Belas imagens microscópicas de sementes

A diversidade e complexidade de formas e tamanhos de sementes é extraordinária.

Ainda mais surpreendente é que, dentro dessas coisinhas minúsculas, reside a informação genética completa necessária para o nascimento e a estruturação de organismos como a complexa flor do maracujá ou uma sequoia de 100 metros de altura.

Confira belas imagens dessas incríveis origens de vida vegetal:

Musgo rosa

Crédito: Yanping Wang, Planetário de Pequim, China (olympusbioscapes.com)

Semente de Portulaca (musgo cor-de-rosa) conforme vista com um estereomicroscópio.

Planta de água doce

Crédito: Daniel Stoupin (olympusbioscapes.com)

Semente de uma planta encontrada em lagoa de água doce começando a brotar, aumentada em dez vezes.

Videira

Crédito: Rob Kesseler (robkesseler.co.uk)

Muitas sementes dispersas pelo vento, como a Loasa chilensis (uma videira rasteira nativa do Chile), têm um padrão de favo de mel.

Cenoura selvagem

Crédito: Rob Kesseler (robkesseler.co.uk)

Semente de Daucus carota.

Drosera

Crédito: Rob Kesseler (robkesseler.co.uk)

Semente de planta do gênero Drosera, da África do Sul. A imagem foi colorida no Photoshop, com base nas cores da planta original.

Delphinium peregrinum

Crédito: Rob Kesseler (robkesseler.co.uk)

A textura ajuda a semente a “agarrar” na superfície do hospedeiro, bem como sua mobilidade.

Repolho africano

Crédito: Rob Kesseler (robkesseler.co.uk)

Semente de Cleome gynandra, uma flor silvestre da África, agora considerada uma erva daninha em muitos locais tropicais em todo o mundo.

Cardo

Crédito: Rob Kesseler (robkesseler.co.uk)

Semente de um cardo do gênero Centaurea.

Trichodesma

Crédito: Rob Kesseler (robkesseler.co.uk)

Uma prima da não-me-esqueças, do gênero Trichodesma.

Linaria

Crédito: Rob Kesseler (robkesseler.co.uk)

Semente de planta do gênero Linaria.

Dedaleira

Crédito: psmicrographs.co.uk

Micrografia eletrônica de varredura colorida de uma semente de dedaleira (Digitalis purpurea).

Antirrhinum

Crédito: Rob Kesseler (robkesseler.co.uk)

Semente do gênero Antirrhinum.

Suculenta

Crédito: Rob Kesseler (robkesseler.co.uk)

Crassula pellucida, uma suculenta.

Lamourouxia viscosa

Crédito: Rob Kesseler (robkesseler.co.uk)

Semente de flor silvestre mexicana.

Morango

Crédito: Rob Kesseler (robkesseler.co.uk)

Morango coberto de sementes (na verdade, “aquênios”).

Combava

Crédito: Rob Kesseler (robkesseler.co.uk)

Semente de Citrus hystrix.

Agrião

Crédito: Mark Talbot (maxisciences.com)

Semente de Arabidopsis thaliana (um agrião europeu). A imagem mostra uma pequena muda com seis dias de vida sob um microscópio eletrônico de varredura.

Scorpiurus muricatus

Crédito: Viktor Sýkora (olympusbioscapes.com)

Semente de Scorpiurus muricatus.

Mamona

Crédito: Mark Birkle

Sementes de mamona são venenosas para pessoas, animais e insetos.

Dente-de-leão


Semente de dente-de-leão. fonte:via [
Insteading]

Quadrinhos retratam a beleza dos relacionamentos longos

Pode parecer banal, mas trata-se na verdade de um dos mais desafiadores mistérios da humanidade: como manter um relacionamento longo e feliz?

Certamente a leveza, os pequenos prazeres, os segredos e as maravilhas que somente o convívio extenso nos trazem fazem parte dessa difícil resposta – e foi para tentar ilustrar essas pequenas maravilhas exclusivas dos relacionamentos de longa data que a desenhista Catana decidiu transformar sua relação em quadrinhos.

– Ah! um casal novo e fofo. 

– Já fazem muitos anos, mas obrigado!

– Vocês devem ser recém-casados.

– Não, já faz um tempo.

– Ainda em lua de mel, né?

– Não, a gente realmente se gosta.

– Você vão enjoar um do outro eventualmente.

– Não.

Seu trabalho viralizou e, através das mensagens inspiradoras, adoráveis e bem humoradas ela ilustra o que é e como fazer valer um relacionamento por tanto tempo – e aquilo que só os relacionamentos longos podem oferecer. Os personagens são basicamente ela e seu simpático e barbudo namorado John – vivendo o dia a dia sob o prazer e a alegria singulares de estarem juntos, sempre, por amor.

Seus quadrinhos são publicados semanalmente em seu site e no Instagram – e, pelo visto, continuarão sendo por ainda muito tempo.

– Ah, essa é minha garota…

– (Minha garota…)

– Você está bem?

– Sim…

– Que cheiro bom é esse?

– Estou usando um perfume novo.

– Me possua.

Quando ele me chamava de linda antes: jura?

Quando ele me chama de linda hoje: ainda?

– Toma!

– Você está me devolvendo meu casaco?

– Não. Eu quero que você faça ele ter seu cheiro de novo e me devolva.

Flertando em uma relação longa: 

Estou nua.

Encontro, antes: Nossa reserva é 8 horas. Corra!

Encontro, hoje: Servi um pouco de vinho pra nossa maratona de Harry Potter.

– Estou tão feliz!

– Você quer ir pra casa e tomar vinho na banheira?

– Muito melhor.

Todas as imagens © Catana / /fonte via

Ensaio mistura ‘frufrus’ e esportes para questionar: por que precisamos escolher?

frufrus e esportes 4

Uma das características mais intrínsecas do ser humano é poder ser e fazer várias coisas ao mesmo tempo. Porém, a sociedade insiste em nos definir, criando padrões e nos obrigando a nos encaixar neles. Por exemplo, por que uma garota não pode ser esportista e vaidosa ao mesmo tempo? Foi a partir deste questionamento que a fotógrafa e mãe Heather Mitchell, baseada no Alabama – Estados Unidos, decidiu fazer este ensaio.

frufrus e esportes 1

Tudo começou quando ela estava assistindo um jogo de sua filha de 8 anos e ouviu uma mãe dizer que, sua filha não jogava porque era feminina demais para isso. Usando sua inquietação como combustível para criação, ela então decidiu abordar o tema de maneira direta e delicada, a partir deste belo ensaio, que mostra sua filha usando vestidos, maquiagem e enfeites, porém fazendo esportes. Por que não?

frufrus e esportes 2

Parte da inspiração veio de sua própria infância: “Eu joguei todos os esportes que minha escola ofereceu e usei batom em todos os jogos“. Como era esperado, depois de publicar a série em seu Facebook, Heather recebeu centenas de pedidos de mães pedindo o mesmo. Não demorou muito para as imagens viralizarem. Afinal, nossos pais nos ensinaram que poderíamos ser o que quiséssemos quando crescer, não é mesmo?

frufrus e esportes 3
frufrus e esportes 4
frufrus e esportes 5
frufrus e esportes 6

fonte:via Fotos: HMP Couture Imagery