Fotógrafo de casamentos revela truque ridiculamente simples para fotos espetaculares

Há alguns anos, o fotógrafo brasileiro Hugo Carneiro viu uma de suas criações viralizar na internet. A foto transformava uma poça d’água na paisagem perfeita para um registro de casamento – e mostrou para todos o que as habilidades de um bom fotógrafo podem fazer.

Quem não tem poças, pode muito bem conseguir o efeito de reflexo com outro item simples que qualquer pessoa costuma ter por perto: um smartphone. É esse o truque revelado pelo fotógrafo Mathias Fast, que trabalha há seis anos com fotografias de casamento.

Em uma entrevista ao site Bored Panda, Mathias revelou como descobriu o efeito em um casamento: “As madrinhas tinham deixado seus telefones na mesa e eu vi os reflexos que eles criavam. Percebi que, com o ângulo e a distância certos, eu poderia incorporar os reflexos em uma fotografia ao mesmo tempo em que disfarçava o fato de que eles vinham de um telefone“, contou, adicionando que está longe de ser o primeiro a usar esse truque.

Mathias diz que o efeito não se limita ao uso do reflexo dos smartphones. Na verdade, qualquer superfície que reflita a luz pode ser usada com o mesmo objetivo. Bancadas de cozinha, janelas e até a superfície do seu relógio já foram utilizados como uma forma de refletir a luz em cena. O resultado é um efeito mágico que deixa qualquer pessoa com vontade de descobrir o que há por trás da composição.

Vem ver!

Fotos © Mathias Fast /fonte:via

‘Ou eles ou eu’: ela largou o marido para ficar com seus 30 cães

Depois de 25 anos de casada, Liz Haslam recebeu do marido um ultimato: ela deveria escolher entre ficar com ele ou com seus 30 cães.

Aos 49 anos, ela se separou, mas continua em ótima companhia.

De acordo com o site Bored Panda, que conta a história do casal, a família de Liz sempre foi apaixonada por animais. Sua mãe tem uma criação de cães da raça West Highland White Terrier e seu pai gerencia uma empresa de comida para cachorros.

Liz conheceu Mike quando tinha 16 anos e se casou algum tempo depois. Quando os dois se mudaram para uma casa com meio acre de terra, ela decidiu começar um canil.

Outro de seus projetos também envolvia animais: o BedforBullies resgata cães da raça Bull terrier com problemas comportamentais ou de saúde e que, portanto, não seriam acolhidos por outras instituições. Hoje, são 30 animais sob seus cuidados, muitos deles com necessidades especiais.

Ironicamente, apesar de oferecer um teto para tantos peludos, Liz está prestes a ficar sem ter onde viver. A casa em que vive e gerencia tanto seu negócio quanto o abrigo para cães é alugada e o proprietário solicitou que o imóvel seja devolvido dentro de um ano.

Como o BedforBullies é mantido unicamente com doações, segundo o SWNS, Liz está com dificuldades para encontrar um novo lugar para viver, mas não se arrepende de suas escolhas. “Eu escolhi fazer isso, é o que eu amo“, disse em entrevista.

Fotos: Liz Haslam /fonte:via

Madrinhas usam cores da bandeira LGBT em casamento de noivos brasileiros

Quer coisa mais bonita que um grupo de pessoas se unindo para celebrar o amor de um casal? Casamentos são sempre especiais, mas as madrinhas de Helivelton Morozesky e Victor Grolla, moradores de Vitória (ES), deram um jeito de fazer a cerimônia deles ainda mais bacana.

Os dois tinham a união estável registrada em cartório desde 2012, mas só neste ano foram ao cartório para registrar o casamento no civil, e no começo de junho fizeram a cerimônia com amigos e família. A história foi contada pelo Razões Para Acreditar.

As sete madrinhas de Helivelton e Victor decidiram usar vestidos nas cores do arco-íris para homenagear não apenas o casal, mas toda a comunidade LGBTQ+. Aliás, coincidentemente, a cerimônia foi realizada no mesmo fim de semana da Parada Gay de São Paulo, quando mais de um milhão de pessoas se reuniram para celebrar o Orgulho LGBTQ+ e exigir respeito.

“É possível, acredite! Não se esconda, case sim, faça festa, convide as pessoas que vocês amam. Foram tantas lágrimas de emoção, risos, danças, que vale a pena acreditar!”, afirma o recém-casado Helivelton.

Como o casamento rolou há menos de uma semana, as fotos profissionais ainda não foram disponibilizadas, mas as imagens feitas por amigos são um ótimo aperitivo!

Fotos: Reprodução/Arquivo pessoal/fonte:via

As 15 fotos de noivado mais criativas de 2018 até agora

Todo ano, o site Juneburg Weddings seleciona as 50 fotos de celebrações de noivados mais bonitos do mundo. O site realiza concursos de fotografia nos últimos nove anos e o deste ano recebeu quase 6.000 inscrições de imagens de fotógrafos de todo o mundo.

Quem julga as fotos selecionadas são fotógrafos profissionais da indústria de casamentos, como Helena e Laurent, Don + Helen e Kristen Marie Parker.

“Com a ajuda do nosso talentoso painel de jurados, pudemos organizar uma coleção de fotos incrivelmente inspiradora para o concurso deste ano. Estamos muito felizes em compartilhar essas imagens com o mundo e esperamos que as pessoas em todos os lugares se apaixonem por essa coleção tanto quanto nós”, disse Carrie Schwab, gerente geral e editora-chefe da Junebug Weddings.

Junebug Weddings é um site de casamento internacional que inspira casais artísticos em todo o mundo, conectando-os aos melhores fornecedores de sua região. Como líder na indústria do casamento, a Junebug faz a curadoria dessas coleções de imagens para celebrar a arte da fotografia de casamento. Além de melhores fotos de noivado, o Junebug realiza concurso de melhores fotos de casamento a cada inverno e concurso de melhor fotografia de destino no verão.

Veja algumas das nossas fotos selecionadas no concurso de melhor foto de noivado deste ano:

Imagens: Junebug Weddings/fonte:via

Câncer volta, se espalha, mas ela mantém data do casamento: ‘Foco é amar a vida’

Laurin Long e Michael Bank não deixariam o câncer mandar na data do casamento deles. Alguns meses atrás, os médicos avisaram que haviam chances dela estar com tubo oxigênio ou mesmo dela não poder andar sozinha. Sua doença havia sido vencida há mais de dois anos, mas de repente voltou quando o casal estava planejando a vida juntos.

“Mude sua data de casamento”, os médicos aconselharam. Mas o dia 24 de março era muito especial para ser deixado de lado – foi o dia em que Laurin e Michael se conheceram. Mudar isso seria como ceder ao câncer e desistir. Então os dois encararam o desafio.

Laurin e Michael conseguem se casar, como planejado

“Decidimos que em 24 de março, qualquer que fosse a condição em que eu estava, nós faríamos”, disse Laurin ao site Today. “Ela é incrível. Temos nos concentrado em amar uns aos outros e amar a vida”, acrescentou Michael.

O casal, que mora em Columbia, na Carolina do Sul, se casou como sempre planejou. A noiva estava andando pelo corredor e depois dançando com o marido – energia que ela credita ao tratamento “muito intenso” que está recebendo como parte de um teste clínico que combate o câncer, mas também fazendo seu cabelo cair e causando outros efeitos colaterais.

O casal caminha feliz durante o casamento

A História

O casal se conheceu em um site de namoro no dia 24 de março de 2015. Na época, Laurin já estava lutando contra o câncer de mama, diagnosticado pouco antes dela completar 26 anos. Ela passou por quimioterapia, mastectomia dupla e seis semanas de radiação.

Para celebrar o fim do tratamento, Laurin fez um ensaio fotográfico onde aparecia com a cabeça careca e luvas de boxe cor-de-rosa. Ela usou essas fotos para seu perfil no site namoro, o que deixou Michael, dono de uma escola de karatê, intrigado.

“Apenas o fato de que ela estava sorrindo em meio a tudo o que estava acontecendo e disposta a se colocar lá fora – eu pensei que ela era alguém que tinha amor pela vida”, lembrou ele. “Eu continuei voltando e olhando as fotos”, conta. Ele mandou então uma mensagem e eles tiveram um encontro no café no dia seguinte.

Ambos eram apaixonados por viagens e aventuras. E havia muito para comemorar: os testes mostraram que Laurin não tinha resquícios da doença.

O casal celebra e acredita na vida

Ainda assim, quando Laurin e Michael se apaixonaram, permaneceram atentos. O câncer já havia devastado a família de Laurin: sua mãe morreu de câncer no pâncreas quando ela tinha 17 anos e seu pai morreu de câncer de cólon quando ela tinha 22.

“Nós nos concentramos em fazer aventuras incríveis e viajar, sabendo que havia uma chance de que isso pudesse voltar”, disse Michael. Eles fizeram um cruzeiro para as Bahamas, passaram as férias em Cancun e viajaram por todo o país.

Em agosto de 2017, Laurin começou a sentir fortes dores nas costas e acabou num pronto socorro. Os médicos pensaram que eram apenas espasmos musculares e receitaram relaxantes musculares e analgésicos, mas ela sentia como se seus ossos estivessem quebrando. Depois de uma série de exames, descobriram que o câncer de mama havia voltado, espalhando-se por seus ossos e fígado.

“Ficamos apavorados”, disse Michael. Foi quando os médicos começaram a sugerir que eles adiassem a data do 24 de março, mas o casal ficou firme, não deixando o medo mudar seus planos. Laurin começou uma nova sessão de quimioterapia, mas, em dezembro, recebeu a notícia de que o tumor tinha se espalhado para seus pulmões. Sua única opção, então, era participar de um teste clínico agressivo. Assim, exames começaram a mostrar que os tumores estavam diminuindo.

A jovem compartilhou as boas novas com os amigos: “A médica entrou hoje e perguntou como nós estávamos. Nós respondemos que bem e ela respondeu ‘ótimo, vamos deixá-lo ainda melhor!’. Eu sabia que nós iríamos receber ótimas notícias. Os exames chegaram… os dois tumores são diminuindo. O restante dos melanomas metastáticos estão pequenos demais para serem medidos e estão estáveis. O teste está funcionando”.

O casal não se arrepende de ter mantido a data: “Esperamos pelo casamento e fizemos tudo nos nossos termos“, conta a noiva. A partir de agora eles pretendem continuar fazendo o que amam: viajar! “Nós continuaremos vivendo, viajando e fazendo o que queremos dentro do possível. Nós decidimos que sempre focaremos na qualidade e não na quantidade“, disse Michael.

Laurin segurando o retrato de sua mãe

 

Fotos: Tiffany Ellis Photography/fonte:[via]

Estas fotos de casamentos russos são mais um indício de que a Copa esse ano promete

Ano de Copa do Mundo é realmente especial. Mesmo que você não goste de futebol não pode negar que de quatro em quatro anos dá pra conhecer tanta coisa bacana sobre culturas de nações diferentes. Agora, imaginem quando país-sede é a Rússia?

Mais de 14 mil quilômetros distante do Brasil, a gélida Rússia é pouco conhecida deste lado do planeta. Aliás, muitos brasileiros estão cientes apenas de que se trata de um dos países mais frios do mundo.

Fato também é que os russos são um dos povos com hábitos mais excêntricos que existem. Agora, um ensaio fotográfico feito por noivos vai deixar a família tradicional brasileira em pânico. Enquanto no Ocidente a união é tratada com pompa, emoção e gira ao redor do romance e amor eterno, na Rússia o lance é ser criativo e por que não bizarro? Com um pouco de photoshop todo mundo pode criar.

 

Fotos: Reprodução/fonte:[via]

Ela fez um ensaio de casamento com o avô de 87 anos com medo que ele não vivesse para vê-la casar

Se em parte as cerimônias de casamento existem para que se possa celebrar e oficializar o amor, por outro lado as festas também acontecem para que familiares e amigos, aqueles que amam o casal, possam se reunir e construir uma bonita coleção de memórias de um momento tão importante. O tempo, no entanto, é quem dita tal reunião, e muitas vezes algumas das mais amadas pessoas acabam não se fazendo presentes em tais celebrações.

Para evitar que seu querido avô não pudesse realizar o grande sonho de estar presente nas memórias do casamento de sua neta por conta de sua idade avançada, a chinesa Fu Xuewei decidiu antecipar um pouco as coisas e, mesmo sem noivo ou mesmo planos de se casar em breve, ela colocou um vestido de noiva e protagonizou um ensaio de casamento ao lado de seu avô.

Aos 87 anos, Fu Qiquan está bastante doente, e sonhava em entrar na igreja com a neta, mas temia que não vivesse para ver tal momento.

Hoje com 25 anos, Fu Xuewei foi criada pelos avós, que se tornaram seus grandes amigos de vida – de tal forma que ela tem o rosto do avô tatuado no braço.

As fotos obviamente viralizaram assim que foram postadas na internet, e retratam perfeitamente o amor em mais uma de suas muitas formas – pela gratidão, o afeto, a vida vivida, e a construção de memórias que, para além de qualquer cerimônia oficial, serão guardadas nos corações para sempre.

 

© fotos: Fu Xuewei/Divulgação/fonte:[via]