou órfã de seu grande líder – ainda que o fardo da liderança sempre o tenha incomodado.

Fotos: Reprodução/fonte:via

A paixão de fotógrafo é registrar as mais incríveis portas espalhadas pelo mundo

As portas são não somente a entrada física e objetiva para um lugar, mas também a própria abertura e revelação do espírito do local – assim pensa o fotógrafo belga Paschal Mannaerts. Viajando há mais de dez anos pelo mundo e registrando com sua câmera as mais diversas culturas, são fascínio pela arquitetura e seus símbolos o atraiu aos poucos a começar a fotografar as portas dos países e lugares que visitava.

Para Paschal, as portas são símbolos do desconhecido, da descoberta, da hospitalidade e da passagem. Assim, inspirado, intrigado, e impactado ele fotografou portas em lugares tão variados quanto Cuba, Vietnã, Etiópia e Índia – e aqui ele divide um pouco sua coleção de portas e emoções conosco, a partir de um post original no site Bored Panda.

© fotos: Paschal Mannaerts/fonte:via