Artista recria personagens da Disney como pinturas a óleo e o resultado é de cair o queixo

Estamos tão acostumados a ver os clássicos personagens da Disney com efeitos de tecnologia gráfica, que não paramos para pensar como eles seriam se fossem pinturas a óleo, como os quadros de antigamente. Pois foi exatamente isso que a artista norte americana, Heather Theurer, fez ao associar personagens como Dumbo e Pequena Sereia a uma estética renascentista.

Em busca de novos significados para estes desenhos, seu objetivo não foi fazer simples releituras, mudando apenas o suporte, mas, sobretudo, ressignificar estes personagens e nos mostrar que, a percepção que temos deles também pode mudar.

É mais fácil imaginar e se aproximar de Alice ou Rapunzel, elas sendo mulheres retratadas por um pintor renascentista, do que desenhos animados. Aproveitando certas características físicas dos personagens, essenciais para que os reconheçamos, o objetivo de Heather foi o de mostrar o lado humano deles, evidenciando suas lutas, derrotas e esperanças.

Peter Pan e Wendy

Sr. Sapo

Tiana

Bela

Ariel

Dumbo

Lilo & Stitch

Merida

Mulan

Elsa, Anna e Olaf

Alice

Cinderela

Rapunzel

Fotos: Heather Theurer /fonte:via

Anúncios

Conheça o ranking dos passaportes mais poderosos em 2018

O passaporte pode ser a porta que leva a possibilidades quase infinitas de conhecer o mundo. Mas, dependendo do país em que tiver nascido, também pode ser uma barreira que impede as pessoas de viajar em busca da liberdade que desejam.

Desde 2006, o site Henley & Partners organiza o Passport Index, uma espécie de ranking que classifica os passaportes mais ‘poderosos’ do mundo, ou seja, que organiza aqueles que garantem acesso a mais países ao redor do planeta.

Basicamente o critério para o ranking é o número de destinos para os quais os portadores do passaporte podem viajar sem a necessidade de solicitar vistos. O Japão está no topo da lista, com acesso a 190 países. Singapura, com 189, vem logo atrás, seguido por França, Alemanha e Coreia do Sul, todos com 188.

O Brasil não está mal colocado: é o 16º no ranking, com destino livre de visto para 171 países – é o melhor posicionamento brasileiro desde a criação da lista. Na ponta contrária está o Afeganistão, cujo passaporte garante acesso a apenas 30 países, assim como o do Iraque.

Gráfico via Statista

Ranking via Henley & Partners

Imagens ilustrativas via Pixabay (Creative Commons CC0)/fonte:via