Usando lã, artista cria filhotes tão realistas que vão te deixar confuso

A lã é tão versátil que pode ser usada para diversas coisas.

Este é o material escolhido pela artista canadense Meagan Alessio para suas criações bastante realistas.

Meagan usa a lã para fazer reproduções de filhotes de animais em miniatura. Cada criação leva de quatro a sete horas para ser concluída – e eles são tão reais que parece que começarão a latir a qualquer momento.

Os animais são criados sob medida e podem ser encomendados através da loja da artista no Etsy. Os novos itens são sempre publicados no Instagram de Meagan, onde a moça já conta com mais de 8 mil seguidores.

Espia só alguns dos bichanos de lã confeccionados por ela!

Fotos: Meagan Alessio /fonte:via

Anúncios

Coleção de joias inspiradas em praias para você levar belas paisagens para onde for

BoldB é uma pequena marca de jóias com sede em Melbourne, Austrália, de propriedade da designer industrial Britta Boeckmann e do cunhado Michael Davidson. Eles passaram os últimos seis meses desenvolvendo um novo conceito de design e o resultado foi uma coleção chamada Aqua.

Cada peça da coleção foi cuidadosamente elaborada a partir da areia de praia compactada e foi inspirada nos belos ambientes aquáticos da Austrália.

A ideia surgiu após um voo sobre a Grande Barreira de Corais. Admirar a deslumbrante paisagem costeira levou a dupla a trabalhar em um processo para imitar a visão de um pássaro de vários terrenos oceânicos, através de camadas topográficas.

Utilizamos uma combinação de processos de design modernos e tradicionais para criar a coleção. Começamos a trabalhar com software CAD e impressoras 3D para produzir protótipos. Em contrapartida, as peças finais são cuidadosamente trabalhadas a partir do arranjo e delicadamente lixadas e polidas à mão para obter a forma desejada e o acabamento de alto brilho’, conta Britta.

Veja as peças:

Imagens: Reprodução/fonte:via

Artista cria incríveis miniaturas de terrários usando apenas papel

A artista Raya Sader Bujana, elevou seu amor às plantas a um outro nível: fazer com que elas durem para sempre. Residente na cidade de Barcelona, a jovem de origem libanesa-venezuelana criou uma série artesanal em miniatura de cactos e suculentas de papel em mini terrários encantadores.

Algumas das esculturas de papel medem entre 5 e 6 centímetros de altura e podem levar entre 5 a 20 horas para serem feitas com o máximo de detalhes possível.Raya abandonou os estudos em arquitetura para se dedicar totalmente ao paper art e design em 2008. Em seu site ela conta:

Eu meio que sempre soube que era o que eu queria fazer e estou muito feliz em poder fazê-lo agora. Eu criei vídeos stop-motion, peças encomendadas e esculturas, trabalhei com marcas como Nissan, Eastpak, HP, Metalarte, 7UP, Camper e DOIY e atualmente estou trabalhando em novas exposições para minha arte’, disse.

Ela também explica que sua arte é bastante influenciada pelo que aprendeu nos anos em que estudou arquitetura e por seu amor pela natureza.

Você pode comprar os mini terrários de Raya aqui. A média de preços é de R$ 340.

Veja suas criações:

 fonte:via

9 artistas que transformam flores em incríveis arranjos artísticos

As flores, de modo geral, não precisam de qualquer intervenção humana para se parecerem com obras de arte. Perfeita e criativamente criadas pela natureza, as flores é que podem servir de inspiração e paradigma para a invenção humana. Arranjos florais, assim, costumam ser pensados como enfeites, em que basta se juntar algumas cores interessantes em flores para tornar uma mera mesa ou um recinto banal em um local espetacular.

Quando uma série de artistas, porém, resolvem usar as flores não como inspiração mas como matéria prima de sua visão criativa, a coisa muda de figura – e a beleza natural das flores ganha novas potências, simbólicas, narrativas, figurativas, sem limites.

Reunimos aqui nove artistas que partem das flores para criar arranjos ainda mais espetaculares com elas, numa parceria imbatível entre o olhar o humano e a criatividade da própria natureza.

1. “Floral tea story”, por Marina Malinovaya

A “história do chá floral”, da artista russa Marina Malinovaya reúne sua paixão pelo chá, não só como bebida mas como uma cerimônia, e pelas flores para criar uma bucólica e estonteante composição.

2. “Natura Insects”, por Raku Inoue

 

O designer e artista japonês Raku Inoue revela, através da beleza das flores, também a beleza da forma dos insetos em seu ensaio “Natura Insects”. Criando esses animais normalmente vistos com asco utilizando pétalas, folhas e flores, ele reúne duas forças estéticas naturais em um só trabalho.

3. “Floral Portraits”, por Sister Golden

 

A dupla americana Sister Golden é formada por uma mãe e uma filha – Vicki e Brooke. As duas usam flores em todos os seus estágios, inclusive secas, para criar seus “retratos florais”. Frida Kahlo, Van Gogh e Audrey Hepburn são alguns dos retratos criados pela dupla.

4. “Anatomical Botanicals”, por Camila Carlow

 

A guatemalteca Camila Carlow vai fundo nas entranhas humanas como inspiração – literalmente. Criando órgãos humanos a partir de flores, ela transforma em suas “Anatomias botânicas” o que normalmente é grotesco e asqueroso em algo belo e sedutor.

5. “Encyclopedia of Rainbows”, por Julie Seabrook Ream

 

Basta olhar para os trabalhos da americana Julie Seabrook Ream para se ter certeza de seu amor pelas cores. Foi esse amor que a inspirou a criar sua “enciclopédia de arco-íris”, reunindo toda a delicadeza das tonalidades naturais impressas nas flores e folhas.

6. “Dandelion art”, por Duy Anh Nhan Duc

 

Já o vietnamita Duy Anh Nhan Duc vai pelo caminho contrário: utilizando uma flor e um tom somente de cor, ele criou sua “arte de dente-de-leão” inspirado na fragilidade e na poesia que vê nessa flor – criando padrões e formas geométricas monocromáticas como um deleite para o nosso olhar.

7. “La Fee de Fleur”, de Sawa

A japonesa Sawa documenta seus cafés diários como muitos fazem nas redes sociais – ela, porém, adorna as xícaras com belos arranjos florais, utilizando flores vivas e secas, como que em molduras coloridas e naturais para a banalidade de uma xícara de café.

8. “Meditative Medleys”, por Ja Soon Kim

Inspirada em seu próprio trabalho como instrutura de yoga, a artista coreana Ja Soon Kim quis trazer a tranquilidade meditativa da yoga para suas composições florais. A ideia em sua “miscelânea meditativa” é que as cores e formas, que normalmente excitam, possam também nos tranquilizar à meditação.

9. “Petal Paintings”, por Fong Qi Wei

O desejo do artista baseado em Singapura Fong Qi Wei em suas “pinturas de pétalas” era que cada pétala fosse como uma forte pincelada – criando assim suas pinturas. Especializado em fotografia, Fong também gosta de pintar, e usa as flores como seu pincel.

© fotos: divulgação/fonte:via