Artista utiliza Photoshop para fazer as montagens mais surreais do mundo com gatos

gato photoshop 10

O mundo pode ser dividido entre aqueles que preferem cachorros ou gatos, porém a artista Audrey Balčiauskas, utiliza o amor que sente pelos gatinhos de maneira criativa e bem humorada, a partir de muito Photoshop, que ela domina como ninguém. De dia ela trabalha com design industrial, porém tem aproveitado suas noites para fazer as manipulações de imagem mais malucas que você verá hoje.

gato photoshop 1

Ela, que se autodefine como uma artista SnapCat, utiliza seus próprios felinos – Oskar, Maya e Louie para fazer suas criações artísticas, que já atraíram mais de 20 mil seguidores em seu Instagram.

gato photoshop 2

Tudo começou há 5 anos, quando ela começou a fazer algumas edições malucas utilizando o Snapchat e, com o tempo, acabou evoluindo para o Photoshop, que oferece mais opções e ferramentas de edição, dando um resultado muito mais profissional. Seus gatos já foram transformados em coelhos, pássaros, esquilos, chapéus e, até no cachecol de Britney Spears!

gato photoshop 5

gato photoshop 6

gato photoshop 7

gato photoshop 9

gato photoshop 10

Fotos: Audrey Balčiauskas /fonte:via

The Weather Channel se supera novamente com efeitos artificiais aterrorizantes

Resultado de imagem para The Weather Channel se supera novamente com efeitos artificiais aterrorizantes

Não faz muito tempo que o The Weather Channel surpreendeu aos espectadores ao mostrar os efeitos de um furacão recriados em 3D e em tempo real na tela.

Agora, o canal ousa novamente e mostra os riscos de incêndios em áreas naturais, um problema que vem crescendo e já acomete uma área duas vezes maior do que em 1970.

via GIPHY

Embora o clima tenha um papel fundamental neste tipo de desastre, a apresentadora Stephanie Abrams indica que 80% dos incêndios florestais começam devido à atividade humana. Pode ser uma fogueira esquecida que manteve sua brasa ou aquele cigarro que foi jogado no lugar errado (e ainda aceso).

Em pouco tempo, o fogo pode se espalhar e tornar-se quase indetível, destruindo áreas de tamanho equivalente a um campo de futebol a cada segundo.

A produção demonstra os impactos deste tipo de incêndio e mostram como as chamas podem facilmente se propagar a cidades próximas. Ao final, a apresentadora faz um alerta a pessoas que vivem em áreas propensas a desastres ambientais: é importante ter um plano de fuga, pois residentes nessas regiões podem ter apenas algumas horas ou minutos para escapar.

Fotos: Reprodução The Weather Channel/fonte:via

Artista une todos os planetas perfeitamente formando um novo universo incrível

Muitas pessoas se sentem atraídas pela astronomia e pelo mistério que habita fora do planeta Terra, porém o artista norte americano, Steve Gildea, conseguiu transformar sua curiosidade em arte. Misturando pintura a óleo com computação gráfica, sua mais nova série é simplesmente incrível, unindo todos os planetas de forma simétrica, formando um universo único e particular.

Ao desenvolver sua série, Planetary Suite, o artista imaginou como se todos os planetas ficassem perfeitamente alinhados, formando uma nova esfera. Para isso, ele primeiro pintou cada planeta individualmente, em telas separadas. Cada planeta é uma tela individual, medindo 6 metros de altura e pouco mais de um metro de largura.

Depois de finalizar todas as telas, ele abraçou a tecnologia e usou a computação gráfica para cortar cada um e, depois uni-los, perfeitamente alinhados, como se formassem um novo planeta, que é a junção de todos os outros. O resultado não poderia ser mais incrível!

Fotos: Steve Gildea /fonte:via

Como uma mulher nascida em 1815 se tornou a primeira programadora da história

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/a/a4/Ada_Lovelace_portrait.jpg

É só entrar em uma empresa de tecnologia para notar a predominância masculina no setor. As mulheres são apenas 10% dos profissionais de TI, como aponta uma pesquisa apresentada durante o evento Woman in Tech.

Porém, as coisas nem sempre foram assim. Sem a participação feminina, provavelmente a internet seria bem diferente de como a conhecemos hoje.

Uma mulher em especial teve importância fundamental nessa história. Nascida em 1815, Ada Lovelace pode ser considerada a primeira programadora do mundo.

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/8/87/Ada_Lovelace.jpg

Filha de Lord Byron, Ada não ficou tão conhecida quanto seu progenitor, embora suas criações sejam certamente mais reconhecidas hoje em dia do que a obra do poeta. A paixão pelos números veio de sua mãe, que decidiu ensinar à menina matemática desde cedo, para que ela não desenvolvesse as mesmas tendências românticas que o pai, de quem se divorciou, segundo conta uma reportagem do Business Insider.

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/f/f7/Carpenter_portrait_of_Ada_Lovelace_-_detail.png

Com esse conhecimento adquirido em casa, Ada foi se aprofundando em temas relacionados à matemática e às ciências exatas, aprendendo mais sobre estes assuntos de forma autodidata. Mesmo antes de que os computadores existissem, ela foi capaz de desenvolver o equivalente ao primeiro algorítimo da história!

https://i0.wp.com/www.gogmsite.net/_Media/1852-ada-lovelace-at-a-3.jpeg1852 Ada Lovelace at a piano painting in 1852 by Henry Phillips

Embora suas criações tenham sido pouco reconhecidas na época, seu trabalho foi redescoberto por cientistas nos anos 50, quando a era da computação começou a dar seus primeiros passos. Quando perceberam todo o potencial de Ada, seus escritos, que previam exatamente o funcionamento dos computadores da época, foram republicados em 1953, sendo a primeira descrição do que hoje conhecemos como um software – mesmo que o computador só fosse ser criado muitos anos após sua morte.

 

Fotos: Domínio Público

Sem computadores, este professor usa o quadro negro e giz para dar aula de computação

Não é fácil enfrentar uma rotina de trabalho sem a estrutura adequada e certamente ninguém deveria ter que encarar um situação assim. Porém, quando as dificuldades se impõem, a atitude positiva é tudo que temos – e este professor deu uma aula de criatividade para driblar os problemas da escola em que leciona.

Owura Kwadwo Hottish é professor de computação em uma escola rural que não possui computadores, em Gana. Para ensinar aos estudantes como criar um documento de Word, ele desenhou uma tela de computador completa no quadro negro.

Antes de dar aulas, Owura havia estudado artes visuais e colocou o conhecimento em prática para criar um desenho detalhado da tela do Word, permitindo que os alunos visualizassem algo similar à tela de um computador. Na ocasião, ele fotografou seus desenhos e os publicou em sua página do Facebook, explicando a atitude.

https://www.facebook.com/plugins/post.php?href=https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2Fhottish.owura%2Fposts%2F1948212815208114&width=900

Ensinar computação na escola de Gana é muito engraçado. Computação no quadro negro. Eu amo meus estudantes, então eu tenho que fazer o que for para eles entenderem o que eu estou ensinando

Desde a publicação, no dia 15 de fevereiro, a mensagem se tornou viral e foi compartilhada por mais de 450 pessoas. De acordo com o site Bored Panda, o professor recebeu ofertas de doações de notebooks e projetores após a história se tornar conhecida, o que deverá beneficiar a escola e os estudantes. Segundo ele, se as doações funcionarem, será possível até mesmo contribuir com outras escolas que enfrentem os mesmos problemas, o que mostra como uma pequena atitude é capaz de gerar uma verdadeira espiral de gentileza.

Fotos: Reprodução Facebook/fonte:via