Casinha de cachorro sustentável tem teto verde e ventilador movido a energia solar

Seus conceitos sobre o que é uma casinha de cachorro incrível provavelmente irão mudar depois de conhecer esta incrível casa de catíoros sustentável. Desenvolvida pela empresa californiana, Studio Schicketanz, ela possui teto verde com sistema de irrigação, ventilador movido a energia solar e é 100% feita com materiais ecológicos.

Os arquitetos responsáveis criaram esta mansão dos sonhos com o objetivo de ser funcional e sustentável ao mesmo tempo, sem esquecer jamais que o foco são os cachorros. Além de janelinha para que eles possam observar a vida lá fora, ela possui uma espécie de gaveta, onde os donos podem guardar alguns objetos ou até mesmo sacos de ração.

As boas ideias não param por aí! Pensando também em facilitar a vida dos donos, os brilhantes arquitetos desenvolveram um sistema de dreno interno, que fica embutido no chão e ajuda muito na hora de fazer aquela faxina.

Pensando também nos dias de calor, o telhado verde possui um jato de água para refrescar os bichinhos, mas sem desperdício, pois o bebedouro também está conectado a este sistema.

Apaixonou? Nós também! Esta maravilha da arquitetura já está sendo exibida no Concurso Carmel Canine Cottages –  na Califórnia e será leiloada logo depois, com os fundos destinados à Sociedade para a Prevenção da Crueldade contra os Animais (SPCA).

Fotos: Studio Schicketanz  /fonte via

Casa sustentável tem conta de luz de R$ 7,50 por ano

Essa imagem tem um atributo alt vazio; o nome do arquivo é 10star8.jpg

Uma casa na Austrália foi construída para provar como é possível viver em local luxuoso e confortável, sem abrir de nada, mas sem desperdiçar, sem poluir.

E o melhor de tudo: gastando pouco mais de 2,35 dólares (algo em torno de 7,50 reais) em energia por ano.

Desde sua construção, planejada para o mínimo desperdício de luz natural, essa casa de “10 estrelas” é diferente: ao fim da “construção”, ela gerou somente 3 sacos de lixo. Os materiais de sobra foram devidamente reciclados.

Quando pronta, a casa foi equipada com painéis de energia solar no teto, e um enorme galão para se reaproveitar a água da chuva.

Os materiais de sua construção são especiais para aquecerem o interior da casa sem a necessidade de aquecedores – e tudo isso com elegância, conforto e estilo.

Uma casa ecologicamente correta que ainda torna a vida bem mais leve em nossos bolsos.

A ideia é encorajar a construção de mais casas ecológicas, especialmente através desses benefícios em contas de luz – diretamente proporcionais aos benefícios para o planeta – e da beleza da casa de 10 estrelas australiana. Viver melhor e mais barato é um belo projeto para o futuro.

© fotos: divulgação/fonte:via

Hospital usa arte e decoração para ajudar pacientes com problemas de saúde mental






o visitarem um amigo em recuperação em um hospital, o artista Tim A Shaw e a artista e curadora Niamh White se viram diante de um evidente e paradoxal dilema: como um local feito para que as pessoas se curem podia ter uma decoração e um espírito tão frio, duro e deslocado da realidade e de tudo que nos faz bem?

Os hospitais não lhes pareciam um lugar planejado visualmente para que nos curássemos. Eles então propuseram ao diretor da unidade de tratamento psiquiátrico do local para que pudessem repensar visualmente o espaço – inserindo arte e decoração nos cômodos como um estimulo à saúde mental dos pacientes.

Hoje já são diversos os hospitais que foram modificados pelo projeto Hospital Rooms, como foi batizada a iniciativa. O processo é simples porém demorado, e visa a capacidade que a arte possui de criar um impacto positivo na comunidade.

Primeiro eles conhecem a equipe do hospital, depois convidam um artista para ir ao local, planejar uma ideia e executa-la. Depois de pronta, uma série de workshops com pacientes e com a equipe é realizada, para conectar ainda mais os envolvidos com a arte inserida ali.

Ao todo o processo leva cerca de um ano.

No início, era preciso correr atrás tanto dos artistas quanto dos locais. Hoje, tendo realizado já uma série de projetos bem sucedidos – tanto visualmente quanto no impacto sobre os pacientes – a Hospital Rooms possui uma fila de espera, de artistas e instituições, que querem, através da arte, melhorar a vida dos pacientes, e contribuir um pouquinho em seu processo de cura, de forma quente, instigante e estimulante.

© fotos: divulgação/fonte:via

Este apartamento disponível no AirBnb é uma verdadeira cápsula do tempo

Quantas histórias já se passaram dentro de um apartamento que foi construído no fim do século XVIII? Se ele pudesse falar, certamente ouviríamos coisas inimagináveis, porém é possível se aproximar mais de tudo que aconteceu lá dentro, já que ele está disponível no Airbnb. Localizado em plena fervura da cidade de Nova Iorque, no bairro Hudson Square, a James Brown House nos transporta para outro século.

Listado no Registro Nacional de Lugares Históricos, ele é um verdadeiro marco e, recebeu este nome porque pertenceu originalmente ao soldado James Brown, veterano afro-americano que lutou na Revolução americana de 1776. Na época, ele também inaugurou a primeira tabacaria da Nova Iorque, localizada no subsolo do prédio.

Em 1890 um imigrante irlandês o comprou e transformou em uma das primeiras tabernas da cidade e, depois disso, ele viveu mais de um século de histórias. Com quadros centenários, banheiro com pastilha azul clara e móveis que já viram muita coisa, você também pode voltar ao tempo, por pouco mais de 500 reais a noite.

Fotos: Airbnb /fonte:via

Conheça a incrível casa sob rodas, feita de madeira recuperada e movida a energia solar

Há algum tempo a humanidade começou a repensar questões de moradia, estando cada vez mais aberta a conceitos de sustentabilidade e minimalismo. Precisamos mesmo de tanto espaço, vários cômodos, armários e objetos? Quanto menos coisas temos, mais livres poderemos ser e, foi seguindo este princípio que arquitetos da Humble Hand Craft desenvolveram esta mini casa, que pode te levar para qualquer lugar e te ensinar que viver com menos é sinônimo de felicidade.

Com design inovador e rústico, a casa é 100% movida a energia solar, utiliza apenas madeira recuperada e, ainda por cima, possui um deck que pode ser fechado quando ela está em movimento. Nós já exploramos tanto os recursos do planeta, que pensar novas formas de construção é mais do que inovação, é essencial.

A casa foi inspirada nos chalés típicos da montanha, sendo praticamente inteira feita em madeira. Tudo que mais precisamos, caberá lá dentro – o resto é excesso. Confortável e aconchegante, até lareira para os dias de frio ela possui. Sustentável em todos os sentidos!

Conheça o Scribit, o ‘robô grafiteiro’ que faz desenhos e decora paredes

É preciso muita convicção do que se quer fazer para pintar ou desenhar uma imagem ou um texto na parede de sua casa ou de seu negócio. E, uma vez que se começa, voltar atrás é praticamente impossível.

Quer dizer… mais ou menos por aí.

Para quem não quer passar apuros, basta utilizar o Scribit, e todos esses riscos e exigências desaparecem, e o que aparece é uma incrível ilustração feita em sua parede à perfeição e, melhor, que pode ser apagada e substituída.

O aparelho é um “robô grafiteiro”, capaz de reproduzir imagens a partir de um aplicativo em praticamente qualquer superfície vertical.

O Scribit foi inventado pelo professor da MIT Carlo Ratti, e oferece uma solução tão engenhosa e eficaz que seu projeto de financiamento coletivo no Kickstarter alcançou a meta em somente duas horas.

O Scribit é a solução perfeita para, por exemplo, um restaurante que precisa anunciar os pratos do dia, para quem quer escrever frases inspiradoras, decorar o quarto com um desenho do Van Gogh – ou um original criado por você mesmo. O robô permite apagar ou atualizar o desenho quando se quiser.

Sua tecnologia opera ao mesmo tempo com até quatro cores, e basta um par de pregos presos à parede, uma tomada e uma conexão à internet para a mágica acontecer. As superfícies mais indicadas são paredes comuns e vidros, mas o Scribit em princípio imprime sobre qualquer superfície vertical, e o robô vem com 24 cores diferentes para serem utilizadas. Para apagar ele usa o calor – fazendo a tinta simplesmente evaporar.

Não só o resultado final é incrível, mas como mostram as imagens, o próprio robô realizado o desenho já é uma atração e tanto.

A Claro tem vantagens do pré ao pós-pago. Uma rede novinha, com o 4.5G até 10x mais rápido e WhatsApp e ligações Ilimitados. E ainda Passaportes Américas Europa para navegar e falar no exterior como se estivesse no Brasil. E aí, tá dentro?

© fotos: reprodução/fonte:via

Esta casa na árvore na Noruega parece saída de um sonho

Quando pensamos em uma casa na árvore, imaginamos de modo geral algo próximo de uma tenda, ou uma casinha feita de tábuas como nos filmes, sem nada por dentro, para que as crianças possam brincar. Pois essa casa em uma árvore na Noruega, oferecida para ser alugada no site Glamping Hub, atualiza toda e qualquer definição de casa na árvore: ao mesmo tempo minimalista e elegante, com uma espetacular vista para os fiordes noruegueses, trata-se de uma pedida perfeita para se isolar do mundo e se deliciar com a natureza.

Como toda casa na árvore, o espaço é pequeno porém muito bem aproveitado – com uma cama e um colchão, uma rede, banheiro e cozinha compactos, e um espaço com duas confortáveis poltronas e uma mesinha, para admirar a vista. Trata-se do mais próximo que uma casa na árvore, sem perder sua essência, pode chegar de ser um lugar de luxo. O local fica próximo da cidade de Sandane, centro administrativo do município de Gloppen.

O preço, é claro, não é brincadeira de criança, com a diária custando cerca de 250 dólares (algo em torno de R$ 1.000,00). O local oferece diversas atividades ao ar livre, como trilhas, passeios de bike, canoagem, observação de pássaros e muito mais. Se seu plano é fugir de verdade das grandes cidades para o mais longe possível e se deliciar com a natureza (e se seu bolso permitir) nada pode ser mais perfeito do que uma incrível casa na árvore na Noruega.

© fotos: reprodução/fonte:via