Os heróis anônimos que emprestaram seus corpos à luta pelos direitos civis nos EUA

A luta pelos direitos civis nos Estados Unidos partiu de pessoas comuns, como eu e você. Em 1961, indivíduos de todas as etnias decidiram protestar de forma silenciosa pelo direito dos negros a viajar de ônibus, sentados em qualquer lugar do veículo. Na época, as leis em vigor no sul do país definiam que determinados assentos em ônibus interestaduais só poderiam ser usados por pessoas brancas.

Com base na ideia de desobediência civil e protestos não violentos, surgiu o movimento que ficou conhecido como “freedom riders” ou “viajantes da liberdade”. Pessoas negras e brancas viajavam em grupos, com o objetivo de desrespeitar as leis segregacionistas e permitir que viajantes negros pudessem sentar em qualquer lugar do ônibus.

No conservador estado do Missouri, muitos destes ativistas terminaram presos. Alguns dos veículos em que os protestos ocorreram foram também alvos de ataques realizados pela Ku Klux Klan.

O site The Pop History Dig reuniu fotografias destes heróis anônimos ao serem fichados pela polícia e elas são o verdadeiro retrato da luta pelos direitos civis. Vem ver!


fonte:via Fotos via The Pop History Dig

De Luther King a Reagan: 10 retratos impactantes dos EUA que ninguém quer ver

O debate racial e social que hoje parece tomar conta dos EUA não começou naturalmente depois da eleição de Donald Trump para presidente – que simplesmente acendeu da pior forma possível um combustível que já corre pelas veias do país há décadas.

É essa história que a exposição “States of America” (“Estados da América”) pretende contar através de fotografias.

Grandes nomes da fotografia e do fotojornalismo retratam na exposição que percorre o período que teve início quando do movimento pelos direitos civis nos EUA, no início dos anos 1960, até o período do governo Reagan, nos anos 1980.

São três importantes décadas que talharam na história americana as marcas e divisões que levaram o país ao que vive hoje – registrada pelas melhores e mais inclementes lentes.

Não são as tradicionais fotos políticas que conhecemos, mas sim imagens que, ao registrar as pessoas de tais épocas, parecem revelar o espírito do período.

© Nicholas Nixon, 1979 

© William Eggleston, 1968

© Milton Rogovin, 1970

© William Eggleston, 1965

© Stephen Shore, 1977

© Mark Cohen, 1977

© Mark Cohen, 1972

© Lee Friedlander, 1969

© Bill Owens, 1973

© Dawoud Bey, 1976

© fotos: divulgação/Fonte:[ via ]