Estas fotos de um garoto feliz mostram por que nada substitui uma av贸

Tem coisas que s贸 uma av贸 pode fazer por voc锚鈥 A norte-americana Patricia Manning provou isso ao preparar uma surpresa para seu neto, Dresden, de cinco anos, inspirada nos v铆deos do canal favorito do garoto no Youtube, o Guava Juice.

spaghetti-bathtub1

Um dos temas recorrentes do canal s茫o desafios em que Roi Wassabi entra numa banheira cheia de coisas como salgadinhos, espuma e at茅 filhotes de cachorros. A av贸 do garoto, ent茫o, encheu uma banheira com quase sete quilos de macarr茫o colorido para a alegria de Dresden.

spaghetti-bathtub3

Segundo Brandon, pai do menino, a av贸 levou cerca de tr锚s horas para cozinhar todo o macarr茫o, que ela mesma coloriu usando corantes comest铆veis. Dresden amou a surpresa, brincando na banheira por mais de duas horas. As imagens do garoto falam por si.

spaghetti-bathtub7

spaghetti-bathtub4

Ap贸s a brincadeira, Patricia n茫o levou mais do que dez minutos para limpar tudo. O macarr茫o foi jogado fora, mas a fam铆lia doou uma quantidade igual 脿quela usada na banheira para uma institui莽茫o local. 鈥As av贸s costumam criar suas pr贸prias regras, e a primeira normalmente 茅: n茫o h谩 regras鈥, resumiu Brandon.

sub-buzz-7878-1489699944-3

sub-buzz-7535-1489699994-1

Todas as fotos 漏 Brandon Manning

Tente n茫o se apaixonar por essas incr铆veis 鈥榯orradas de sereia鈥

Quem disse que as torradas precisam ser sempre iguais? Por mais que muitas delas sejam bastante parecidas, essa聽food stylist decidiu inovar em suas cria莽玫es e inventou a 鈥torrada de sereia鈥, com camadas de cor que se assemelham aos cabelos imagin谩rios de uma sereia.

Apesar das cores vibrantes, Adeline Waugh garante que os ingredientes usados em suas cria莽玫es s茫o naturais. Para criar o efeito, ela utiliza algas em p贸 nas cores azul e verde, respons谩veis por tingir um cream cheese feito com leite de am锚ndoas que a gente n茫o provou mas j谩 imagina que seja a maior del铆cia!

Adeline contou em uma publica莽茫o que nunca pensou em estar criando uma tend锚ncia ou qualquer coisa parecida, ela simplesmente gosta de criar alimentos que s茫o bonitos de se ver de vez em quando. E essa torrada n茫o poderia ser mais linda, embora ela garanta que 茅 鈥100% n茫o pr谩tica鈥.

Antes das 鈥渢orradas de sereia鈥 se tornarem virais, Adeline j谩 havia conquistado a internet com outra cria莽茫o sua: as 鈥渢orradas de unic贸rnio聽鈥 t茫o bonitas que d谩 at茅 pena de comer.

S茅rie fotogr谩fica mostra o que pessoas de diferentes pa铆ses comem num dia

Imagine fotografar tudo, absolutamente tudo o que voc锚 come diariamente. Agora, imagine comparar a sua foto com a de outras pessoas ao redor do mundo. 脡 esse choque cultural que prop玫e o livro What I Eat: Around the World in 80 Diets, de Peter Menzel.

O autor e fot贸grafo americano registrou os alimentos que 80 pessoas de 30 pa铆ses diferentes costumam consumir num 煤nico dia.聽Essa fascinante viagem nos traz um registro impactante de h谩bitos e possibilidades que o mundo separa. 鈥淭entamos escolher as pessoas que eram fortes (fisicamente) e, em seguida, pessoas mais fr谩geis鈥, diz Menzel, que comentou o desejo de ver o livro como uma ferramenta.

鈥淥 americano precisa aprender e usar o pensamento racional e a ideia de gostos diferentes. Descobrir o que outras pessoas est茫o fazendo 聽e talvez corrigir alguns dos nossos pr贸prios h谩bitos 鈥 especialmente os maus h谩bitos鈥, destaca.

bike-msgr

O livro cont茅m hist贸rias detalhadas sobre os personagens. De um lutador de sum么 japon锚s at茅 um renomado chef espanhol, cada registro 茅 uma inspira莽茫o para quem deseja buscar novas possibilidades de alimenta莽茫o ou simplesmente 茅 amante de fotografia.

BOT-090315-122-xxw

comida1

CAN_061009_213_xxw_xlarge

CHI-060613-155-xxw

comida2

CROPPEDCHI_060609_795_xxw

CROPPEDIND_081208_441_xxw

egy_080322_157_xxw_slide-e1ae4ef4ba39ecf7d0b1bf423e0548cb4399ee97-s6-c30

GER-080319-094-xxw

ISR-081026-121-xxw

menzel1

menzel6

PAL_081025_100_xxw_xlarge

todas as fotos 漏聽Peter Menzel

Este pitbull quase foi abatido at茅 descobrirem que ele tinha salvado a vida de uma crian莽a

Em uma hist贸ria profundamente tr谩gica, ao menos uma injusti莽a p么de ser evitada, e aquele que parecia o vil茫o em verdade se revelou o verdadeiro her贸i.

Uma crian莽a de nove anos de idade foi levada a um hospital nos arredores do rio Murray, na Austr谩lia, para cuidar de uma mordida de um c茫o. O animal 鈥 um pitbull chamado Buddy (companheiro) 鈥 foi devidamente detido pela pol铆cia, e estava pronto para ser sacrificado, quando os fatos se desenrolaram, e uma verdadeira trag茅dia se evidenciou 鈥 que, apesar do horror, tinha o animal como her贸i.

Buddy2

O que a pol铆cia investigou e descobriu foi que a m茫e do menino (que n茫o p么de ter sua identidade revelada por motivos legais) na realidade havia ido at茅 o rio para afogar a ele e a seu irm茫o menor. A descoberta se deu depois do corpo do irm茫o menor, de apenas cinco anos de idade, foi encontrado. O cachorro havia simplesmente salvado a vida do outro menino, e tirado ele do rio com a boca 鈥 por isso a marca de mordida que o levou ao hospital.

O c茫o tamb茅m atacou a m茫e, enquanto ela afogava o outro menino, que veio a falecer.

Buddy1

Fotos da busca聽realizada pela pol铆cia no rio

A situa莽茫o do cachorro, no entanto, continuava incerta. O dono do animal afirmou que Buddy jamais teve um hist贸rico de viol锚ncia, e nunca havia mordido ningu茅m. O dono tamb茅m confirmou que o c茫o havia na realidade salvado um dos meninos. Uma peti莽茫o online ent茫o reuniu mais de 50 mil assinaturas, pedindo que o cachorro voltasse para casa.

Buddy4

A m茫e foi acusada de assassinato e tentativa de assassinato e, por mais que a hist贸ria nos lembre o quanto o ser humano pode tornar-se doente, a pol铆cia local retirou o pedido de sacrif铆cio e Buddy, por sua vez, p么de voltar para casa, apesar da trag茅dia, como um her贸i.

Buddy3

漏 fotos: divulga莽茫o

Restaurante aberto com crowdfunding emprega refugiados que promovem sua pr贸pria gastronomia

Desde o dia 25 de junho, a cidade de Utrecht, na Holanda, ganhou uma nova op莽茫o de restaurante, que promete n茫o apenas servir pratos deliciosos, mas tamb茅m promover a integra莽茫o de refugiados que chegam ao pa铆s. A iniciativa foi financiada por mais de 500 pessoas atrav茅s de uma campanha de financiamento coletivo na plataforma CrowdAboutNow, que reuniu聽鈧 165 mil. Todo o valor ser谩 devolvido aos participantes em tr锚s anos, com um reajuste de 3% ao ano.

Atrav茅s dessa colabora莽茫o, o Syr abriu as suas portas com uma proposta 煤nica: empregar refugiados, para que eles possam se integrar 脿 sociedade holandesa ao mesmo tempo em que promovem a sua gastronomia. No restaurante, eles trabalham ao lado de colegas holandeses e podem praticar o idioma ao mesmo tempo em que aprendem mais sobre a cultura local. O聽Syr serve pratos s铆rios com um toque europeu, segundo define seu site.

sy3

Al茅m de funcionar como um restaurante, o espa莽o tamb茅m oferece educa莽茫o para os refugiados. H谩 ainda uma programa莽茫o cultural intensa por l谩, com apresenta莽玫es, workshops, debates e um espa莽o expositivo. Parte dos lucros do restaurante no primeiro ano ser茫o doados 脿 organiza莽茫o Foundation of Refugee Students UAF para ajudar um n煤mero ainda maior de pessoas.

sy

sy6

Portrait with models; food; culinary; cooking; dish; travel; country; outdoor; craftsmanship; culture;

sy5

Todas as fotos: Reprodu莽茫o

A diferen莽a entre a comida da primeira classe e da econ么mica nas principais companhias a茅reas do mundo

As diferen莽as entre a classe econ么mica e a primeira classe n茫o s茫o apenas o valor da passagem, o espa莽o e o n铆vel de conforto. O card谩pio tamb茅m 茅 uma das caracter铆sticas marcantes entre elas. Quem tem o privil茅gio em poder optar pela primeira classe 鈥 que 茅 a categoria de assento mais caro 鈥 possui mais possibilidades de pratos e bebidas e, obviamente, tamb茅m tendem a ter uma apresenta莽茫o bem mais sofisticada.

Abaixo voc锚 pode conferir a diferen莽a dos alimentos servidos nas duas classes em algumas das principais companhia a茅reas do mundo.

01 鈥 Singapore Airlines

Jantar na classe econ么mica
01-Singapore_Economy

Jantar na primeira classe
01-Singapore_first

02 鈥 Emirates

Jantar na classe econ么mica
02-Emirates_Economy

Jantar na primeira classe
02-Emirates_First

03 鈥 Turkish

Jantar na classe econ么mica
03_Turkish_Economy

Jantar na primeira classe
03_Turkish_First

04 鈥 Korean

Jantar na classe econ么mica
04-Korean_Economy

Jantar na primeira classe
04-Korean_First

05 鈥 Airfrance

Jantar na classe econ么mica
05-AirFrance_Economy

Jantar na primeira classe
05-AirFrance_First

06 鈥 American Airlines

Jantar na classe econ么mica
06-AmericanAirlines_Economy

Jantar na primeira classe
06-AmericanAirlines_First

07 鈥 Delta

Jantar na classe econ么mica
07-Delta_Economy

Jantar na primeira classe
07-Delta_First

08 鈥 United

Jantar na classe econ么mica
08-United_Economy

Jantar na primeira classe
08-United_First

09 鈥 British

Jantar na classe econ么mica
09-Britsh_Economy

Jantar na primeira classe
09-Britsh_First

10 鈥 KLM

Jantar na classe econ么mica
010-KLM-Economy

Jantar na primeira classe
010-KLM-First

* Todas as fotos: Reprodu莽茫o

Empresa vende insetos vivos como alimento para animais ex贸ticos

Para a maioria das pessoas, basta ouvir ou mesmo ler a palavra 鈥渂arata鈥 para que uma sensa莽茫o de asco e rep煤dio lhe tome conta. Pensar em entrar em contato com uma 鈥 ou, pior, de fato faz锚-lo 鈥 茅 motivo para calafrios, n谩useas, arrepios e horror. Insetos s茫o alguns dos seres menos amados e desejados nesse mundo 鈥 e ao mesmo tempo s茫o, com larga vantagem, os animais mais numerosos do planeta.

Safari5

Nada nessa vida 茅, no entanto, incontest谩vel, e qualquer verdade absoluta para uns pode ser, para outros, o exato oposto. Se insetos costumam ser para humanos a coisa mais asquerosa do mundo, h谩 animais que os veem como uma iguaria capaz de faz锚-los salivar. E mais: h谩 seres humanos que os veem como mat茅ria prima para um lucrativo neg贸cio 鈥 esses, ao inv茅s de tentar afast谩-los, criam insetos aos montes, para depois vend锚-los como alimento para outros animais ex贸ticos.

Safari3

Foi isso que reuniu os engenheiros agr铆colas Eduardo Matos e Jo茫o Paulo Ksouri: grilos, ten茅brios, e principalmente baratas. Juntos eles fundaram a Safari, empresa que cria e comercializa insetos comest铆veis para servirem como alimento de animais ex贸ticos.

A Safari nasceu da pr贸pria necessidade de Matos, criador de dois lagartos, duas tartarugas-tigre e mais de 40 peixes, que, diante do desejo de alimenta-los n茫o com ra莽茫o (mas com a comida que buscariam caso estivessem na natureza), ele percebeu a car锚ncia de empresas que oferecessem os insetos.

Safari7

O amigo Jo茫o Paulo se animou com a ideia, e eles ent茫o investiram em pesquisa e na cria莽茫o, para fazer da Safari uma empresa de qualidade diferenciada. Boa parte da grana investida foi para o galp茫o de cria莽茫o dos insetos, e para cuidar da parte legal do neg贸cio, totalmente de acordo com as normas do Minist茅rio da Agricultura e o IBAMA. Um terceiro s贸cio se reuniu aos dois amigos, e mais dois galp玫es foram constru铆dos.

Safari6

Atualmente a Safari vende 50 mil insetos para mais de 30 clientes e, apesar do crescimento do mercado de animais ex贸ticos, os s贸cios revelam que as dificuldade enfrentadas s茫o quase todas conceituais 鈥 primeiro, o preconceito contra os insetos primordialmente, e depois, convencer que a atividade de venda de insetos n茫o s贸 n茫o 茅 criminosa, como n茫o agride o meio ambiente, e s茫o op莽玫es mais saud谩veis e nutritivas para os animais.

Safari1

Safari8

Os pacotes custam entre R$ 20 e R$ 25, trazendo, por exemplo, 25 grilos ou 150 ten茅brios (larvas de besouro). Os insetos produzidos e vendidos pela Safari s茫o recomendados para a alimenta莽茫o de r茅pteis, anf铆bios, peixes e p谩ssaros, mas n茫o somente: certos mam铆feros, como macacos, fur玫es e ratos, tamb茅m salivam s贸 de ver as baratas da Safari.

Safari2

Safari9

O planejamento par 2017 茅 de triplicar a venda de insetos, que Matos garante que n茫o s贸 suprem os nutrientes das ra莽玫es vendidas em Pet Shop, como superam em fibras e vitaminas os preparados industrializados, trazendo mais energia para os animais, que se reaproximam com seus instintos e h谩bitos naturais. A ideia da empresa 茅 que em breve tamb茅m esteja vendendo os animais como aperitivos ex贸ticos para seres humanos 鈥 sim, 茅 isso mesmo: grilos, baratos e larvas como lanchinhos da tarde.

Safari10

脡 incontest谩vel o sentido inovador da proposta da Safari 鈥 al茅m de investir em um mercado ao mesmo tempo em crescimento e praticamente n茫o explorado. Foi com essa proposta que a Safari participou do programa Shark Tank Brasil 鈥 Negociando com Tubar玫es, no Canal Sony. Para tentar pescar um dos tubar玫es-investidores (que comp玫em a banca respons谩vel por escolher empresas para investirem), os insetos foram servidos como iscas, com tempero de sal e lim茫o.

Safari4

O 煤ltimo epis贸dio in茅dito do programa foi exibido dia 26 de janeiro, mas quem perdeu pode continuar assistindo 脿s reprises dos epis贸dios todas as quintas, 脿s 21h, no Canal Sony 鈥 se voc锚 茅 capaz de vender at茅 mesmo baratas, o Shark Tank Brasil 茅 seu lugar.

Safari11

漏 fotos: reprodu莽茫o