Sem querer, estudante encontra minério presente em apenas seis crateras na Terra

Resultado de imagem para Morgan Cox pesquisadora

Apesar da pouca idade, Morgan Cox é responsável por uma das maiores descobertas da ciência nos últimos tempos. A estudante da Escola de Geologia e Ciências Planetárias da Universidade de Curtin, na Austrália, encontrou um mineral extremamente raro na Terra.

Cox estava à frente de um projeto sem grandes ambições. Durante expedição no oeste australiano, a jovem ficou intrigada com amostras retiradas da caverna Woodleigh. Eis que é surpreendida.

Megan Cox acabara de descobrir o reidite, material formado como um mineral comum, o zircão, e que se transforma por causa da pressão gerada pelo impacto das rochas espaciais. De tão raro, antes do feito de Cox, apenas seis crateras em todo o planeta Terra dispunham do artefato.

“Esta é uma grande história, porque Morgan Cox não é uma pesquisadora graduada, mas uma estudante conduzindo um projeto especial”, afirmou Aaron Cavosie, responsável por supervisionar a pesquisa universitária.

A façanha deixou pesquisadores experientes espantados. O reidite é tão difícil de ser achado, que é mais raro que ouro e diamante. Ou seja, o valor é imensurável e ele só se forma em rochas que sofrem um grande pressão.

“Morgan termina seu projeto conosco neste ano e quer fazer um doutorado em Ciências Planetárias. Não posso imaginar um começo melhor para sua carreira”, concluiu Aaron.

Foto: Reprodução/fonte:via

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s