As maravilhosas piscinas termais da Turquia parecem um spa criado pela natureza

Se você está em busca de lugares mágicos e surreais para fazer sua próxima viagem, talvez este seja o destino perfeito. Com dezenas de piscinas naturais e muita calmaria, a cidade turca de Pamukkale é procurada desde a antiguidade por quem buscava o famoso elixir da beleza, já que a região é cheia de piscinas naturais de água quentinha, com temperaturas que variam entre 35 e 100 graus.

Listada como Patrimônio Mundial da UNESCO, Pamukkale significa ‘castelo de algodão’, em turco e é uma pequena cidade ao sudoeste da Turquia, a cerca de 500 km de Istambul. Porém, a beleza das piscinas naturais vem atraindo tantos turistas nos últimos anos, que agora dar um mergulho nelas está cada vez mais difícil. Seguranças por todos os lados estão lá para garantir que um patrimônio da humanidade não seja deteriorado.

A interferência humana já foi responsável pela destruição de inúmeros patrimônios da humanidade, então nada mais justo que existam leis e pessoas que garantam que isso não aconteça mais. De qualquer maneira, mesmo sem poder nadar, observar essas lindas formações da natureza pode nos trazer uma imensa tranquilidade e alegria e esta continuará sendo uma viagem inesquecível!

Fotos: Logga Wiggler /fonte:via

Anúncios

Autoestima importa: Gari lava alma após ganhar transformação, “fiquei feliz demais”

Sim, os tempos são difíceis, mas quem disse que devemos perder a fé na humanidade? Apesar do acirramento dos ânimos e da proliferação do ódio, ainda existem pessoas fazendo coisas incríveis por aí.

Veja só o caso da gari Eliene Gomes. Com 25 anos, a profissional da limpeza da cidade mineira de Coronel Fabriciano, ganhou uma incrível transformação. Provando que é importante ser bonita por dentro e por fora, ela deixou todo mundo de queixo caído.

Durante evento sobre a prevenção do câncer de mama realizado pela Secretaria Municipal de Saúde, Eliene ganhou o sorteio para um ‘dia da beleza’. A jovem de apenas 25 anos foi cuidadosamente tratada pelo maquiador Wellington Dias.

Imagem relacionada

Feliz da vida, Eliene mal conseguia acreditar na transformação. Enquanto limpava as ruas da cidade do interior de Minas Gerais, foi abordada pelas pessoas, que se diziam felizes com o presente.

“Foi tudo de bom. Não tem nem palavras. O pessoal ficou passado, disse que eu fiquei muito linda”, declarou ao Razões para Acreditar.

Quem também se mostrou satisfeito foi Wellington. O maquiador ressaltou o caráter de prestação de serviço e aumento da autoestima proporcionado pela profissão.

“Tive um sentimento de dever cumprido. Sei que Deus não me deu esse dom só para ganhar dinheiro, mas para fazer o bem também. O dinheiro é uma consequência”, complementou. /fonte:via

Fotos que exprimem a beleza a partir da estética geométrica e surrealista

A beleza está nos olhos de quem a vê e, é exatamente isso que a fotógrafa Evelyn Bencicova, baseada na Eslováquia quer nos mostrar. Com apenas 26 anos ela possui uma capacidade única de misturar realidade com ficção, criando um todo um universo particular em suas fotografias.

A jovem começou a tirar fotos depois de uma cirurgia ocular que ela precisou fazer em decorrência de um grava acidente. Apesar de possuir um estilo muito característico e inovador, ela ainda não se considera fotógrafa e diz que usa sua arte como meio de expressão.

Cores, formas geométricas e alguns efeitos fazem parte da realidade de Evelyn, que ao site Cultura Inquieta, afirmou que desde criança sempre gostou de transformar as coisas a partir de sua alta criatividade.

Com uma estética conceitual, que une o clássico com o surreal, suas fotos são altamente hipnóticas e, um verdadeiro convite à imaginação!

Apesar da fotógrafa realizar diversos trabalhos para marcas de moda e publicidade, ela não abre mão se seu estilo que segundo ela, “reflete exatamente como eu sou”.

Fotos: Evelyn Bencicova  /fonte via

‘Pensava que era a única pessoa com vitiligo’: Winnie Harlow e a representatividade

A modelo canadense Winnie Harlow é um ícone da representatividade na moda: em 2014 ela participou do programa America’s Next Top Model e desde então desfilou para grifes conhecidíssimas. 

A importância de ter alguém como Winnie estrelando grandes campanhas é simples: se a moda ajudou a perpetuar vários padrões de beleza capazes de abalar as mentes de mulheres mundo afora, ela também é responsável por desconstrui-los. 

A modelo, que começou a manifestar o vitiligo (doença que muda a coloração de alguns pontos da pele) ainda criança e até viu amigas se afastarem dela durante a infância, deu uma entrevista à Marie Claire em que deixou claro como a representatividade é importante. 

“Quando era jovem, não sabia nada sobre moda, mas, definitivamente, não me via representada em nenhuma campanha. Durante muito tempo pensei que era a única pessoa na Terra com vitiligo”, contou à revista. 

Winnie chegou a abandonar brevemente a escola aos 14 anos por causa das constantes brincadeiras de mal gosto a respeito de sua doença – colegas chegavam a chama-la de ‘vaca’ e ‘zebra’. Hoje, ela é uma modelo de sucesso e fonte de inspiração para jovens do mundo todo que também precisam enfrentar padrões para terem sua beleza reconhecida. 

Imagens: Reprodução/Instagram/fonte:via

O mediterrâneo e seus incríveis tons de azul vistos de cima

Alguém disse uma vez que todos os azuis do universo repousam no Mediterrâneo, nosso mar celestial. Testemunha do início de nossa civilização, o Mediterrâneo banhou nossa cultura e modo de vida com luz.

É por isso que o fotógrafo alemão Tom Hegen, com a câmera e a perspectiva aérea nas mãos, nos convida a passear por suas águas cristalinas, suas enseadas de beleza infinita e suas praias de areia e pedra cheias de história. Uma delícia de série fotográfica.

Fotos: Tom Hegen/fonte:via

Série de fotos de cavalos da Islândia que mais parecem um conto de fadas

A neve e o gelo sempre tiveram uma qualidade mística e talvez seja isso mesmo que faça da Islândia um destino tão cativante. O fotógrafo e cineasta Drew Doggett, de Nova York, conseguiu capturar um pouco dessa magia em sua nova série de fotos “No Reino das Lendas”, onde destacou “a relação única entre essa terra e os cavalos”.

Esta foi a primeira vez de Doggett na Islândia, mas o fotógrafo já percorreu boa parte do mundo procurando locais incomuns. “Durante todo o meu trabalho, acho que sou consistentemente atraído para lugares na Terra que são quase impossíveis”, disse ele ao Bored Panda. “A Islândia é um lugar surreal e os cavalos são os companheiros perfeitos para esta terra incomum, mas de tirar o fôlego. A combinação dos dois é verdadeiramente inesquecível”.

Mas não foi apenas o cenário que levou o artista à região gelada. “De muitas maneiras, fui atraído pela Islândia (e minha carreira fotográfica) por conta do meu interesse por aventura – coisa que eu tenho desde criança. Vinte Mil Léguas Submarinas, de Júlio Verne, foi um dos muitos livros que li e reli, sabendo que eu queria aventura em minha própria vida um dia”, explicou Doggett.

Capturar contos de fada em fotos não é tarefa fácil. O fotógrafo disse que passou meses planejando as filmagens de duas semanas, mas encontrou vários desafios. “Além dos desafios inatos de documentar animais, a imprevisibilidade do clima da Islândia foi o aspecto mais desafiador da criação desta série… Eu tive que aproveitar o melhor de todas as oportunidades na minha frente, porque não demoraria muito para que a chuva caísse ou o vento fosse tão forte a ponto de nós precisarmos encontrar abrigo”.

Depois de ver as fotos, fica claro que o trabalho duro de Doggett foi recompensado. Role para baixo para ver as fotos encantadoras de “In the Realm of Legends”:

Confira também o vídeo da série:

Fotos: Drew Doggett/fonte:via

Garotinha nigeriana deixou todo mundo boquiaberto com sua beleza

Depois de conhecer o fotógrafo Mofe Bamuyiwa, especializado em retratar a beleza de pessoas negras, a vida da jovem Jare se transformou. Natural da Nigéria, país da África Ocidental, a garotinha de cinco anos está sendo considerada ‘a mais bela do mundo’.

Ao todo foram postados três retratos da pequena nigeriana. Sem muito luxo, ou excesso de maquiagem, pois a ideia era justamente ressaltar seus atributos naturais. Claro, respeitando a idade da criança.  

O fato de todo mundo se impressionar reforça a necessidade do rompimento com estereótipos históricos. No caso de Jare, o que chamou a atenção foi justamente esta quebra.

Ao se apresentar com cabelos crespos, livres de química e com uma produção realçando a beleza negra, a jovem conquistou a todos. “Ah sim, ela é humana! Ela também é um anjo!”, Mofe escreveu.

Ficou interessado? Conheça melhor o trabalho do fotógrafo Mofe Bamuyiwa.

Foto: Reprodução/Instagram/fonte:via