Noivas em chamas: este ensaio de casamento LGBT é puro poder

Casamentos inovadores existem aos montes , mas April Choi e Bethany Byrnes deram um toque caliente à cerimônia. As noivas trocaram alianças no dia 13 de outubro em Mount Vernon (Estados Unidos), com seus vestidos pegando fogo.

April e Bethany possuem oito anos trabalhando com performances pirotécnicas, o que garantiu a segurança do espetáculo inusitado. A festa estava repleta de outros profissionais da área, além de contar com a presença de um médico e de um profissional certificado em pirotecnia.

Em um vídeo publicado no Youtube de April, é possível acompanhar o momento em que é ateado fogo aos vestidos das noivas. Com a roupa já em chamas, elas trocam um beijo e acionam um mecanismo que desconecta a cauda do restante do traje. Por baixo, as recém-casadas vestiram uma calça à prova de fogo como um recurso extra de segurança.

Por mais maravilhoso que seja o resultado, não custa lembrar: não faça isso em casa, ok?

Fotos: Reprodução Youtube/fonte:via

Por que estão pensando em banir o personagem Apu de ‘Os Simpsons’

https://www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2018/10/apu_simpsons.jpg

As mudanças que o mundo vem felizmente atravessando, a respeito de como lidar com diferenças, preconceitos, estereótipos e padrões, têm transformado até mesmo grandes ícones da cultura pop – até mesmo o mais amado e longevo desenho da TV americana está tendo que rever seus conceitos. O centro da polêmica é o personagem Apu Nahasapeemapetilon, dono do supermercado de origem indiana no desenho Os Simpsons: segundo fontes, o personagem deixará de aparecer por conta dos protestos da comunidade indiana.

Por que tirar Apu de ‘Os Simpsons’

O personagem ajudaria a reforçar estereótipos negativos sobre os indianos e a comunidade, além de aparecer praticando hábitos condenados no país, como consumir álcool. A questão é de tal forma aguda nos EUA que até um documentário sobre a polêmica, intitulado em inglês O Problema com Apu, foi produzido pelo comediante Hari Kondabolu.

A informação de que o personagem irá desaparecer do desenho veio de Adi Shankar, um dos produtores da série “Castlevania”, da Netflix.

Apesar de ser um desenho animado, a importância d’Os Simpsons na cultura americana é evidente: eleita recentemente pela revista Time “a melhor série de TV do século 20”, o desenho criado por Matt Groening na década de 1980 é o sitcom mais longevo da história da TV americana.

Essa não é a primeira vez que os Simpsons fazem parte do debate político-cultural dos EUA – como no caso recente em que se descobriu que o desenho havia “previsto” a eleição de Donald Trump, em 1999.

© fotos: reprodução/fonte:via