Ambiente tóxico no trabalho é contagioso feito vírus, aponta estudo

Um estudo da Universidade de Harvard comprovou cientificamente aquilo que todos que trabalham em grupo, em um escritório ou empresa, já sabem: o estado de espírito é uma força contagiante entre pessoas, e o humor dos colegas de trabalho ou do chefe, por exemplo, é capaz de condicionar não só o seu humor como o desempenho e a produtividade de uma empresa.

O resumo é simples e direto: um ambiente tóxico de trabalho contagia a todos e piora consideravelmente a qualidade e a quantidade da produção daquele local. O estresse é, portanto, contagioso, o que justifica a conclusão de que a principal razão para demissões no mundo não é o salário, mas sim o clima, a falta de relações interpessoais, o estresse. O custo de tal conclusão não se dá sobre a saúde somente do trabalhador: levantamentos estimam que tal problema custe anualmente cerca de 90 bilhões de reais à União Europeia.

A pesquisa descobriu que 26% dos participantes tinham seus níveis de cortisol, o hormônio do estresse, elevados somente de olhar para alguém em estado de tensão. E tal contaminação se dá de forma ainda indireta: pelo cheiro. O suor de alguém em estado de estresse expele hormônios que são capturados por outras pessoas pelo ar – feito fosse de fato uma doença contagiosa.

© fotos: repdução/fonte:via

1 comentário

  1. Pingback: Ambiente tóxico no trabalho é contagioso feito vírus, aponta estudo – A luz de bons preceitos humanos, refletirá um estado de equilíbrio harmônico com tudo que vemos e com o que não vemos .Apenas sentimos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s