Conheça o primeiro hotel do mundo a produzir mais energia do que consome




As casas autossuficientes energicamente já são realidade mundo afora (e adoramos falar delas, casos desse projeto minimalista, dessa cápsula móvel e dessa que inclui uma bela horta). Mas quando se trata de hotéis não é bem assim, e eis que surge o primeiro do mundo a produzir mais energia do que consome.

O projeto fica na Noruega e foi criado pelo escritório de arquitetura Snøhetta. O hotel sustentável vai ficar bem próximo do Ciclo Polar Ártico, perfeito para turistas interessados em apreciar o lindo espetáculo da aurora boreal.

O local é bem isolado e ambientalmente frágil, o que torna a ecoeficiência do hotel ainda mais necessária. O local foi batizado de Svart, em referência à geleira Svartisen, que também fica no norte da Noruega, e vai consumir 85% menos energia elétrica do que os hotéis convencionais.

O acesso ao hotel só será possível através de embarcações, e o prédio vai contar com painéis de captação de energia solar estrategicamente colocados nos pontos do telhado onde os raios incidem com mais frequência.

Poços vão capturar a energia geotérmica para aquecer os cômodos, e todos os quartos e o restaurante foram projetados para ficar na sombra durante o verão, eliminando a necessidade de usar ar condicionado.

A fachada conta com grandes paredes de vidro, que permitem a iluminação natural, e a estrutura redonda permite lindos ângulos de visão panorâmica da paisagem local. A previsão é que o Svart seja inaugurado em 2021.

Fotos: reprodução/fonte:via

O incrível manual de caligrafia do século XVI que está disponível para download gratuito


manual caligrafia 6



Se hoje, a tecnologia nos oferece uma gama infinita de fontes e tipografias, antigamente a realidade era outra. Cartas, documentos e livros dependiam da boa caligrafia das pessoas, que muitas vezes, se especializavam nisso, como Georg Bocskay, secretário do Sacro Imperador Romano Ferdinand I, que com o intuito de preservar seu legado, criou este maravilhoso manual de caligrafia, em 1561.

manual caligrafia 1

Com o objetivo de deixar registrado para a posteridade todos os tipos de escrita criados por ele, o secretário deu um jeito de eternizar sua arte, hoje disponível para download gratuito. As ilustrações foram feitas 30 anos depois, a pedido do neto de Ferdinand, o imperador Rudolph II. Decidido a deixar sua própria marca no manual, ele contratou o ilustrador húngaro Joris Hoefnagel para deixar o livro um pouco mais artístico e colorido.

manual caligrafia 2

Graças ao Getty Museum – em Los Angeles, esta raridade pode ser de qualquer um que fizer o download. Se você quiser impressionar alguém e escrever uma carta com uma caligrafia criada no século XVI, já sabe o que fazer, não é mesmo?

manual caligrafia 3
manual caligrafia 4
manual caligrafia 5
manual caligrafia 6


fonte:viaFotos: Getty Museum