O incrível conceito de casa-submarino das Terras Altas da Escócia

Imagine uma casa projetada para trazer uma sensação de nostalgia náutica. A obra arquitetônica da Roderick James Architects foi construída em forma de submarino, com revestimento de alumínio permite que a luz banhe seu interior. Com uma visão tão esplêndida e expansiva, esta casa contemplativa é o lugar ideal para refletir e descansar.

A casa está localizada nas Terras Altas da Escócia e é impressionante. Confira as imagens:

Fotos: Roderick James Architects/reprodução/fonte:via

Anúncios

É preciso assinar um termo de ‘sei que posso morrer’ para provar este sorvete

Você pode até gostar de pimenta, mas dificilmente irá apreciar o gostinho diabólico deste sorvete criado pelo Aldwych Cafe de Glasgow, na Escócia.

A sobremesa ganhou o nome de  “Respiro Del Diavolo” e seus criadores afirmam que a receita é feita com  Carolina Reapers, considerada a pimenta mais picante do mundo. Graças a isso, é preciso ter mais de 18 anos e assinar um termo de responsabilidade antes de provar o sorvete.

https://res.cloudinary.com/jpress/image/fetch/c_fill,f_auto,h_720,q_auto:eco,w_960/https://inews.co.uk/wp-content/uploads/2018/02/27368744_988977527920041_6919129496562008024_o-960x720.jpg

Entre as cláusulas do documento, os valentes o suficiente precisam confirmar que entendem que pode haver um “risco de ferimentos pessoais, doença e possivelmente perda da vida“. Além disso, é necessário afirmar que não possui nenhuma condição médica que possa tornar a experiência ainda mais perigosa.

 https://i1.wp.com/foodgod.com/content/uploads/2018/02/Pepper-ice-cream.png

Ainda segundo o documento, o Respiro del Diavolo teria uma classificação de 1.569.300 na escala de Scoville, usada para medir o grau de ardência das pimentas. Esse número indica que o sorvete seria 500 vezes mais apimentado do que o molho Tabasco convencional, por exemplo.

Resultado de imagem para Aldwych Cafe

Você teria coragem de provar?

Café constrói um bairro inteiro para pessoas em situação de rua

Um café na Escócia tomou para si o conceito de responsabilidade social e está transformando a vida da comunidade local. Além de empregar pessoas sem-teto, o Social Bite criou um sistema de distribuição gratuita de comida e agora vai construir uma vila com 11 casas para acomodar pelo menos 20 pessoas em situação de rua.

Em atividade desde 2012, a rede possui cinco representações na Escócia e 1 a cada 5 funcionários é sem-teto. A ideia de utilizar a marca como aceleradora de desenvolvimento nasce a partir da percepção de Josh Littlejohn de que esta parcela da população é ignorada pelo governo.

“Se seguirmos chamando a atenção de lideranças políticas para este assunto podemos resolver este problema”, declarou ao site da Reuters Littlejohn.

Apenas em 2017 a rede distribuiu 100 mil pratos de comida e atualmente assiste cerca de 300 mil pessoas por semana. A atuação do Social Bite faz parte de uma crescente onda de empreendimentos com cunho social, que ao mesmo tempo em que dão dignidade para um setor marginalizado, geram lucros para a economia do país britânico.

Atualmente cerca de 11 mil pessoas não têm onde morar na Escócia, número que vem subindo desde 2015. Para a contenção dos avanços o governo injetou mais de 50 milhões de libras destinadas para a criação de políticas sociais, entre elas o incentivo ao surgimento de empreendimentos sociais.

Foto: Reprodução/Twitter/fonte:via

Já é possível alugar um apê temático de Harry Potter

Os fãs de Harry Potter já podem preparar as malas sem precisar se preocupar com o destino da viagem. Depois de embarcar na plataforma 9 ¾ da estação King’s Cross, em Londres, eles só poderiam ir diretamente para Hogwarts, não é mesmo? E um pedacinho deste universo pode ser encontrado neste incrível apartamento temático localizado em Edimburgo, no Reino Unido.

Com espaço para até quatro pessoas, o apê conta com dois quartos. O primeiro deles recria um dormitório em Gryffindor, com cama king size em estilo clássico, enquanto o segundo conta com uma cama de casal e é inspirado no Hogwarts Express. Ambos dormitórios são equipados com televisões de 43”, para caso os hóspedes queiram assistir a um dos filmes do bruxinho enquanto se sentem parte da produção.

De acordo com o site OMGFacts, a cozinha e sala de estar do apartamento também são inspiradas nos espaços comuns de Gryffindor. O destaque especial fica para alguns itens que pertenceram à própria J.K. Rowling e são usados para compor a decoração do ambiente, como uma mesa e a moldura de um espelho.

As reservas já estão praticamente esgotadas para o ano de 2018, mas ainda restam algumas poucas datas disponíveis para aqueles que sonham em se hospedar neste luxuoso apartamento temático. Para isso, basta acessar o site do imóvel e estar disposto a pagar £ 149 por noite (cerca de R$ 680). Alguma dúvida de que vale a pena?

 

Todas as fotos: Reprodução/fonte:[via]

A ilha esquecida – e icônica – que só pode ser visitada uma vez por ano

03

Eynhallow é uma pequena ilha de menos de 900 metros de extensão em Órcadas, um arquipélago localizado ao norte da Escócia. Abandonada desde o século XIX, esta pitoresca ilha poderia até passar sem grande destaque, mas se tornou um marco na região por só estar acessível uma vez por ano.

02

Eynhallow significa ‘ilha sagrada’ em norueguês arcaico e, embora esteja a apenas 500 metros de distância de Mailand – a principal e maior ilha do arquipélago – as correntes são tão fortes que ninguém pode atravessar. A única oportunidade de pisar no lugar é em um único dia no Verão, quando a Orkney Heritage Society organiza uma visita.

05

Ironicamente, o nome da ilha não a impediu de ser acometida por uma ‘tragédia’ e foi justamente isso que originou seu total abandono. Em 1851, a morte de quatro famílias que moravam lá, levou à evacuação da ilha.

03

Mais tarde descobriram ter sido um surto de febre tifoide. O poço da ilha foi contaminado e poluiu o abastecimento de água. Após o surto, e para tornar as casas inabitáveis, os telhados foram retirados. Foi só então que ficou claro que a antiga igreja estava no cerne do complexo.

04

Construída com um design românico, a igreja possui uma nave retangular, que se abre na extremidade leste em uma capela retangular. No extremo oeste havia uma varanda quadrada que, sugere, poderia ser realmente os restos das paredes inferiores de uma torre. As portas estreitas permitem o acesso ao interior.

06

* Imagens: Geograph / Wikimedia Commons/fonte:via