Ele escalou uma montanha de 2.500 metros e encontrou no topo a surpresa mais inesperada

O polonês Wojciech Jabczynski treinou bastante e se esforçou muito para escalar a montanha Rysy, a mais alta de seu país, cujo pico passa dos 2500 metros de altitude. Mas, mesmo com toda a preparação, ele jamais poderia imaginar o que encontraria por lá: um gato alpinista. Parece que os felinos não cansam de surpreender.

É isso mesmo: a 2500 metros de altura, Jabczynski encontrou um gato malhado, indiferente ao seu momento de superação, calmamente lambendo as próprias patas.

Ninguém sabe como o bichano foi parar lá até o momento, mas Jabczynski acredita que ele tenha escalado a partir de uma cabana de turistas instalada um pouco abaixo do pico.

Como a história é incrível demais para que as pessoas acreditem, o alpinista logo sacou o celular e fez alguns registros em foto e vídeo para comprovar que o gato realmente estava lá, completamente alheio ao frio ou à altura.

Imagens: Reprodução/fonte:via

O contraste impactante entre os dois mundos em que vivemos é o tema desta série fotográfica

Se você ainda duvidava do poder social da fotografia, é bom dar uma olhada no projeto Dollar Street, que clica crianças de diferentes realidades com seus brinquedos favoritos, ou analisar as impactantes fotos vencedoras deste prêmio de fotojornalismo. Os fanáticos por história podem até preferir imagens do dia-a-dia das Panteras Negras nos anos 60 e 70. Difícil mesmo é ficar imune ao poder de um bom clique.

Esse é o recurso utilizado por Uğur Gallen para evidenciar as diferenças impactantes entre mundos contrastantes. De um lado, pessoas de classe média vivendo normalmente. De outro, vidas marcadas pela guerra e pela violência.

“Eu vivo na Turquia, que está localizada ao lado de uma das regiões mais perigosas no mundo moderno. O contraste entre esses territórios reflete dois mundos diferentes para mim, o que me inspirou a retratar isso em meu trabalho”, destaca Uğur em um texto escrito para o Bored Panda.

Confira algumas das imagens impactantes reunidas pelo artista:

Noivas em chamas: este ensaio de casamento LGBT é puro poder

Casamentos inovadores existem aos montes , mas April Choi e Bethany Byrnes deram um toque caliente à cerimônia. As noivas trocaram alianças no dia 13 de outubro em Mount Vernon (Estados Unidos), com seus vestidos pegando fogo.

April e Bethany possuem oito anos trabalhando com performances pirotécnicas, o que garantiu a segurança do espetáculo inusitado. A festa estava repleta de outros profissionais da área, além de contar com a presença de um médico e de um profissional certificado em pirotecnia.

Em um vídeo publicado no Youtube de April, é possível acompanhar o momento em que é ateado fogo aos vestidos das noivas. Com a roupa já em chamas, elas trocam um beijo e acionam um mecanismo que desconecta a cauda do restante do traje. Por baixo, as recém-casadas vestiram uma calça à prova de fogo como um recurso extra de segurança.

Por mais maravilhoso que seja o resultado, não custa lembrar: não faça isso em casa, ok?

Fotos: Reprodução Youtube/fonte:via

Por que estão pensando em banir o personagem Apu de ‘Os Simpsons’

https://www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2018/10/apu_simpsons.jpg

As mudanças que o mundo vem felizmente atravessando, a respeito de como lidar com diferenças, preconceitos, estereótipos e padrões, têm transformado até mesmo grandes ícones da cultura pop – até mesmo o mais amado e longevo desenho da TV americana está tendo que rever seus conceitos. O centro da polêmica é o personagem Apu Nahasapeemapetilon, dono do supermercado de origem indiana no desenho Os Simpsons: segundo fontes, o personagem deixará de aparecer por conta dos protestos da comunidade indiana.

Por que tirar Apu de ‘Os Simpsons’

O personagem ajudaria a reforçar estereótipos negativos sobre os indianos e a comunidade, além de aparecer praticando hábitos condenados no país, como consumir álcool. A questão é de tal forma aguda nos EUA que até um documentário sobre a polêmica, intitulado em inglês O Problema com Apu, foi produzido pelo comediante Hari Kondabolu.

A informação de que o personagem irá desaparecer do desenho veio de Adi Shankar, um dos produtores da série “Castlevania”, da Netflix.

Apesar de ser um desenho animado, a importância d’Os Simpsons na cultura americana é evidente: eleita recentemente pela revista Time “a melhor série de TV do século 20”, o desenho criado por Matt Groening na década de 1980 é o sitcom mais longevo da história da TV americana.

Essa não é a primeira vez que os Simpsons fazem parte do debate político-cultural dos EUA – como no caso recente em que se descobriu que o desenho havia “previsto” a eleição de Donald Trump, em 1999.

© fotos: reprodução/fonte:via

Arquitetos suecos querem transformar ponte antiga em parque e prédio horizontal

Resultado de imagem para Arquitetos suecos querem transformar ponte antiga em parque e prédio horizontal

A Escandinávia é conhecida pelos incríveis projetos de design e arquitetura, mas este consegue superar todas as expectativas. A prefeitura de Estocolmo, capital da Suécia, estava prestes a derrubar a ponte Gamla Lidingöbron, construída na década de 1920 mas em desuso nos dias de hoje, quando um escritório de arquitetura apresentou o projeto de transformá-la em parque e prédio horizontal.

A ideia do Urban Nouveau é aproveitar a imensa estrutura da ponte, para construir 50 apartamentos luxuosos e um parque nas alturas, estilo High Line Park, em Nova Iorque. O projeto faz parte de uma petição criada para protestar contra a demolição da ponte e propõe que a venda dos apartamentos financiem a restauração dela, que já serviu como conector ferroviário e pedestre entre Estocolmo e a ilha de Lidingö.

Imagem relacionada

A prefeitura de Lidingö negou a proposta, dizendo que ela ofereceria riscos e atrasos, mas os arquitetos responsáveis já se uniram com engenheiros estruturais, que disseram que ela é “estruturalmente sólida e totalmente viável”. O projeto, além de ter o objetivo de oferecer um parque incrível para a capital sueca, promete fazer a prefeitura economizar mais de 110 milhões de coroas, o equivalente a 11 milhões de euros.

Fotos: Urban Nouveau /fonte:via

Conheça o incrível Surf Park, que produz ondas oceânicas em uma imensa piscina

Ser surfista para quem mora longe da praia é um pouco complicado, porém não para os habitantes do País de Gales – Reino Unido. Depois de uma década de construção, o Surf Snowdonia possui com um imenso lago artificial que produz as ondas artificiais mais longas do mundo. Considerado o mais próximo possível de um oceano de verdade, o parque é um verdadeiro sucesso entre surfistas, body boarders e praticantes de caiaque.

Inaugurado em 2015, ele foi construído em uma antiga fábrica de alumínio e, a piscina artificial foi feita a partir de uma imensa estrutura que utilizou um arado submarino para criar a sensação de que estamos no mar. Capaz de fazer a diversão de 36 participantes por vez, para os mais radicais ainda é possível acampar no local, que oferece camping, restaurante e até cursos de surf.

A empresa responsável por este incrível empreendimento, a Wavegarden, também construiu um parque no mesmo estilo, em Austin – Texas, o NLand Surf Park e tem planos de construir mais. Agora é torcer para que façam um pertinho de nós!

Fotos: Wavegarden /fonte:via

Estudantes de MT cancelam viagem para pagar tratamento de colega

Alunos da Escola Municipal de Agropecuária de Tanguro, em Querência, no interior do Mato Grosso, deram um show de solidariedade. A turma decidiu cancelar e doar o dinheiro de uma viagem para o tratamento do colega.

Robson Emidio faz parte de uma turma multisseriada, com estudante do sétimo ano fundamental e das três séries do ensino médio.

Depois de ser selecionado para o Programa Jovem Aprendiz do Grupo AMAGGI, ele foi surpreendido com um diagnóstico médico mostrando que seu número de plaquetas estava abaixo.

Preocupados com a situação de Robson, os colegas procuraram a coordenadora da escola, Cleisa Silene Rosa Sales, para comunicar sobre a decisão de doar o dinheiro da viagem para o tratamento médico do amigo.

Feliz e ao mesmo tempo surpreso com a atitude dos amigos, Robson não conseguiu segurar o choro ao receber a notícia. Agora, ele está em Goiânia com a mãe e uma professora dando sequência ao tratamento.

Por fim, uma boa notícia. Por causa da solidariedade, os alunos ganharam ônibus e alimentação para fazer o passeio até o Parque das Águas Quentes.

“O passeio que seria bem simples, com dinheiro regrado, vai ser melhor do que a gente imaginava. A gente não esperava que fosse acontecer isso. Jamais imaginamos, mas a gente agradece a todos que estão ajudando.”

Fotos: Reprodução/Facebook/fonte:via