Pela primeira vez na China uma mulher foi congelada na tentativa de ser ressuscitada

Pela primeira vez na história chinesa, uma mulher foi congelada por cientistas na tentativa de ser ressuscitada no futuro. O corpo em questão é o de Zhan Wenlian, que faleceu em maio de câncer no pulmão, aos 49 anos.

Seu corpo foi doado para o projeto do Yinfeng Biological Group, em parceria com o Qilu Hospital Shandong University a Alcor Life Extension Foundation, pelo marido, que afirmou ser um desejo do casal contribuir com a ciência e com a sociedade.

“Acredito em tecnologias novas e emergentes, então acho que será completamente possível revivê-la algum dia”, contou ao Mirror. A técnica é conhecida como Criogenia, onde o corpo (já sem vida) é congelado numa submersão de nitrogênio líquido e assim fica até os cientistas descobrirem uma maneira de ressuscitá-lo.

Mais de 250 pessoas em todo o mundo estão congeladas, e mais de 2 mil pessoas vivas que manifestaram esse desejo e estão “aguardando na fila”. Cientistas estimam que em pouco mais de 200 anos a humanidade já terá descoberto técnicas para trazê-las de volta a vida. E você, se tivesse a oportunidade, gostaria de ser congelado? Será que valeria a pena?

Imagens © AsiaWire/fonte:via

Anúncios