Série de fotos de cavalos da Islândia que mais parecem um conto de fadas

A neve e o gelo sempre tiveram uma qualidade mística e talvez seja isso mesmo que faça da Islândia um destino tão cativante. O fotógrafo e cineasta Drew Doggett, de Nova York, conseguiu capturar um pouco dessa magia em sua nova série de fotos “No Reino das Lendas”, onde destacou “a relação única entre essa terra e os cavalos”.

Esta foi a primeira vez de Doggett na Islândia, mas o fotógrafo já percorreu boa parte do mundo procurando locais incomuns. “Durante todo o meu trabalho, acho que sou consistentemente atraído para lugares na Terra que são quase impossíveis”, disse ele ao Bored Panda. “A Islândia é um lugar surreal e os cavalos são os companheiros perfeitos para esta terra incomum, mas de tirar o fôlego. A combinação dos dois é verdadeiramente inesquecível”.

Mas não foi apenas o cenário que levou o artista à região gelada. “De muitas maneiras, fui atraído pela Islândia (e minha carreira fotográfica) por conta do meu interesse por aventura – coisa que eu tenho desde criança. Vinte Mil Léguas Submarinas, de Júlio Verne, foi um dos muitos livros que li e reli, sabendo que eu queria aventura em minha própria vida um dia”, explicou Doggett.

Capturar contos de fada em fotos não é tarefa fácil. O fotógrafo disse que passou meses planejando as filmagens de duas semanas, mas encontrou vários desafios. “Além dos desafios inatos de documentar animais, a imprevisibilidade do clima da Islândia foi o aspecto mais desafiador da criação desta série… Eu tive que aproveitar o melhor de todas as oportunidades na minha frente, porque não demoraria muito para que a chuva caísse ou o vento fosse tão forte a ponto de nós precisarmos encontrar abrigo”.

Depois de ver as fotos, fica claro que o trabalho duro de Doggett foi recompensado. Role para baixo para ver as fotos encantadoras de “In the Realm of Legends”:

Confira também o vídeo da série:

Fotos: Drew Doggett/fonte:via

O emocionante reencontro destes casal de cavalos selvagem ‘grávidos’ após separação dramática

Podemos não saber exatamente como funcionam os afetos e as sentimentalidades entre os animais – mas não há dúvida que elas existem, e pautam profundamente a saúde e as relações entre os bichos de forma comovente.

Goliath é um garanhão selvagem de 26 anos que vive em Oregon, nos EUA, e que recentemente se viu forçado a se separar de sua companheira, a égua Red Lady, na hora de ser devolvido a uma área de contenção.

Goliath tentou defender sua companheira das forças ambientais do governo, mas não conseguiu: depois de anos vivendo na natureza selvagem com sua família, Goliath estava agora “preso” e sozinho.

Tais aprisionamentos acontecem para liberar mais espaço para o gado bovino e para a mineração, o que muitas vezes pode proteger os animais, mas acaba os separando de seus companheiros e companheiras. Os cavalos então foram enviados para fazendas, para serem adotados, mas a tristeza era evidente: Goliath e Red Lady estavam com seus corações partidos.

Quando foi adotada, a nova dona de Red Lady percebeu não só que ela não queria ser domada, como algo ainda mais impactante: ela estava grávida de Goliath, que havia sido enviado para um santuário até ser vendido. Através de uma campanha, a dona do santuário não só levantou um bom dinheiro para tentar comprar Goliath, como fez essa informação chegar até a mulher que cuidava da égua.

A campanha deu certo, e Goliath e Red Lady se juntaram novamente, em seu novo lar. Seis meses haviam se passado, mas a cena que se sucedeu comoveu a todos: na hora do reencontro, os dois não só correram na direção um do outro, como o garanhão imediatamente colocou seu nariz na barriga de Red Lady – como se soubesse que ela carregava seu filhote – como mostra esse vídeo.

O filho nascerá por volta de abril ou maio e, depois de muito esforço, com o pai e a mãe ao seu lado.

 

© fotos: reprodução/Pat Doak/fonte:[via]

AS 42 MAIS INTERESSANTES CURIOSIDADES SOBRE O CAVALO

O projeto desenvolvido por Fabuloso Mundo De Evis,que conta lendas dos tempos antigos sobre cavalos,e o novo  método de doma , chamado Doma Rancional ou Join up – consiste em domar o cavalo segundo o instinto do próprio, sem precisar bater machucar e nada. Tem a doma índia  famosa na america do sul,  foi criada a partir de como os índios lidavam com os cavalos.

E algumas curiosidades e realidades vívidas por esses  animais que são tão inteligente e conseguem se adaptar com muita facilidade em ambiente não muito tocado pelo homem, como por exemplo a nevasca nesse caso os cavalos da neve tem grandes facilidades,sol forte e terrenos de difícil acesso ,os cavalos são seres sensacionais e sempre foram carregados de misticismo antigo.

Falam que o espirito d’oeste americano é um cavalo que vive a cavalgar sempre carregando a liberdade.Veja abaixo algumas das 42 curiosidades sobre eles.

 
https://i2.wp.com/cavalos.animais.info/Imagens/cavalos-arabe.jpg

O cavalo é um mamífero do gênero Equus e espécie Equus ferus.Além do cavalo, os equídeos mais conhecidos são o jumento e a zebra.

https://i0.wp.com/www.brasilhipismo.com.br/wp-content/uploads/2013/07/GunnerBoy13.jpg

A mula é um híbrido entre a égua e o jumento. Na verdade, os filhotes fêmeas são chamados de mulas e os machos, de burros.

https://i0.wp.com/www.hipismoeco.com.br/blog/wp-content/uploads/2013/11/victory2.jpg

A denominação para o cavalo macho é garanhão; para a fêmea, égua; para o filhote, potro.

https://i2.wp.com/www.racas-cavalos.com/Imagens/cavalos-appaloosa.jpg

A palavra cavalo veio do latim caballus.Equus significa “veloz” em grego.

https://i0.wp.com/www.animais.info/1920x1080/fundos-de-cavalos.jpg

Um dos antepassados do cavalo é um pequeno animal extinto chamado mesohippus (“meio cavalo”). O mesohippus viveu há cerca de 40 milhões de anos.

https://i2.wp.com/www.vortexmag.net/wp-content/uploads/2015/04/Troubadour_11.jpg

Acredita-se que os primeiros cavalos tenham sido domesticados em 6 000 antes de Cristo, ou até mesmo antes disso.

https://i2.wp.com/www.acrissul.com.br/upload/noticia/1429276771.jpg

Assim como a dos elefantes, a sociedade dos cavalos (afinal, trata-se de um animal que vive em grupo) é matriarcal.

https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/736x/96/14/22/9614226be77ac10f4a8b4b904d99a43e.jpg

A gestação da égua dura 336 dias (que dão exatos 11 meses) o que a torna mais longa do que a humana.

https://vivimetaliun.files.wordpress.com/2016/03/f1ce7-cavalos.jpg

Os potros conseguem se sustentar nas duas pernas (diga-se, ficar em pé) apenas duas horas depois de nascidos.

https://i2.wp.com/s2.glbimg.com/6tIAfLwI-G1YVSXODxO-qzZvNsc=/top/i.glbimg.com/og/ig/infoglobo1/f/original/2016/03/09/cavalos.jpg

Cavalos tem excelente memória. Eles são capazes de reconhecer uma pessoa anos depois de tê-la visto pela última vez.

Os cavalos vivem em média 30 anos – embora tenham sido registrados indivíduos com até 40 anos.

https://i2.wp.com/s2.glbimg.com/6tIAfLwI-G1YVSXODxO-qzZvNsc=/top/i.glbimg.com/og/ig/infoglobo1/f/original/2016/03/09/cavalos.jpg

Você sabia que é possível determinar a idade de um cavalo observando seus dentes?

https://i2.wp.com/imagens.mundoentrepatas.com/imagenes/fundos-de-ecra-cavalo-2.jpg

Um cavalo bebe em torno de 50 litros de água por dia.

https://i2.wp.com/www.scrapsdinamicos.com.br/imagens/imagens-imagens-de-cavalos-40.jpg

Ainda existem cavalos selvagens? Sim, em diversas partes do mundo. E primitivos? Sim, mas a única espécie sobrevivente de equídeo primitiva é o cavalo-de-przewalsky.

https://i1.wp.com/www.downloadswallpapers.com/wallpapers/2013/setembro/Papel-de-Parede-cavalo-na-neve-36122.jpg

Outra raça de cavalo selvagem primitiva é o tarpan (que afirmam ser antepassado dos cavalos árabes). Infelizmente, o último tarpan desapareceu da natureza por volta do ano de 1 850.

https://i2.wp.com/www.quaggaproject.org/_img/rau-quagga.jpg

A segunda espécie selvagem – mas nem tão primitiva assim, devido à sua semelhança com a zebra – a desaparecer da natureza foi o quagga. O quagga era um animal exótico, com corpo de mula e pescoço e cabeça listrados como a zebra. O último exemplar foi caçado em 1 878.

https://i1.wp.com/www.imagenswiki.com/Uploads/imagenswiki.com/Resolucoes/4425-800x600.jpg

Existem mais de 300 raças de pôneis e cavalos.

https://vivimetaliun.files.wordpress.com/2016/03/97a5a-cavalocomendo.jpg

As raças de cavalos mais valorizadas são: quarto de milha, puro sangue inglês, appalooza, percheron, paint horse, lusitano, mustang, andaluz, galloway, frísio, shire, bretão e árabe.

https://i0.wp.com/cavalos.mundoentrepatas.com/imagenes/cavalo-mustang.jpg

As raças brasileiras: mangalarga, pampa, campolina e crioulo.

https://i1.wp.com/static.noticiasaominuto.com/stockimages/1370x587/naom_56434fcdefd65.jpg

A raça mais antiga é a árabe. Só para se ter uma ideia, a árabe já era conhecida dos antigos egípcios. Acredita-se que seja a precursora de todas as raças modernas.

https://i1.wp.com/a407.idata.over-blog.com/3/02/02/43/Chevaux/knapstrupper-jument-et-poulain.jpg

A raça mais veloz é o puro sangue inglês, que chega a atingir 80 quilômetros por hora. Acredite se quiser, mas ele é capaz de fazer 400 metros em apenas 20 segundos.

Uma curiosidade: o nome mangalarga advém do nome da fazenda onde essa raça começou a ser criada.

https://vivimetaliun.files.wordpress.com/2016/03/68b1d-cinza.jpg

Você sabe como é chamada a fobia a cavalos? Equinofobia ou hipofobia.

https://pedemacarrao.files.wordpress.com/2014/05/104275_papel-de-parede-cavalo-correndo_1600x1200.jpg

Uma das bebidas típicas do interior do Quirguistão e outros países da Ásia Central é uma bebida fermentada à base de leite de égua.

https://vivimetaliun.files.wordpress.com/2016/03/a0200-appaloosa.jpg

Sabia que existiu uma deusa galo-romana protetora dos cavalos, mulas e burros? A tal deusa se chamava Epona e era, principalmente, uma deusa da fertilidade. Epona costumava ser representada montada num cavalo.

https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/736x/58/f4/60/58f46029fedb78d36cc6c5eccccf839d.jpg

Os gregos diziam que o cavalo brotou da terra por obra do tridente do deus Netuno.

https://i1.wp.com/s6.postimg.org/itn2ek2i9/akhal_teke_ahal_teke.jpg

Os cavalos mais famosos da história são: Bucéfalo (cavalo de Alexandre Magno) e Incitatus (do imperador romano Calígula).

https://i0.wp.com/dacorakhalteke.com/uploads/h_photos/2486_1318880001.96.jpg

Alexandre, o Grande fundou uma cidade em homenagem a seu cavalo Bucéfalo. O nome da tal cidade? Bucéfala, obviamente.

https://i0.wp.com/media.mnn.com/assets/images/2015/01/horse-breeds.jpg.653x0_q80_crop-smart.jpg

Incitatus, cavalo do imperador Calígula, tinha dezoito criados pessoais e dormia no meio de mantas púrpuras. Conta-se que a obsessão de Calígula por seu cavalo era tamanha que ele quis elegê-lo cônsul.

https://hipologando.files.wordpress.com/2015/06/c3a9guas-focinho-contente-1239711708_67.jpg

Uma das figuras mais emblemáticas do período medieval é a do cavaleiro. Os cavaleiros geralmente pertenciam à nobreza. Começavam a ser iniciados aos 7 anos e aos 10, começavam a servir aos senhores “feudais”. O reconhecimento como cavaleiro só acontecia aos 20 anos. O ritual da sagração ocorria num combate simulado durante uma festa. Durante as cruzadas, os cavaleiros se transformaram em defensores da fé contra infiéis e hereges.

https://i0.wp.com/photos.nasza-klasa.pl/47847854/8839/main/9960a7a735.jpeg

Segundo o Islã o profeta Maomé ascendeu aos céus montado num cavalo.

https://i0.wp.com/40.media.tumblr.com/a508f3525c9e39ecf16c79206fe7a6ef/tumblr_nq5dwjksZr1rrmm4jo2_1280.jpg

Os cavalos mais famosos da ficção são: Trigger (cavalo do cowboy Roy Rogers) e Tornado (do justiceiro Zorro).

https://c2.staticflickr.com/4/3126/2793340728_48ec419322.jpg

Apesar de ainda ser tabu no Brasil, a carne de cavalo é consumida em diversos lugares, principalmente China e países da Europa. Detalhe: o Brasil é o terceiro maior produtor mundial de carne de cavalo.

https://i1.wp.com/dacorakhalteke.com/uploads/h_photos/2613_1318878858.38.jpg

Os cortes mais comuns de cavalo são lagarto, filé mignon, contrafilé, patinho, peito, alcatra e peixinho. Devido à conformação do animal, não existe picanha e cupim.

 

Você sabia que existe sushi de cavalo? Apesar de ser um tanto adocicada e mais difícil de mastigar, a carne de cavalo é servida crua em diversos restaurantes mundo afora, principalmente no Japão.

https://i2.wp.com/iskamdaznam.com/wp-content/uploads/2015/06/tumblr_llo5of1fUT1qkoatso1_1280.jpg

Chamados de esportes equestres, os principais esportes praticados com cavalos são: corrida, adestramento (conhecido como dressage), polo, enduro e salto.

https://i1.wp.com/www.solaris-sport-horses.co.uk/img/mcjonnas04.jpg

Narinas: Bem, as narinas dos cavalos servem para captar o cheiro das coisas e também para emitir barulhos, sejam eles para espantar uma presa ou alertar o seu grupo a uma possível ameaça. Em muitos casos que fazemos movimentos repentinos perto de nossos animais, conseguimos ver o animal emitir um som tipo de um ronco para nós, e assim nos mostrando que ele se assustou que aquilo pode ser uma ameaça a ele.

Pelos sensoriais: Como dito a cima, os cavalos possuem pontos cegos, e para eliminar esses pontos cegos eles necessitam mexer a cabeça, mudando o ângulo e direcionando ao ponto que querem observar. É dessa maneira que seus pelos ajudam, eles limitam os movimentos dos cavalos, pois toda vez que tocado em algo, o cavalo se situa e desvia do obstáculo. É muito comum, em cavalos domesticados, de esses pelos ou barbas serem aparados. Em locais já conhecidos pelos animais não há problema, porém caso ele seja remanejado para algum lugar desconhecido, pode acabar batendo em algum lugar que não enxergou. Esses pelos são grossos e ficam localizados a frente dos olhos, na parte inferior da cabeça e ao redor de seu focinho, lábios e narinas.

https://i1.wp.com/cavalos.mundoentrepatas.com/imagenes/cavalo-branco.jpg

Google imagens