Corante azul pode ser a chave para aproveitar energia renovável no futuro

A busca por fontes de energia renovável são uma prioridade para vários cientistas pelo mundo. Um grupo de pesquisadores da Universidade de Buffalo, nos EUA, podem ter feito uma descoberta capaz de revolucionar o armazenamento de energia e também aliviar os impactos ambientais da indústria têxtil.

Fabricantes de tecidos usam muito azul de metileno como corante. O problema é que, em média, só 5% do produto é absorvido pelas roupas. O resto é dissolvido na água e acaba sendo descartado durante os processos de produção, podendo causar danos severos ao meio ambiente.

O que o estudo indica é que o azul de metileno tem propriedades elétricas que poderiam ser muito bem aproveitadas ao usar o composto na produção de baterias, em vez de simplesmente jogar fora a água em que ele é dissolvido.

De acordo com a pesquisa, as moléculas do azul de metileno mudam de forma – na verdade, reduzem – quando uma voltagem é aplicada ao material. Cada uma ganha dois prótons e dois elétrons, se tornando o que os cientistas chamam de leucometileno.

O que faz o azul de metileno ter potencial como componente de baterias é a reversibilidade desse processo. Grandes quantidades do composto podem ser transformadas em leucometileno usando fontes de energia como a solar, e então, à noite, seria possível reverter o processo, gerando energia novamente.

De acordo com Anjula Kosswattaarachchi, uma das cientistas por trás do projeto, o próximo passo é fazer testes com a água descartada pela indústria para conferir se os resultados são parecidos com os de laboratório.

Há muita pesquisa sendo feita para descobrir como remover esses compostos da água, mas sem sucesso em grande escala. O lado bom é que podemos ressignificar a água descartada e criar uma tecnologia de armazenamento de energia limpa”, disse.

Fotos via Pixabay (Creative Commons CC0) /fonte via

Trança em forma de rosa se torna nova tendência de penteado e o Instagram está enlouquecido

Hoje em dia não é preciso ser hippie para usar tranças e nem estar prestes a ir a um festival de música para usar flores nos cabelos. A tendência de cabelo mais quente do momento são tranças organizadas de tal forma que se assemelham a uma rosa e estão tomando conta do Instagram.

O penteado criado por Alison Valsamis, cabeleireira de Fairfield, Connecticut, Estados Unidos, tem tema primaveril e pode parecer muito complexo e difícil de ser feito em casa. No entanto, felizmente para nós, Alison explicou o passo a passo em uma entrevista à Allure.

Para criar essas rosas, começo com uma pequena trança de três mechas enrolada para servir como a parte mais central”, disse ela ao site de moda e beleza. “Em seguida, eu alterno entre tranças escama de peixe e tranças comuns separadas para criar volume. Eu termino com uma trança holandesa de três mechas, apenas puxada para o lado mais externo para criar a pétala grande de uma rosa em flor.”

Parece bem simples, não é? Para um guia mais aprofundado de visual, basta conferir algumas das fotos abaixo e dar uma olhada no Instagram de Alison para se inspirar.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Imagens: Reprodução/fonte:via

Com mais de 1,5 metro de cabelo, ‘Rapunzel da vida real’ dá dicas para cabelo crescer forte

A americana Andrea Colson, de 33 anos, parece ter saído de um conto de fada por conta de seus imensos cabelos inspirados em uma famosa personagem do universo infantil: Rapunzel. Com madeixas que chegam a 1,55m e quase arrastam no chão, Andrea que atualmente vive na Micronesia, faz sucesso pelo visual.

Mas como será possível cuidar e manter essa cabeleira imensa impecável? Segundo entrevista concedida ao Daily Mail, um dos truques de beleza da Rapunzel da vida real é comer diariamente uma colher de manteiga de amendoim.

Andrea, uma missionária cristã que trabalha com crianças, teve o cabelo comprido praticamente toda a vida. Quando tinha apenas dois anos, já os tinha na altura dos ombros e, quando era adolescente, já chegava ao joelho.

Ela prefere mantê-los na altura dos tornozelos e corta as pontas a cada três ou quatro meses, para evitar que elas fiquem fracas ou duplas.

Uma vez por mês, ela ainda usa uma máscara de cabelo caseira composta por ovo, óleo de coco e azeite. Ela só lava os cabelos com água fria e só seca sua franja. Outro dos segredos de Andrea é o óleo de coco. Ela massageia nas pontas do cabelo e espera uma hora antes da lavagem, o que ela faz duas vezes por semana.

Ela usa shampoo normal, mas apenas condiciona as extremidades de seus cabelo para não bloquear o couro cabeludo.

Em seus Instagram, Andrea publica fotos do cabelão e dos mais maravilhosos penteados que faz.

Imagens: Reprodução Instagram/fonte:via

Mãe e seus seis filhos ficam anos sem cortar o cabelo doam mais de 5 metros para crianças doentes

Seis irmãos da cidade de North Nonawanda (EUA), foram alvo de bullying por bastante tempo na escola por usarem longos cabelos. Embora sua mãe, Phoebe Kannisto, não gostasse de ver seus filhos sendo alvo de piadas, ela sabia que eles tinham um ótimo motivo para manterem suas madeixas.

A decisão de Andre, 10 anos, dos gêmeos Silas e Emerson, 8 anos, e dos trigêmeos Herbie, Reed e Dexter, 5 anos, de manter os fios compridos por quase dois anos, aconteceu depois que uma amiga da mãe deles perdeu o filho para o câncer.

Há três anos, o filho de uma amiga morreu de câncer. Ele era gêmeo e tinha idade parecida com a dos meus trigêmeos (…) No primeiro aniversário de sua morte, meus três meninos mais velhos doaram seus cabelos a sua memória (…) Meus garotos querem ajudar e doar seus cabelos é um jeito de eles fazerem isso”, contou Phoebe ao HuffingtonPost.

18156872_10158704895235096_4180604202001151831_n

Então, na última segunda-feira (24), eles finalmente passaram a tesoura em tudo e doaram mais de cinco metros de cabelo para a ONG Children with Hair Loss – organização que confecciona perucas para crianças em tratamento contra o câncer.

02

03

Todas as imagens: Reprodução fonte

Em vez de jogar fora, ela faz arte com os cabelos que caem durante o banho

Tudo começou em 2014, quando a artista plástica norte-americana Lucy Gafford percebeu que tinha deixado um belo tufo de cabelo na parede do box enquanto tomava banho e decidiu fazer um desenho com os fios. De brincadeira, ela decidiu postar a imagem na internet, e descobriu um talento inesperado.

Por causa da repercussão positiva que a piada teve entre os amigos, Lucy resolveu fazer mais desenhos. Já foram mais de 400 nesses três anos, e as obras chegam a demorar uma hora e meia para ficarem prontas. A “Mestre do Cabelo no Box” costuma publicar mais ou menos uma vez por semana.

O primeiro desenho de todos foi um esquilo, e desde então as inspirações variaram bastante: praias, cachorros, coelhos, vários tipos de objeto e até personagens como a Princesa Leia e Tyrion Lannister fazem parte do acervo.

Confira algumas das criações de Lucy:

Artist-makes-drawings-with-hair-falling-in-the-bath-58ede56db8e6b__605

Artist-makes-drawings-with-hair-falling-in-the-bath-58ed263c1f5dd__605

Artist-makes-drawings-with-hair-falling-in-the-bath-58ede53b62e9c__605

Artist-makes-drawings-with-hair-falling-in-the-bath-58ede53e04e92__605

Artist-makes-drawings-with-hair-falling-in-the-bath-58ede54754dae__605

shower-hair-art-58ed25db7a790__605

Artist-makes-drawings-with-hair-falling-in-the-bath-58ede55894c51__605

Artist-makes-drawings-with-hair-falling-in-the-bath-58ed264e4daea__605

Artist-makes-drawings-with-hair-falling-in-the-bath-58ed26317afd7__605

Artist-makes-drawings-with-hair-falling-in-the-bath-58ede53872151__605

Artist-makes-drawings-with-hair-falling-in-the-bath-58ede52980663__605

Artist-makes-drawings-with-hair-falling-in-the-bath-58ede535b6672__605

Artist-makes-drawings-with-hair-falling-in-the-bath-58ede5669e753__605

Artist-makes-drawings-with-hair-falling-in-the-bath-58ede56416700__605

Artist-makes-drawings-with-hair-falling-in-the-bath-58ed266636faf__605

Artist-makes-drawings-with-hair-falling-in-the-bath-58ede54f0422a__605

Artist-makes-drawings-with-hair-falling-in-the-bath-58ede54c1e327__605

Todas as fotos © Lucy Gafford  fonte: via

Para ver mais, siga-a no Instagram.