Poção de “bruxa” de mil anos mata bactérias resistentes a antibióticos

livro medico anglo saxao antigo
A fórmula do colírio de Bald, encontrado em um antigo livro médico anglo-saxão. Crédito: Universidade de Warwick

Uma fórmula de mil anos de idade para o tratamento infecções nos olhos talvez leve os cientistas a um novo caminho para lutar contra a resistência aos antibióticos.

A poção parece mesmo bruxaria: cebola, vinho, alho e bile bovina. E um artigo científico publicado na revista Nature Scientific Reports mostrou que a fórmula para o “colírio para os olhos de Bald”, conseguiu matar inúmeras bactérias, até mesmo algumas que eram resistentes a antibióticos, reportou o Gizmodo.

Método subestimado

O artigo de Freya Harrison e colaboradores, da Universidade de Warwick, mostra um método subestimado para alcançar novos bactericidas. Hoje inúmeros antibióticos não funcionam contra certas cepas de bactérias que evoluíram resistência aos medicamentos. Livros médicos medievais podem ser uma fonte incomum de novo medicamentos.

O colírio de Bald recriado por cientistas. Crédito: Universidade de Warwick

Os ingredientes isolados do colírio de Bald não funcionavam para matar as bactérias, mas quando combinados mostraram seu potencial. O colírio foi muito eficaz contra a bactéria Staphylococcus aureus (MRSA) que pode levar a infecções severas, potencialmente mortais.

Quais bactérias que a poção combateu

Freya testou o colírio em cinco cepas de bactérias que podem causar infecções fatais — uma delas resistente a antibióticos — em modelos de infecção nos tecidos moles. Todas mostraram graus variados de resistência aos antibióticos comuns.

  • Acinetobacter baumanii (comum em ferimentos de guerra),
  • Stenotrophomonas maltophilia (causadora de pneumonias),
  • Staphylococcus aureus (encontrada em infecções hospitalares pós-cirúrgicas),
  • Staphylococcus epidermidis (celulite infecciosa, amigdalite, escarlatina e febre reumática).

O colírio medieval inibiu as bactérias de maneira promissora, de acordo com o artigo, sem prejudicar as células humanas ou de camundongos o que mostra seu potencial como tratamento contra infecções.

Ainda não sabemos a causa do efeito

Apesar do alho conter alicina, eficaz contra algumas bactérias isso não explica a eficácia da mistura de alho, vinho, cebola e bile bovina agindo de maneira tão eficaz e contra bactérias tão variadas.

“Descobrimos que a potente atividade … do colírio ocular de Bald não pode ser atribuída a um único ingrediente e requer a combinação de todos os ingredientes para atingir a atividade total”, escreveram os pesquisadores.

Em comunicado a imprensa a pesquisadora ressalta a importância da descoberta de compostos bactericidas criadas a partir de vários ingredientes.

“A maioria dos antibióticos que usamos hoje são derivados de compostos naturais, mas nosso trabalho destaca a necessidade de explorar não apenas compostos únicos, mas misturas de produtos naturais para o tratamento de infecções”, ​​afirmou Harrison. “Acreditamos que a descoberta futura de antibióticos a partir de produtos naturais poderia ser aprimorada através do estudo de combinações de ingredientes, em vez de plantas ou compostos isolados. Nesta primeira instância, achamos que essa combinação poderia sugerir novos tratamentos para feridas infectadas, como úlceras diabéticas nos pés e pernas.” fonte:via

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s