Você pode levar a aurora boreal ou o fundo do mar pra onde for graças a estes acessórios

Opala, madeira, resina e muita criatividade.

Esse é o material indispensável no estúdio do artista Miha Debeljak, o responsável pelos incríveis acessórios da marca Wood all Good.

Com as peças criadas por Miha, qualquer um pode levar consigo o céu estrelado da Aurora Boreal, as belezas do fundo do mar e outros desenhos únicos criados com muita técnica e paciência.

De Ljubljana, na Eslovênia, o designer começou a trabalhar em madeira com ferramentas que eram de seu avô, em 2015. O que iniciou como um hobby logo virou algo maior e o artista passou a presentar amigos e familiares com os acessórios que criava.

Foi quando surgiu a ideia de transformar a paixão em negócio: Miha abriu uma loja no Etsy para vender suas criações. Na sua página de apresentação, ele descreve que usa apenas resina não-tóxica e madeira de fontes sustentáveis, bem como outros elementos naturais.

Ao Bored Panda, o artista escreveu que incorporou opala em suas criações recentemente, obtendo ótimos resultados. “Design de joias originais que lembram mundos em miniatura, com montanhas, galáxias e a Aurora Boreal. Eu honestamente adoro estes e espero de verdade que você também goste“, escreveu ele sobre o trabalho.

Tem como não gostar? 

Fotos: Miha Debeljak/Wood all Good  /fonte:via

Anúncios

Este quarto sobre trenós é projetado para ver a aurora boreal de forma única

Muitos hotéis oferecem a vista ou a paisagem natural ao seu redor como atrativos fundamentais para seus hóspedes. Ao norte da Finlândia, no entanto, a maior atração natural acontece sem hora marcada precisa ou local exato, em um cenário imenso e incalculável: o céu. A demanda dos turistas locais para ver o espetáculo da aurora boreal nos céus do norte do país, fez com que a empresa de turismo Off the Map Travel criasse o Aurora Wilderness Camp, uma espécie de acampamento móvel de luxo, um quarto sobre um grande trenó que permite que os hóspedes “movam” a hospedagem até a melhor posição para verem as luzes da aurora boreal no céu.

O quarto, portanto, pode ser acoplado a um veículo especial para andar sobre o gelo, e assim ser transportado até um melhor ponto sobre o selvagem gelo do Ártico Finlandês. Trata-se de uma cabine para duas pessoas, com 4,5 metros de comprimento, 2 metros de altura e 2,5 metros de lagura. Dentro, todas as instalações necessárias para uma estadia confortável, como uma bela cama, uma mesa, aquecedor a gás e um banheiro externo – além, é claro, de um teto de vidro, que permite que os hóspedes assistam à aurora boreal do conforto de sua cama.

A hospedagem inclui trenós e calçados especiais, para que os turistas possam explorar o local onde decidirem permanecer, além de drinks, comidas e um belo café da manhã. Atualmente as três cabines disponibilizadas pela empresa estão no remoto vilarejo de Kilpisjärvi, ao norte da Finlândia, local com o céu noturno mais limpo de todo o país, e com mais atividades das luzes do norte registradas – segundo consta, os visitantes possuem mais de 70% de chances de verem a aurora boreal por lá.

O pacote completo, incluindo transporte do aeroporto, duas noites em chalé de luxo e uma noite na cabine móvel, com tudo incluído, no entanto, não é nada barato, saindo por mais de 7 mil reais por pessoa. É fato que se trata de um dos mais incríveis espetáculos da natureza, mas o preço não precisava ser de tal forma astronômico – especialmente considerando que olhar o céu ainda é de graça.

 

© fotos: Divulgação/fonte:via

Hotel inspirado em nave alienígena cria clima de outro mundo para ver a aurora boreal

Imagine um hotel em formato de óvni, com quartos em estilo espacial, com vista para uma geleira, tudo isso com estrutura sustentável? Este é o projeto do Hotel Svart, aos pés da Svartisen, a segunda maior geleira da Noruega. Um grupo de arquitetos da empresa Snøhetta foi incumbido da função deste espaço de tirar o fôlego e que usa 85% menos energia do que um hotel normal.

Design e sustentabilidade estão no projeto deste hotel inovador

Com previsão de lançamento para 2021, o edifício ecológico será equipado com energia geotérmica, que converte o calor existente no interior da Terra em produção de energia limpa. Assim, a água correrá naturalmente aquecida por todo hotel.

O projeto para estrutura será basicamente de madeira, reforçada com aço e concreto, com design em forma oval e equipada com painéis de energia solar. As paredes foram estrategicamente projetadas para isolar o calor no inverno e permitir boa ventilação no verão. Já a ideia para o mobiliário está toda baseada em materiais reciclados ou naturais.

A ideia é que a estrutura interfira o mínimo possível do ambiente

De acordo com o Daily News, a energia é o segunda maior gasto em hotéis. Isso acontece principalmente pela regulação da temperatura, que inclui aquecimento dos ambientes e da água, além do ar condicionado.

Comentando a nova ideia de design, o co-fundador da Snøhetta, Kjetil Trædal Thorsen, disse ao jornal inglês que “construir em um ambiente tão precioso vem com algumas obrigações claras em termos de preservar a beleza natural, a fauna e flora do lugar”. “Era importante para nós projetar um edifício sustentável que deixasse uma pegada ambiental mínima nesta bela natureza do norte”, comentou.

O local é perfeito ainda para pedalar e fazer atividades ao ar livre

Além de ser ecológico, outra vantagem do lugar é exatamente a localização. Situado logo acima do Círculo Ártico, em um ponto remoto das geleiras da Noruega, o Svart proporciona a oportunidade perfeita para ver a aurora boreal.

Um show desses!

 

Imagens: Snøhetta/Plompmozes/fonte:via