Drone encontra flor que cientistas acreditavam estar extinta

Drones não foram criados apenas para ficarmos babando nas fotos aéreas que esses aparelhinhos são capazes de registrar. Eles também podem auxiliar no combate à caça ilegal, plantar árvores ou mesmo encontrar espécies de plantas que pareciam extintas.

O último caso aconteceu recentemente, quando três exemplares da flor Hibiscadelphus woodii foram encontrado em uma área remota do vale de Kauai Kalalau. A planta era considerada extinta desde 2011, mas sua (re)descoberta foi anunciada no dia 16 de abril pelo National Tropical Botanical Garden (NTBG).

Hibiscadelphus woodii encontrada no Havaí

Hibiscadelphus woodii. Foto: Kenneth R. Wood

Vista pela primeira vez pelos botânicos em 1991, a flor, que é exclusiva das ilhas havaianas, foi catalogada em 1995.  A Hibiscadelphus woodii cresce como um arbusto e possui flores amarelas ricas em néctar. Pesquisadores acreditam que elas sejam polinizadas por aves nativas do Havaí, visto que esforços realizados para propagar a espécie utilizando diversos métodos falharam.

Foto: Reprodução Youtube/NTBGSavePlants

A descoberta anima os cientistas, que esperam que outras espécies consideradas extintas possam ainda ser encontradas em áreas remotas do planeta. “Drones estão desbloqueando um tesouro inexplorado em penhascos, e, mesmo que essa seja a primeira descoberta do tipo, tenho certeza de que não será a última”, salienta o coordenador da NTBG e especialista em drones, Ben Nyberg.

Foto em destaque: Reprodução Youtube/NTBGSavePlants/fonte:via

A beleza geométrica dos campos de tulipas é retratada em imagens aéreas

O fotógrafo e designer alemão Tom Hegen é especializado em fotografias aéreas. Suas fotos destacam principalmente as transformações feitas pelo homem às paisagens naturais. Os produtores de tulipas holandeses cultivam cerca de dois bilhões de flores por ano. Vistas de cima, essas paisagens nos impressionam com sua beleza. Conheça mais o trabalho no Instagram do artista.

Foto: Tom Hegen/fonte:via