Baleia é encontrada com 40 quilos de plástico no estômago nas Filipinas

Não é a primeira, mas podemos lutar para que seja a última vez  que uma baleia é encontrada morta devido à ingestão de plástico. Em abril do ano passado, uma cachalote faleceu na Espanha após comer 29 kg do material. Mesmo antes disso, um vídeo emocionante divulgado pela BBC já mostrava uma mãe-baleia carregando seu filhote morto depois de ingerir plástico. Agora, um animal da espécie foi encontrado nas Filipinas com 40 kg de resíduos no estômago.

Encontrada no último sábado, 16 de março, a baleia estava na costa da cidade de Davau, na ilha filipina de Mindanao. O corpo do animal foi resgatado pelos biólogos e voluntários do D’ Bone Collector Museum, um museu aberto em 2012 com o objetivo de educar as pessoas a cuidar do meio ambiente.

A causa final da morte desta jovem baleia-bicuda-de-cuvier que resgatamos no dia 16 de março de 2019 são 40 quilos de sacos plásticos, incluindo 16 sacos de arroz, quatro sacos utilizados na plantação de banana e várias sacolas de compras”, diz uma publicação na página do Facebook do museu. A organização informa ainda que uma lista completa dos resíduos encontrados no corpo do animal será divulgada nos próximos dias.

fonte:via Fotos: D’ Bone Collector Museum Inc/Reprodução Facebook

As últimas fotos da lendária ‘rainha elefanta’ antes de sua morte


rainha elefanta 3



Definitivamente o elefante é um animal místico e apaixonante. Conhecidos tanto pelos fortes laços familiares que carregam a vida inteira, quanto pela empatia, esses gigantes são gentis e vêm desaparecendo com uma velocidade assustadora, devido à caça. Com o objetivo de mostrar a grandiosidade destes animais, duas associações que trabalham em prol da conservação da vida selvagem na África, fizeram uma parceria com o fotógrafo britânico Will Burrard-Lucas, resultando nesta maravilhosa série de fotos da ‘rainha elefanta’.

rainha elefanta 1

Se a intenção era fazer um ensaio dos elefantes africanos, foi uma elefanta de mais de 60 anos de idade que chamou a atenção do fotógrafo e acabou tornando-se personagem principal da série. Majestosa, suas presas eram tão grandes, que raspavam no chão conforme ela caminhava. Magra, devido à escassez de alimento provocada pela seca, dias depois ela morreu.

rainha elefanta 2

“Ela era como uma relíquia de uma época passada. Se houvesse uma rainha dos elefantes, certamente teria sido ela“.

rainha elefanta 3

O ensaio completo estará disponível no livro do fotógrafo, que será lançado ainda este mês – “Land of Giants” (Terra de gigantes). Um belíssimo testemunho da vida selvagem, suas imagens são a mais perfeita tradução de vida selvagem, esta que o ser humano vem destruindo, pouco a pouco.

rainha elefanta 4
rainha elefanta 5
rainha elefanta 6
rainha elefanta 7
rainha elefanta 8
rainha elefanta 9

Fotos: Will Burrard-Lucas fonte:via