Ela traduz o poder dos cabelos femininos em fotografias intensas e criativas

Os cabelos de uma mulher dizem muito sobre ela e, podem comunicar e representar muita coisa. Para celebrar suas lindas madeixas longas, a artista holandesa Krissy Elisabeth tira fotos incríveis, com diversas ambientações diferentes, porém com uma coisa em comum: o foco é sempre o seu cabelo. Os cenários são sempre pensados em relação à estação do ano, que é o que define se ela usará flores ou folhas.

artista ensaio cabelo 1

Com muita criatividade e bom gosto, suas fotos têm feito sucesso no Instagram, que já soma mais de 13 mil seguidores. Na praia, em castelos ou em campos de girassóis, a delicadeza de suas fotos nos transporta para um mundo de sonhos, fantasias e muitas cores.

artista ensaio cabelo 2

Não sabemos o quanto de produção existe por trás de suas fotos, se cada uma leva horas para ser finalizada, mas uma coisa somos obrigados a admitir: o resultado é simplesmente fantástico!

artista ensaio cabelo 3
artista ensaio cabelo 4
artista ensaio cabelo 5
artista ensaio cabelo 6
artista ensaio cabelo 7
artista ensaio cabelo 8
artista ensaio cabelo 9
artista ensaio cabelo 10
artista ensaio cabelo 11
artista ensaio cabelo 12
artista ensaio cabelo 13
artista ensaio cabelo 14
artista ensaio cabelo 15
artista ensaio cabelo 16
artista ensaio cabelo 17
artista ensaio cabelo 18


fonte:via Fotos: Krissy Elisabeth

Anúncios

A receita para este pai sobreviver após a morte da esposa foi criar um desenho por dia

No ano passado, o britânico Gary Andrews perdeu subitamente a esposa e mãe de seus dois filhos, com quem estava casado há 19 anos. Porém, ele que é animador e ilustrador, viu em seus desenhos uma maneira de lidar com a perda drástica e manter sempre viva a presença do amor de sua vida, fazendo um desenho por dia. Em quase um ano, ele já completou diversos cadernos, que sempre ficam à disposição dos filhos, que gostam de relembrar os bons momentos que viveram com a mãe. Histórias como esta nos fazem repensar a vida e o amor que transcende a morte.

marido desenha morte esposa 1

Gary e os filhos, Lily e Ben

Gary, que já trabalhou para a Disney e para a série britânica Fireman Sam, começou a compartilhar suas ilustrações nas redes sociais em 2016, pois sentia falta de usar papel e caneta em plena era digital. Após a perda da esposa Joy, porém, este tornou-se mais do que um hábito, mas uma promessa entre eles e os filhos, de 8 e 11 anos, que costumavam fazer uma ilustração por dia sempre na hora de dormir, ainda com a presença da mãe.

marido desenha morte esposa 2

O ilustrador e sua melhor amiga, sua esposa

Sua esposa faleceu quando ele estava em uma viagem a trabalho, no Canadá. O que parecia uma gripe, foi diagnosticado como sepse – infecção generalizada que pode ser causada por bactérias, vírus, fungos ou protozoários. Quando soube do quadro grave de sua esposa, Gary pegou um voo de emergência, mas já era tarde.

marido desenha morte esposa 3

“Eu sei que eu preciso ir pra cama, mas é o lugar mais vazio do mundo”

O ilustrador já possui mais de 30 mil seguidores no Twitter, entre eles alguns amigos pessoais, que utilizam as redes sociais como forma de ‘monitorá-lo’ e saber que ele está conseguindo superar aos poucos esta verdadeira tragédia. Quando ele posta vários seguidos no mesmo dia, eles se preocupam e telefonam para saber se ele está bem.

marido desenha morte esposa 4

Domingos geralmente são piores dias

Desenhar, para ele, é uma forma de se comunicar e liberar a angústia diária que ele sente no vazio da vida sem a esposa: “Eu tinha o melhor relacionamento”, diz ele. “Foram 19 anos fantásticos. Eu era o cara mais sortudo. O universo decidiu que eu não teria mais isso, mas algo bom precisa sair disso”.

marido desenha morte esposa 5

Existe declaração de amor mais forte do que esta?

marido desenha morte esposa 9marido desenha morte esposa 9

“Amor, para sempre”

marido desenha morte esposa 6

“O sofá parece muito grande e vazio”


fonte:via Fotos: Gary Andrews

Com 19 obras pela cidade, Kobra é eleito personalidade do ano em NY

Boas notícias para fechar 2018, Kobra foi eleito personalidade do ano em Nova York. Nada mais justo, pois o artista paulistano possui 19 murais na cidade norte-americana. O último de sua autoria homenageia um personagem fundamental da cultura novaiorquina, Jean-Michel Basquiat.

A escolha de Eduardo Kobra foi chancelada pelo guia cultura Time Out. De acordo com a publicação, Nova York se transformou numa cidade mais viva graças ao talento do paulistano. Kobra enfeitou a Big Apple com suas cores e figuras como Michael Jackson, Madre Teresa de Calcutá e Mahatma Gandhi.

Basquiat lutando pela arte nas ruas de Nova York

Kobra, que passou cinco meses por lá em 2018, explicou a Veja SP a sensação boa do trabalho reconhecido.

Viva a arte de Kobra!

“A Time Out falou em alguns momentos sobre meu trabalho, mas não esperava fazer parte da lista. É muito gratificante, porque é uma publicação importante da área artística em Nova York”.

Ele explica ainda que possui uma conexão forte com a cidade e forma encontrada para trabalhar. “A base do meu trabalho é o respeito. Antes de chegar, eu faço uma pesquisa sobre o lugar e sobre a arte pública ali existente. Só depois vou para o muro. Pintar é a parte mais fácil”.

Niemeyer observando atento o movimento. Por Eduardo Kobra

Em São Paulo, Eduardo Kobra tem pelo menos oito paineis enfeitando a cidade cinza. Destaque para obra gigante com o rosto de Oscar Niemeyer em um prédio da Avenida Paulista.

Fotos: Reprodução/fonte:via