Este homem quer transformar um navio de cruzeiro em lar para sem-teto

Apenas no Brasil, 33 milhões de pessoas não têm onde morar. A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) revela que entre 2016 e 2017, subiu em 1,4% o número de invasões no país.

Nos Estados Unidos e Europa o cenário não é diferente e acaba se agravando pela postura anti-imigratória de governantes como Donald Trump, que insistem na aplicação de medidas discriminatórias para evitar o desembarque de famílias em situação de vulnerabilidade social.

No caminho contrário, Kenneth Capron está determinado em pensar métodos eficazes para auxiliar a vida dos sem-teto. Durante fala no conselho da cidade de Portland, nos Estados Unidos, o rapaz revelou a existência de um projeto que pretende transformar em lar um navio de cruzeiro abandonado.

“Estamos de olho nas pessoas sem-teto, com baixo poder aquisitivo e imigrantes que precisam de uma casa. Eles necessitam de oportunidades de emprego e treinamento. Por isso, pretendemos oferecer tudo isso dentro do navio”, ressaltou.

Assim que conseguiu permissão de representantes da prefeitura do município, Capron viabilizou a injeção de 250 mil dólares feita pela Fundação Robert Wood para estimular os estudos que transformarão o navio em casa.

Por hora, o navio de cruzeiro não é visto como uma solução definitiva, entretanto seu valor se dá pelo fato de poder proporcionar abrigo para os que precisam com urgência. Portland registra um déficit habitacional de 1 mil unidades e o navio pode oferecer pelo menos 800 apartamentos e serviços de apoio social.

“Não sei se esta é a ideia mais louca ou mais brilhante que já ouvi. Porém, o que mais me atrai é o aspecto criativo para conseguir uma saída para este problema crônico”.

Foto: Reprodução/fonte:via

Anúncios

Esta casa incrível pode ser construída em praticamente qualquer lugar em apenas 6 horas

A casa M.A.Di. parece boa demais para ser verdade, mas é. Em uma época com preços imobiliários impeditivos, o italiano Renato Vidal criou uma brilhante alternativa que não é somente barata, mas também moderna e ecológica.

A casa pode ser construída em qualquer local plano, até sem uma base de concreto, em cerca de 6 horas.Criada com material de alta qualidade, é segura contra abalos sísmicos e vem em uma variedade de tamanhos, que vão desde uma casa de cerca de 27 metros quadrados por US$ 33 mil (aproximadamente R$ 106 mil, no câmbio comercial de hoje) até uma de 84 metros quadrados por US$ 73 mil (R$ 235 mil).

 

Todos os modelos básicos incluem banheiro com instalações sanitárias, conexões na cozinha, escada e instalações técnicas.

Uma vez montada, a estrutura de M.A.Di. pode suportar também painéis solares, iluminação LED e sistemas alternativos de água.

Por fim, o projeto é personalizável de acordo com suas necessidades. O tempo de entrega da casa é de até 60 dias após a aceitação dos desenhos finais.

Você pode obter mais informações no website da M.A.Di. /fonte:via[BoredPanda]