As 25 melhores praias do mundo para visitar em 2018, segundo o TripAdvisor

Uma praia no arquipélago de Turks e Caicos, no Caribe, foi nomeada como a melhor do mundo pelo TripAdvisor. Grace Bay, na Ilha de Providenciales, ficou em primeiro lugar no prêmio “Travelers ‘Choice Beach”, no qual os usuários votaram. A praia venceu a concorrência com as praias do Brasil, de Cuba e da Espanha.

A Baía do Sancho, em Fernando de Noronha, ficou em segundo lugar na escolha do público, seguida da Veradero, em Cuba, e da Eagle Beach, em Aruba.

A número 1 nos Estados Unidos é Clearwater Beach, na Flórida, enquanto a Manly Beach é considerada a melhor da Austrália. Quem ficou no pódio de melhor praia da Europa foi a La Concha, em São Sebastião, na Espanha.

O TripAdvisor anuncia os prêmios de melhor praia, segundo os viajantes, a cada ano e eles são baseados na qualidade e quantidade de avaliações e classificações dos usuários reunidas ao longo de um período de 12 meses.

Confira a lista completa das 25 melhores praias de acordo com as avaliações postadas no site:

1. Grace Bay, Ilha de Providenciales, Arquipélago Turks and Caicos, Caribe

Grace Bay, a vencedora da lista, é frequentada por famosos de Hollywood

2. Baía do Sancho, Fernando de Noronha, Brasil

Fernando de Noronha garante a posição do Brasil na lista

3. Varadero Beach, Cuba

A praia de Veradero, em Cuba, pode ser visitada o ano todo, com garantia de sol

4. Eagle Beach, Aruba, Caribe

Eagle Beach é uma linda praia com areia fininha, muita sombra e água muito boa

5. Seven Mile Beach, Ilhas Cayman

Seven Mile Beach é uma praia lindíssima, areia branca e mar turquesa

6. La Concha, San Sebastián, Espanha

Como está no norte da Espanha, a melhor época para visita La Concha é de junho a setembro

7. Clearwater Beach, Flórida, Estados Unidos

Clearwater Beach é uma bela praia que fica no golfo do México, cerca de 140km de Orlando

8. Seven Mile Beach, Jamaica

Tem vários bares ao longo da praia e com preços diversos

9. Bavaro, República Dominicana

Praia calma com areias brancas

10. Playa Norte, Isla Mujeres, México

Ande até o final, até o encontro com o “rio”. Não pare antes!

11. Praia de Elafonissi, Grécia

Água azul piscina, morna e rasa. Excelente para crianças.

12. Praia da Falésia, Olhos de Água, Portugal

Melhor época é entre abril a outubro

13. Fig Tree, Protaras, Chipre

Uma das mais bonitas do Chipre!

14. Bournemouth Beach, Reino Unido

Praia tranquila, extensa e bem familiar

15. Anse Lazio, Ilhas Seychelles

Belíssima praia, fácil de chegar

16. Manly Beach, Sydney, Austrália

Manly Beach, na Austrália

17. Santa Monica State Beach, Santa Monica, Cabo Verde

Paraíso cristalino em Cabo Verde

18. Praia de Agonda, Índia

Na parte esquerda você pode escalar algumas pedras e apreciar a paisagem

19. Kleopatra Beach, Alanya, Turquia

Imaginar que Cleópatra se banhava naquela praia de mar azul e paradisíaca se torna fácil quando se está lá

20. Galapagos Beach at Tortuga Bay, Santa Cruz, Ilhas Galápagos

O arquipélago de Galápagos é deslumbrante

21. Isola dei Conigli, Ilha de Lampedusa, Sicília

Isola dei Conigli

22. Sharm El Luli, Egito

A melhor época para visitar: De maio a outubro

23. Nungwi Beach, Tanzânia

Nungwi Beach

24. Punta Uva Beach, Costa Rica

A melhor época para visitar: De novembro a maio

25. White Beach, Filipinas

Impossível não amar Bora e White Beach

 

Fotos: dailymail.co.uk, David González Romero, SF Brit, Nonosti, kevint3141, Joe de Sousa, Šarūnas-Burdulis, Franco Vannini, PortoBay Hotels Resorts, Parnera Beach Hotel, Alistair Young, Nigel Howe, So Seychelles, Sergei Gussev, Dennis Yang, Maarten Elings, Eric Chan, Lucio Sassi, Vincenzo M, Yone Lerner, Christoffer Undisclosed e Roman Nuritdinov/ fonte:[via]

Esse médico japonês atendeu até os 105 anos e compartilhou 12 de seus princípios para uma vida longa

Para um médico especialista em longevidade, nenhuma apresentação de suas capacidades profissionais pode ser melhor do que sua própria vida – e esse é somente um dos atributos que classificam o médico japonês Shigeaki Hinohara como o mestre e a grande inspiração que foi.

Falecido recentemente aos 105 anos e ainda trabalhando, tendo vivido sua longa vida com saúde mental e física impecáveis, Dr. Shigeaki deixou não só sua história de intensa dedicação a medicina e a cuidados mais humanos com seus pacientes, como algumas dicas concretas para vivermos uma vida boa e longeva como parte de seu legado.

Nascido em 1911, Hinohara se tornou um dos médicos a dedicar mais tempo à saúde e à felicidade de seus pacientes no mundo. E o termo “felicidade” aqui não é usado por acaso: o médico foi um pioneiro no trato mais pessoal e individual dos pacientes e, mesmo depois de sua morte, segue como inspiração para melhorarmos a qualidade de nossas vidas. Não há dúvidas: de vida, Dr. Shigeaki entendia – e por isso, vale lembrar aqui suas 12 mais importantes dicas, retiradas de uma entrevista que o médico deu aos 97 anos.

1. Coma direito

Todo mundo que vive uma longa vida, independentemente de nacionalidade, raça ou gênero, dividem uma coisa em comum: ninguém é acima do peso”.

2. Não pegue atalhos

Para permanecer saudável, sempre suba de escadas e carregue suas próprias coisas. Eu subo de dois em dois degraus, para exercitar meus músculos

3. Redescubra sua energia juvenil

Energia vem de sentir-se bem, não de comer bem ou dormir muito. Todos nos lembramos quando éramos crianças e estávamos nos divertindo, como esquecíamos de comer ou dormir. Eu acredito que podemos manter essa atitude enquanto adultos. É melhor não cansar o corpo com regras demais como hora de comer e hora de dormir”.

4. Mantenha-se ocupado

Sempre se planeje com antecedência. Minha agenda já está completa pelos próximos cinco anos, com palestras e meu trabalho usual, no hospital.”

5. Mantenha-se trabalhando

Não há necessidade de se aposentar jamais, mas se for preciso, deve ser bem mais tarde do que aos 65 anos. Cinquenta anos atrás, haviam somente 125 japoneses com mais de 100 anos. Hoje, são mais de 36 mil”.

6. Siga contribuindo com a sociedade

Depois de uma certa idade, devemos nos esforçar para contribuir com a sociedade. Desde os 65 anos que trabalho como voluntário. Eu ainda trabalho 18 horas, 7 dias por semana e amo cada minuto”.

7. Espalhe seu conhecimento

Divida o que você sabe. Eu dou 150 palestras por ano, algumas para 100 crianças do ensino médio, outras para 4.500 empresários. Eu normalmente falo por uma hora, uma hora e meia, de pé, para permanecer forte”.

8. Entenda o valor de diferentes disciplinas

A ciência sozinha não consegue curar ou ajudar as pessoas. A ciência nos trata a todos como uma coisa só, mas as doenças são individuais. Cada pessoa é única, e as doenças estão conectadas com seus corações. Para entender as doenças e ajudar as pessoas, precisamos de artes livres e visuais, não somente de medicina”.

9. Siga seus instintos

Ao contrário do que se imagine, os médicos não conseguem curar tudo e todos. Então pra quê causar uma dor desnecessária com, por exemplo, uma cirurgia, em certos casos? Eu acho que a música e a terapia animal podem ajudar pessoas mais do que os médicos imaginam

10. Resista ao materialismo

Não enlouqueça pelo acúmulo de coisas materiais. Lembre-se: você não sabe quando será sua vez, e nós não levaremos nada daqui”.

11. Tenha modelos de vida e inspirações

Encontre alguém que te inspire para procurar ir ainda mais longe. Meu pai veio para os EUA estudar em 1900, foi um pioneiro e um dos meus heróis. Mais tarde encontrei outros guias de vida, e quando me sinto paralisado, me pergunto como eles lidariam com o problema”.

12. Não subestime o poder da diversão

A dor é algo misterioso, e divertir-se é a melhor maneira de esquecê-la. Se uma criança está com dor de dentes e você começa a brincar com ela, ela imediatamente esquece a dor. Hospitais precisam oferecer as necessidades básicas dos pacientes: nós todos queremos nos divertir. No St. Luke’s [hospital que dirigiu e trabalhou até o fim da vida] nós temos música, terapia animal e aulas de arte”.

 

© fotos: divulgação/fonte:[via]