Fotógrafo clica 20 gatos ‘loucões’ de catnip

O fotógrafo profissional de animais de estimação Andrew Cattila captura uma variedade de personalidades bobas e expressivas dos gatos enquanto eles reagem à sua viagem. Recentemente, ele terminou um projeto sobre o amor dos gatos pelo Catnip, ou a erva-do-gato.

Em seu livro Cats On Catnip, publicado em junho deste ano, ele faz uma coleção humorística de dezenas de fotos de gatos engraçados e adoráveis ​​enquanto brincam, rolam e comem seu lanche favorito. “Enquanto eu costumava ser terrivelmente alérgico a gatos, agora eu moro com minha namorada, nossos três gatos e uma enorme quantidade de gatinhos adotivos fora de D.C.”, conta Andrew.

Gatos adoram catnip. Quer seja comê-lo, brincar com ele ou rolar nele, a erva transforma nossos amigos felinos domésticos em divertidos bailes de atividade. Despreocupados e desimpedidos, eles são livres para serem tolos, excepcionalmente brincalhões e honestos.

Um divertido e delicioso olhar para nossos companheiros peludos, este livro é perfeito para todos os amantes do gato.

Fotos: Andrew Cattila/fonte:via

Cãozinho abandonado por ser ‘grande demais’ tem agora 110 mil seguidores no Instagram

Quando alguém disser que você não é suficientemente bom, lembre-se da história deste cachorrinho.

Bertram é um lulu-da-pomerânia que nasceu grande demais. Por ser maior do que o padrão de sua raça, seus criadores o deixaram em um abrigo para animais, que colocou-o para adoção no site Petfinder.

Na internet, a artista nova-iorquina Kathy Grayson encontrou Bertram e deu uma casa e um “emprego” para o companheiro de quatro patas.

Hoje, o bichano vive com Kathy a passa as horas vagas na galeria de arte The Hole, administrada pela tutora. Seu apego pela arte parece ter levado o cãozinho a um novo senso de estilo, que resultou em nada menos do que 110 mil seguidores no Instagram.

Na rede social, as pessoas acompanham a rotina de Bert, como foi apelidado o cachorro, que completou seu quinto aniversário em maio.

Ele não é uma fofura? ♥

Fotógrafo clica 20 gatos ‘loucões’ de catnip

O fotógrafo profissional de animais de estimação Andrew Cattila captura uma variedade de personalidades bobas e expressivas dos gatos enquanto eles reagem à sua viagem. Recentemente, ele terminou um projeto sobre o amor dos gatos pelo Catnip, ou a erva-do-gato.

Em seu livro Cats On Catnip, publicado em junho deste ano, ele faz uma coleção humorística de dezenas de fotos de gatos engraçados e adoráveis ​​enquanto brincam, rolam e comem seu lanche favorito. “Enquanto eu costumava ser terrivelmente alérgico a gatos, agora eu moro com minha namorada, nossos três gatos e uma enorme quantidade de gatinhos adotivos fora de D.C.”, conta Andrew.

Gatos adoram catnip. Quer seja comê-lo, brincar com ele ou rolar nele, a erva transforma nossos amigos felinos domésticos em divertidos bailes de atividade. Despreocupados e desimpedidos, eles são livres para serem tolos, excepcionalmente brincalhões e honestos.

Um divertido e delicioso olhar para nossos companheiros peludos, este livro é perfeito para todos os amantes do gato.

Fotos: Andrew Cattila/fonte:via

Os filhotes de pangolim parecem sempre estar ensaiando pedir alguma coisa

É bem provável que você nunca tenha ouvido falar ou visto um pangolim.

Tudo bem, né? Afinal, esse mamífero vive bem longe daqui, em zonas tropicais da Ásia e da África. Seu nome vem do malaio e significa “animal que se enrola“.

Mas uma das características mais fofas do bichano que tem o corpo coberto de escamas é o fato de que ele sempre parece estar querendo pedir alguma coisa…

Sabe aquele seu amigo meio sem jeito que se enrola todo para falar algo? É o pangolim!

Para quem notou a semelhança com os Pokémons Sandslash e Sandshrew, ela não é por acaso, já que os bichinhos foram mesmo inspirados em um animal da espécie.

O que será que ele está querendo pedir?

 

Esquilo perde patas em armadilha e ganha prótese com rodinhas para poder se locomover

Depois de ser resgatado de uma armadilha armada por caçadores no sudeste da Turquia, o esquilo Karamel precisou ter suas duas patas da frente amputadas.

Sua recuperação se deu na Universidade Aydin, em Istambul, para onde foi levado após ser encontrado ferido.

Para que ele pudesse continuar se movimentando, os pesquisadores decidiram criar uma prótese personalizada para Karamel. O projeto foi levado à cabo pelo pesquisador Tayfun Demir, um amante dos animais que também possui um esquilo em casa.

O bichano se tornou o primeiro de sua espécie a ganhar um membro postiço, de acordo com o Daily Mail. Karamel precisou passar por duas cirurgias antes de poder se movimentar sozinho com a prótese – uma das operações teve duração de seis horas.

Segundo um vídeo publicado pela Reuters Brasil, ele ainda está se adaptando à sua prótese com rodas, mas outras fontes afirmam que ele já consegue se alimentar sozinho.

 

Fotos: Getty Images/fonte:[via]

Este cãozinho está ganhando corações pela internet e o motivo ‘está na cara’

Difícil encontrar alguém que tenha crescido nos anos 90 e não tenha sonhado com um dálmata (ou 101 deles).Mas também não será fácil encontrar outro cão que tenha suas manchinhas iguais às de Wiley, um filhote que está conquistando corações na internet.

“Coração” é mesmo a marca do pequeno dálmata: ele possui uma mancha neste formato em pleno focinho.

Com menos de três meses de vida, Wiley já arranca suspiros no Instagram, onde conta com mais de 13 mil seguidores.

Além de uma carinha muito fofa e de sua marca pessoal, o cãozinho também esbanja estilo e está sempre desfilando com lencinhos diferentes.

No início, a família não sabia se a manchinha no formato de coração permaneceria à medida que o animal crescesse, mas até agora ela parece estar ali para ficar! Ao The Dodo, sua tutora disse que todos notam o coração no focinho de Wiley. “Ele é fofo e sabe disso“, comentou ela ao site.

Ele não é adorável?