Jovem fotografa seu rosto todos os dias após passar por reconstrução facial e registra recuperação

Resultado de imagem para Jovem fotografa seu rosto todos os dias após passar por reconstrução facial e registra recuperação

A vida muitas vezes nos pega de surpresa e, por mais doloridas que algumas coisas sejam, no fim das contas tudo acaba sendo um grande aprendizado. Desta vez quem nos ensina é a britânica Jen Taylor, que após descobrir um sério câncer nos ossos no ano passado, teve seu rosto completamente reconstruído. Porém, muitas vezes a saída para a dor é o enfrentamento dela mesma e foi exatamente isso que ela fez, ao registrar seu processo de recuperação.

Sua cirurgia durou cerca de 16 horas e ela precisou tirar parte da mandíbula, de uma bochecha, da órbita ocular e do crânio. Os médicos usaram ossos de sua omoplata e músculos das costas para dar um novo céu da boca à jovem, que depois de uma dolorosa recuperação, precisou reaprender a mastigar.

Os registros foram feitos diariamente e, segundo ela, foi isso que a ajudou a não entrar em desespero, por perceber as pequenas melhoras em seu rosto. Foram semanas de dor e medo, mas compartilhar sua frustração com os outros através de um blog que ela criou na época, a ajudou a superar.

Hoje, os médicos têm quase certeza de que o câncer foi 100% retirado, mas ela precisa fazer diversos exames com bastante frequência. A lição que fica? O importante é estar viva!

Reprodução / Facebook

Fotos: Jen Taylor / arquivo pessoal / BBC/fonte:via

Anúncios

Esse vírus raro e incurável apareceu e está matando pessoas na Índia

Pelo menos nove pessoas morreram em casos ligados a um surto do raro e mortal vírus Nipah, no sul da Índia.O Nipah é considerado um vírus recém-emergente. Os cientistas só descobriram que ele pode ser transmitido de morcegos para outras espécies, incluindo porcos e humanos, nos últimos 20 anos.

A doença é atualmente incurável e pode ser transmitida de pessoa para pessoa também. O vírus causa problemas respiratórios e cerebrais e normalmente é fatal para 40% a 75% dos pacientes infectados durante um surto.

Essas estatísticas indicam que o Nipah tem o potencial de causar uma pandemia mortal, e por isso foi listado como uma prioridade urgente de pesquisa pela Organização Mundial de Saúde, ao lado de outros vírus como ebola e SARS.

Surto atual

Das nove pessoas que morreram até agora na cidade de Kozhikode, em Kerala, três casos de Nipah foram confirmados. Os resultados dos testes das outras seis vítimas ainda não saíram.Pelo menos mais 25 pessoas já foram hospitalizadas.Os sintomas da doença variam dependendo do surto. Muitos pacientes primeiro experimentam febre e dor de cabeça, seguidas por sonolência e confusão. Alguns pacientes também apresentam sintomas respiratórios semelhantes à gripe. Em outros casos, os sintomas podem evoluir para um coma dentro de um dia ou dois.

As pessoas que sobrevivem à infecção inicial podem ter problemas de saúde duradouros, incluindo alterações de personalidade e convulsões persistentes. Em algumas ocorrências, o vírus foi reativado em pacientes meses ou anos após a exposição, causando doença e morte.

Transmissão

O contato próximo com animais ou pessoas doentes pode espalhar a doença – no surto atual, pelo menos uma das pessoas falecidas era uma enfermeira que atendeu pacientes doentes.Um estudo sobre a transmissão do Nipah sugeriu que a saliva dos infectados é o que provavelmente dissemina o vírus.

Por enquanto, a prioridade é identificar os casos restantes de Nipah para garantir que a doença não continue a se espalhar na Índia.

O que aprendemos até agora

O Nipah apareceu pela primeira vez na Malásia em 1998, quando 265 pessoas foram infectadas com uma doença estranha que causou encefalite, ou inflamação do cérebro, depois de entrar em contato com porcos ou pessoas doentes.Nesse surto, 105 pessoas morreram, uma taxa de mortalidade de 40%. Desde então, tem havido uma série de pequenos surtos na Índia e em Bangladesh, com cerca de 280 infecções e 211 mortes – uma taxa média de fatalidade de 75%.

Quando as primeiras infecções saltaram de porcos para humanos, as autoridades mataram mais de um milhão de porcos para tentar impedir a propagação da doença.Desde então, contudo, os pesquisadores identificaram várias espécies de morcegos frugívoros como os hospedeiros naturais do vírus. Por exemplo, seres humanos foram infectados depois de beber seiva de uma palmeira chamada tamareira contaminada por morcegos portadores de Nipah.

No surto mais recente, mangas mordidas por morcegos foram encontradas na casa onde viviam três dos pacientes falecidos.

fonte:via[ScienceAlert]

Morre aos 17 anos o garoto ‘frágil como uma borboleta’ que nos ensinou tanto sobre a vida

“Eu só tenho uma expectativa de vida de 25 anos e já cheguei na metade da minha vida. Isso dá uma perspectiva diferente, pense no que você tem, pense em toda a felicidade a sua volta, pense em todo o amor”.

A frase acima é de Jonathan Pitre, de 17 anos, que vai permanecer imortalizado como um exemplo de perseverança e doçura. Morto em função de uma doença rara de pele, a epidérmolise bolhosa, o jovem canadense emocionou a todos ao dividir momentos de sua vida privada e o convívio com a doença.

Foram centenas de vídeos e registros de sua rotina. Algumas vezes de momentos felizes e conquistas, como idas à escola ou conversas pela internet. Já outros eram de batalhas e dor, especialmente na hora de trocar de roupa ou tomar banho. Mesmo assim, o garoto manteve até o fim uma perspectiva otimista e que tocou o mundo todo.

Ainda sem cura, esta condição genética atinge menos de 17 mil pessoas em todo o mundo e se caracteriza pelo aparecimento de bolhas, especialmente nas áreas de maior atrito e nas mucosas, causando lesões profundas e cicatrizes semelhantes às das queimaduras.

A fragilidade da pele é tamanha, que os vitimados pela patologia são chamados de ‘garotos borboleta’, fazendo alusão à fragilidade das asas do inseto. Jonathan era um destes, mas ao contrário do que se imagina, não sucumbiu e durante toda a sua vida procurou inspirar outras pessoas, além de auxiliar a encontrar uma possível cura ou métodos para amenizar as dores.

Para se ter ideia, o jovem conseguiu arrecadar cerca de $200 mil dólares destinados para o auxílio de pessoas que se encontram nestas mesmas condições. O fato chamou a atenção inclusive do primeiro-ministro do Canadá Justin Trudeau, que ressaltou o heroísmo do garoto durante homenagem.

“Jonathan Pitre foi um herói em todos os sentidos desta palavra. Um lutador corajoso e determinado, que persistiu e enfrentou todas as batalhas, inspirando tanta gente. Meus sentimentos profundos estão com sua mãe Tina e toda sua família”, escreveu em sua conta no Twitter.

Falando ao jornal Ottawa Citizen a mãe de Jonathan, Tina Boileau, revelou as tentativas de encontrar um antibiótico mais forte do que as infecções.  Ela disse ainda que mesmo com a queda da pressão sanguínea o filho ainda estava em bons espíritos.

“As vitórias e obstáculos enfrentados por Johnny se tornaram públicos nos últimos anos fazendo com que muitas pessoas se emocionassem com sua sabedoria. Estou orgulhosa em dizer que você conseguiu meu garoto”, celebrou.

 

Fotos: foto 1: Reprodução/foto 2: Reprodução/YouTube/fonte:[via]

10 imagens ‘antes e depois’ de pessoas que venceram o câncer para voltar a ter fé na vida

Passar por um tratamento de câncer não é tarefa nada fácil. Longe disso. Além de todo o desgaste físico que a doença traz, o paciente precisa ter muita força e determinação, já que precisará superar um enorme desgaste emocional também.

E o site Bored Panda criou uma lista inspiradora com diversos antes e depois de pacientes que foram diagnosticados com câncer e venceram a doença, que é uma das principais causas de mortes no mundo.

Há crianças, adolescentes e adultos. Alguns receberam apenas meses de vida, outros tinham 90% de chances de morrer. Foram tratamentos contra o Câncer de Ovário, Leucemia de Burkitt, Câncer de Rabdomiossarcoma, entre outros. E se tem alguma lição que estas imagens trazem é de que não devemos desistir nunca! Confira abaixo:

1. Primeiro e último dia de aula. Ela deu um chute na bunda do câncer!

 

2. 4 brigas contra o câncer. 4 cirurgias, 55 quimios, 28 radioterapias, e eu sobrevivi.

 

3. 1 ano depois. F***** câncer!

 

4. F***** câncer! Eu venci!

 

5. Hoje eu estou oficialmente 10 anos livre do câncer. Uma foto de antes e depois para mostrar o quão longe eu cheguei. Chutando a bunda do câncer há 10 anos e contando!

 

6. Sofia deu adeus ao câncer 3 anos atrás e continua saudável.

 

7. Rylie, 3 anos, Rheann, 6 anos, Ainsley, 4 anos, recriaram a foto viral tirada três anos atrás. As três venceram e hoje estão livres do câncer.

 

8. Um ano atrás e hoje. Sobrevivi ao Câncer de Rabdomiossarcoma no estágio 4. Com 19 anos, me deram 3 meses de vida. 14 meses depois eu estou livre do câncer.

 

9. Em 99 fui diagnosticado com Leucemia de Burkitt estágio 4. Eu tinha 90% de chances de morrer. Eu e meus pais optamos por um tratamento de quimio experimental e funcionou. Hoje estou há 14 anos livre do câncer!

 

10. Sinto falta do cabelo, não do tumor cerebral. Uma semana livre do câncer!

 

Via © Bored Panda/fonte:via