Visitantes de zoológico ferem crocodilo com pedras para ‘saber se ele era real’

O misto de prepotência e ignorância costuma mover a humanidade às maiores ou mais desnecessárias crueldades, especialmente contra outros animais. Foi o caso do que fez um grupo de visitantes do zoológico de Xiamen, na província chinesa de Fujian. Diante de um crocodilo de grande porte residente do local, que estava sem mover há bastante tempo, o grupo decidiu atirar pedras contra o animal, a fim de descobrir se ele era ou não “real”. Se a realidade dos zoológicos já é triste, ter de lidar com a ignorância dos que os visitam parece ser ainda pior.

Acontece que os crocodilos costumam de fato ficar imóveis por horas, seja para absorver calor (especialmente no inverno), como medida defensiva, ou simplesmente se preparando para capturar uma presa – trata-se de um hábito normal desses animais. Batizado de Xiao He, o réptil sofreu ferimentos na cabeça e nos pés. A ausência de câmeras de segurança no local vem complicando o trabalho da polícia para identificar os agressores.

Com 5,8 metros e 1,2 toneladas, Xiao He é o maior crocodilo da Ásia, e levará duas semanas para se recuperar do ocorrido. Segundo representantes do zoológico, o hábito de permanecerem imóveis faz com que seja costumeiro que os visitantes pensem que os crocodilos não são reais.

© fotos: reprodução/fonte:via

Anúncios