“Cachorro” resgatado de rio congelado na Estônia era na verdade um lobo

O que você faria se encontrasse um cachorro lutando para se salvar nas águas de um rio congelado? Ajudaria, não é mesmo? Foi o que três trabalhadores de bom coração da Estônia fizeram – sem saber que, na verdade, o “cachorro” era um lobo. Rando Kartsepp, Robin Sillamäe e Erki Väli estavam fazendo trabalhos de dragagem quando perceberam que um animal estava preso na represa, nadando na água gelada do rio Parnu. Depois de abrir caminho pelo gelo, eles tiraram o animal da água, enrolaram-no em uma toalha e o colocaram em um carro para aquecê-lo. “Nós tivemos que carregá-lo pela encosta. Ele pesava bastante”, lembra um dos trabalhadores, segundo o site Bored Panda.

Os três homens chamaram o resgate de animais e foram orientados a levar o “cachorro” para uma clínica veterinária em uma cidade próxima. Rando, um dos trabalhadores, disse que o animal dormiu pacificamente no carro, com a cabeça apoiada em seu colo. Os especialistas descobriram mais tarde que o animal selvagem estava com a pressão baixa no momento, o que poderia explicar o comportamento dócil exibido – provavelmente para sorte dos três homens.

Após a chegada dos trabalhadores, especialistas da clínica fizeram um check-up no animal e também não perceberam com que tipo de bicho estavam lidando – somente quando um caçador local eventualmente apontou que o animal congelado era na verdade um lobo, não um cão amigável perdido na natureza, foi que o mal-entendido se desfez. Os veterinários o colocaram em uma jaula para evitar qualquer incidente antes de continuar o tratamento.

O lobo era do sexo masculino e tinha cerca de um ano de idade. Logo depois que o animal foi resgatado, a União de Proteção Animal da Estônia postou a respeito da história no Facebook: “Quando chegou à costa, o pobre lobo estava muito exausto, hipotérmico e congelado. Os jovens rapidamente trouxeram uma toalha e secaram o animal, então o levaram para um carro quente e ligaram para a União de Proteção Animal”, diz parte do texto.

O animal já foi tratado e libertado na natureza após os pesquisadores da Agência Nacional do Meio Ambiente colocarem um colar de GPS em volta do seu pescoço. A União Estônia para a Proteção de Animais (EUPA) pagou pelo tratamento do lobo. “Estamos muito felizes com o resultado da história e gostaríamos de agradecer a todos os participantes – especialmente esses homens que resgataram o lobo e os médicos da clínica que não tiveram medo de tratar e nutrir o animal selvagem”, afirmou a instituição em um comunicado à imprensa. [BBC, Bored Panda]

fonte:via

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s