Ilustrações revelam o horror das remoções cirúrgicas de partes do corpo no século 19

 

A anestesia só começou a ser usada na medicina por volta de 1840. Antes disso, porém, cirurgias já eram realizadas em diversas partes do corpo. Algumas vezes, o objetivo destas operações era de remover um órgão, como mostra o livro A Treatise on Operative Surgery (“Um tratado sobre cirurgia operatória”, em tradução livre), de Joseph Pancoast.

Publicada no século 19, a obra é repleta de litografias que retratam como eram feitas as remoções cirúrgicas na época. Com um total de 380 páginas de descrição, o livro conta ainda com mais de 400 imagens descrevendo exatamente as técnicas usadas nas operações – e faz qualquer pessoa ficar felizona pelos avanços da medicina.

Ainda que a obra pareça quase medieval, Pancoast foi responsável por desenvolver técnicas cirúrgicas avançadas para o período, incluindo uma sutura usada na rinoplastia e procedimentos neurocirúrgicos. O tratado escrito por ele inclui até mesmo o relato de um dos mais antigos enxertos de pele feitos, para a reconstrução do lóbulo da orelha de um paciente.

Por mais que sejam apenas desenhos, eles não são recomendados para quem tem estômago fraco. Se não for o seu caso, rola pra baixo e confira mais dessas obras de arte da medicina precária:

Fotos: A Treatise on Operative Surgery/Reprodução/fonte:via

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s