Fotografia tirada por brasileiro é eleita ‘imagem do dia’ pela NASA

O fotógrafo brasileiro Carlos Fairbairn teve um clique seu escolhido pela NASA como ‘Fotografia do Dia’, concurso da agência aeroespacial norte-americana elege diariamente as melhores imagens do espaço sideral.

O registro feito pelo brasileiro foi exposto no ‘Encontro Brasileira de Astrofotografia’. A imagem mostra a constelação de Órion, também conhecida como ‘Três Marias‘. Carlos é especializado em fotografar fenômenos astronômicos.“Deixo a câmera parada enquanto o céu vai girando”, afirmou.

A foto do Carlos Fairbairn eleita pela NASA

“Tudo tem uma relação de tamanho com um objeto que é do nosso mundo natural. Quando você coloca a natureza terrestre na mesma captura com essa cena [astronômica], você faz com que as pessoas se sintam ali”, acrescentou o fotógrafo

A longa exposição é uma maneira de captar a movimentação do céu. Não é a primeira vem que Carlos conquista o prêmio. Em 2017, o fotógrafo também ganhou como  a ‘Foto do Dia‘ da NASA. Desta vez, pelo registro de um eclipse solar total no Deserto do Atacama. 

“Esta imagem retrata muito da nossa casa galáctica, a Via Láctea. É possível encontrar uma grande variável de nebulosa, aglomerados, constelações e até mesmo uma galáxia muito evidente (a grande nuvem de Magalhães, perto do vulcão Chiliques). À frente é a caldeira de um vulcão inativo. Além disso, também é possível ver outros vulcões, alguns com seus picos contendo camadas de gelo”, escreveu Carlos sobre o primeiro registro.

Fotos da Nasa

A NASA acredita no potencial da fotografia para despertar o interesse em astronomia ao redor do mundo. Além da ‘Foto do Dia‘, a agência divulga diversas imagens em domínio público para divulgação do trabalho astronômico. A biblioteca de fotos da NASA tem acesso livre e gratuito online.

São registros incríveis e que revelam muito sobre a grandeza do universo. Um dos principais nomes da astrofotografia, Nicholas Buer, já fez centenas de cliques do espaço. Ele contou os revela os motivos pelos quais é apaixonado pela astrofotografia.

Porque a beleza nem sempre é conveniente”, afirmou Nicholas.

Fotos: Foto 1: Reprodução/NASA Foto 2: Reprodução/Nasa/fonte:via

Lar Mar vai transformar bitucas de cigarro recolhidas em SP em pranchas de surf

Competindo com os canudos e sacos plásticos como as piores poluentes dos mares, as bitucas de cigarro ganharam uma utilidade pelas mãos da Lar Mar: servir como matéria-prima para pranchas de surfe sustentáveis. As bitucas são recolhidas no próprio local, e a cada três mil o shaper Neco Carbone pode construir uma nova prancha. “Nosso objetivo é fazer com que as pessoas parem de jogar bitucas no chão. Nossos clientes aceitaram a ação de uma forma incrível. Em apenas um final de semana, já conseguimos reunir mais de mil bitucas”, afirma Felipe Árias, fundador da Lar Mar.

As pranchas não serão vendidas, mas sim doadas para escolinhas de surfe para crianças carentes nas cidades de Santos e Guarujá, no litoral de São Paulo. O recolhimento de bitucas será permanente no Lar Mar, uma local no bairro de Pinheiros, em São Paulo, que mistura loja de surfwear, restaurante, co-working, bar e shows eventuais. A praia é parte fundamental do espírito do local, que possui até mesmo um ponto de relax com cadeiras, rede e até mesmo areia da praia no chão.

A inspiração para a iniciativa de transformar cigarros em pranchas veio do projeto “Cigarette Board”, do designer estadunidense Taylor Lane, que conquistou diversos prêmios de sustentabilidade ao construir a primeira prancha de surfe utilizando o material como base. O teste dessa prancha foi luxuoso: ninguém menos que o cantor, compositor – e surfista – Jack Johnson foi o primeiro a pegar uma onda com uma prancha feita a partir de 4 mil bitucas recolhidas nas praias da Califórnia, e as fotos que ilustram essa matéria são desse projeto.

Quem quiser oferecer matéria-prima para a próxima prancha doada a uma escolinha de surfe do litoral paulista, O bar Lar Mar fica na rua João Moura, 613 e é possível despejar as bitucas de cigarro de quarta a domingo.

© fotos: divulgação/fonte:via