Pela primeira vez em 30 anos, governo sueco distribui cartilha de sobrevivência durante guerra

O medo de uma Terceira Guerra Mundial permanece assustando cidades europeias. Com as crescentes tensões entre países como os Estados Unidos, Coreia do Norte e Rússia e ameaças de ataques cibernéticos e terroristas, a Suécia acaba de iniciar um programa de orientação populacional sobre medidas para se proteger de um possível conflito.

Mais de 4 milhões de famílias foram alvo da campanha, que tem o intuito de passar orientações de sobrevivência como a importância de priorizar alimentos não perecíveis e que não precisem de água para serem preparados, como purê de batata, barras energéticas, sardinhas e macarrão.

A medida chama atenção por ser a primeira vez em que instruções desse tipo são dadas desde a década de 1980. Aliás, as versões originais foram distribuídas pelo governo durante a Segunda Guerra Mundial e a Guerra Fria.

Esta não é a primeira vez em que a Europa alerta a população sobre os perigos da guerra. Em 2016 a Alemanha aconselhou os cidadãos a armazenarem comida e água em casos de emergência.

Fotos: Unsplash/fonte:via

Anúncios