Local de execução de João Batista foi encontrado por arqueólogos

Ruínas onde João Batista foi condenado

Parte dos restos de Machaerus. (Crédito da imagem: Győző Vörös)

Arqueólogos afirmam ter identificado a pista de dança mortal onde João Batista — um pregador itinerante que previu a vinda de Jesus — foi condenado à morte por volta de 29 a.C.

A Bíblia e o antigo escritor Flávio José (37-100 d.C.) descrevem como o rei Herodes Antipas, filho do rei Herodes, havia executado João Batista. Flávio especificou que a execução ocorreu em Maquiaéreos, um forte perto do Mar Morto na atual Jordânia.

Herodes Antipas temia a crescente influência de João Batista entre a população e assim ele o executou Fávio escreveu. A Bíblia, por outro lado, conta um conto muito mais elaborado, alegando que Herodes Antipas mandou executar João Batista em troca de uma dança.

trono de Herodes Antipas
Arqueólogos acreditam que este nicho representa os restos do trono de Herodes Antipas. A partir daqui, a decisão de executar João Batista pode ter sido tomada. (Crédito da imagem: Győző Vörös)

A história bíblica afirma que Herodes Antipas estava prestes a se casar com uma mulher chamada Herodias, e ambos eram divorciados, algo a que João Batista se opôs.

Em seu casamento, a filha de Herodias, chamada Salomé, fez uma dança que tanto encantou Herodes Antipas que o rei prometeu tudo o que ela quisesse como recompensa. Salomé, instigada por Herodias, pediu a cabeça de João Batista. Herodes Antipas estava relutante em conceder o pedido, de acordo com a Bíblia, mas ele finalmente decidiu cumpri-lo e teve a cabeça de João Batista trazida para Salomé em uma bandeja.

Megiddo morte joão batista
Megiddo, visto aqui, foi um dos muitos sítios arqueológicos onde as escavações foram suspensas ou reduzidas durante 2020. (Crédito da imagem: Shutterstock)

Pista de dança mortal encontrada?

Um pátio descoberto em Maquiaéreos é provavelmente o lugar onde a dança de Salomé foi realizada e onde Herodes Antipas decidiu decapitar João Batista, escreveu Győző Vörös, diretor de um projeto chamado Escavações e Pesquisas de Maquiaéreos no Mar Morto, no livro “Arqueologia da Terra Santa em ambos os lados: Ensaios Arqueológicos em Honra de Eugenio Alliata” (em tradução livre, Fondazione Terra Santa, 2020). O pátio, disse Vörös, tem um nicho em forma de apsidal que provavelmente são os restos do trono onde Herodes Antipas se sentou.

cidadela morte joão batista
Uma reconstrução da cidadela superior de Maquiaéreos. (Crédito da imagem: Győző Vörös)

Após a morte do rei Herodes, seu reino foi dividido entre seus filhos e Herodes Antipas controlavam um reino que incluía a Galiléia e parte da Jordânia. Ele controlava seu reino às vezes a partir de Maquiaéreos.

Arqueólogos descobriram o pátio em 1980, mas não reconheceram o nicho como sendo parte do trono de Herodes Antipas até agora, escreveu Vörös no artigo. A presença do trono ao lado do pátio solidifica as conclusões sobre a pista de dança, escreveu Vörös.

A equipe arqueológica vem reconstruindo o pátio e publicou várias imagens no livro mostrando como era na época da execução de João Batista.

reconstrução pista de dança morte joão batista
Os pesquisadores criaram uma reconstrução do pátio onde a dança de Salomé pode ter ocorrido. (Crédito da imagem: Győző Vörös)

Estudiosos respondem

Mais de meia dúzia de estudiosos não envolvidos com as escavações conversaram com o Live Science sobre a alegação de que o trono de Herodes Antipas, e o pátio onde a dança mortal foi realizada, foram encontrados. Alguns estudiosos estavam convencidos, enquanto outros eram céticos.

“Acho que é historicamente provável que essa escavação tenha trazido à luz a ‘pista de dança’ de Salomé”, disse Morten Hørning Jensen, professor da Escola Norueguesa de Teologia, que escreveu o livro “Herodes Antipas na Galiléia” (Mohr Siebeck, 2010).

Alguns estudiosos não estavam convencidos, expressando dúvidas sobre se o nicho recém-identificado representa os restos do trono de Herodes Antipas. Jodi Magness, professora de estudos religiosos na Universidade da Carolina do Norte (EUA) em Chapel Hill, elogiou o trabalho de Vörös e sua equipe. MAs sobre a possibilidade de que Vörös tenha encontrado o trono de Herodes Antipas, ela tem dúvidas.

Por exemplo, o nicho encontrado em Maquiaéreos parece pequeno comparado com o trono de seu pai, o rei Herodes, encontrado no palácio de inverno de Jericó, disse Magness, referindo-se a um trono no palácio que é coberto com uma apse semi-circular. Ela acrescentou que o nicho em Maquiaéreos se parece com dois nichos encontrados no Alto Herodes, uma fortaleza-palácio construída pelo rei Herodes, mas esses dois nichos nunca foram identificados como restos de tronos.

Eric Meyers, professor emérito de estudos judeus na Universidade duke, disse que é bem possível que o trono de Herodes Antipas tenha sido encontrado e esteja ansioso para ler os relatórios finais no sítio. Resta saber se “uma combinação perfeita entre fontes literárias e arqueológicas que coloca a execução de João Batista naquele mesmo local. De qualquer forma, um argumento forte foi feito e estou ansioso pelos relatórios finais”, disse Meyers. fonte via[Live Science]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s