Instagram X realidade: artista alemã brinca com a verdade por trás das fotos ‘perfeitas’

Quase todo mundo já se pegou insatisfeito com alguma coisa em sua vida e decidiu pegar o celular para dar uma distraída. Uma rolagem rápida pelo feed do Instagram e logo o dia a dia de todo mundo parece muito melhor que o seu. Familiar?

A artista alemã Geraldine West não gosta dessa ideia, e usou a própria rede social para brincar com a ilusão de vida (alheia) perfeita que o Instagram ajuda a construir.

Para isso, ela criou uma série simples em que publica a versão “Instagramizada” de momentos corriqueiros ao lado de registros de como a mesma situação se passaria com pessoas normais, que pouco têm a ver com as produções caprichadas que tomam o Instagram.

Fotos via Geraldine West  /fonte via

Vera Holtz oriental de 90 anos continua conquistando a internet com suas aventuras

Só envelhece quem quer e essa japonesa de 90 anos não está disposta a encarar o estereótipo da vovó que fica em casa fazendo tricô para os netos. Kimiko Nishimoto, mas a verdade é que essa ídola da terceira idade não para de surpreender com suas fotos divertidíssimas.

Kimiko começou a fotografar aos 72 anos e, desde então, já fez cursos de foto e aprendeu a editar as imagens usando programas gráficos. Em dezembro do ano passado, seus trabalhos foram expostos em uma galeria em Tóquio, onde o sucesso da artista só aumentou.

Agora, a idosa mais divertida da internet compartilha suas criações através do Instagram e já conta com mais de 120 mil seguidores na rede social.É ou não é a vovó mais fofa (e tecnológica) que você já viu?

Espia só alguns dos cliques criativos de Kimiko!

Fotos: Kimiko Nishimoto /fonte:via

Cãozinho abandonado por ser ‘grande demais’ tem agora 110 mil seguidores no Instagram

Quando alguém disser que você não é suficientemente bom, lembre-se da história deste cachorrinho.

Bertram é um lulu-da-pomerânia que nasceu grande demais. Por ser maior do que o padrão de sua raça, seus criadores o deixaram em um abrigo para animais, que colocou-o para adoção no site Petfinder.

Na internet, a artista nova-iorquina Kathy Grayson encontrou Bertram e deu uma casa e um “emprego” para o companheiro de quatro patas.

Hoje, o bichano vive com Kathy a passa as horas vagas na galeria de arte The Hole, administrada pela tutora. Seu apego pela arte parece ter levado o cãozinho a um novo senso de estilo, que resultou em nada menos do que 110 mil seguidores no Instagram.

Na rede social, as pessoas acompanham a rotina de Bert, como foi apelidado o cachorro, que completou seu quinto aniversário em maio.

Ele não é uma fofura? ♥

Alguém resolveu provar que fotos do Instagram são todas iguais e é assustador

Algumas vez você já teve a sensação de ter visto uma foto antes?

Ao deslizar pelo feed do Instagram, esse sentimento parece se tornar mais e mais comum. A explicação é simples: as fotos postadas na rede social realmente se parecem bastante.

O perfil Insta Repeat faz montagens com fotos similares justamente para mostrar a falta de originalidade na plataforma. Criado em junho deste ano, o perfil soma mais de 43 mil seguidores.

Os culpados são geralmente perfis de pessoas ou contas profissionais que buscam propagar um estilo de vida autêntico, livre e criativo. Irônico, não?

A compilação de fotos é feita por um fotógrafo anônimo de 27 anos, que vive no Alaska. Graças a isso, a maior parte das imagens reflete cenários gélidos ou invernais – mas a sensação é de que muitas dessas paisagens seriam substituídas facilmente por praias e piscinas aqui no Brasil.

Quando postas lado a lado, as imagens expõem mais do que a falta de criatividade. Muitas vezes, as pessoas por trás do clique sequer percebem que estão apenas repetindo uma fórmula ao invés de se ocupar em criar algo novo e realmente original.

Estou interessado em explorar a escolha de fazer uma imagem que já foi, em essênca, feita antes. A coisa mais incrível que aconteceu desde que comecei essa conta são as pessoas se engajando no debate crítico sobre originalidade e criação da mídia“, disse o autor das compilações ao Bored Panda.

Espia só algumas destas fotos que são mais do mesmo – e confessa que você já curtiu muitas iguais a elas na rede social!

Garotinha nigeriana deixou todo mundo boquiaberto com sua beleza

Depois de conhecer o fotógrafo Mofe Bamuyiwa, especializado em retratar a beleza de pessoas negras, a vida da jovem Jare se transformou. Natural da Nigéria, país da África Ocidental, a garotinha de cinco anos está sendo considerada ‘a mais bela do mundo’.

Ao todo foram postados três retratos da pequena nigeriana. Sem muito luxo, ou excesso de maquiagem, pois a ideia era justamente ressaltar seus atributos naturais. Claro, respeitando a idade da criança.  

O fato de todo mundo se impressionar reforça a necessidade do rompimento com estereótipos históricos. No caso de Jare, o que chamou a atenção foi justamente esta quebra.

Ao se apresentar com cabelos crespos, livres de química e com uma produção realçando a beleza negra, a jovem conquistou a todos. “Ah sim, ela é humana! Ela também é um anjo!”, Mofe escreveu.

Ficou interessado? Conheça melhor o trabalho do fotógrafo Mofe Bamuyiwa.

Foto: Reprodução/Instagram/fonte:via

Este casal cresceu na mesma cidade, se conheceu do outro lado do mundo e passou a viver na estrada

Um casal que cresceu na mesma cidade, mas nunca tinha se falado, contou como eles estão agora viajando pelo mundo de mãos dadas depois que o acaso os uniu. Charlie Pauly, 27 anos, e Lauren Cliffe, 24, de Peterborough, se esbarraram depois de viajarem, cada um por si, para a Austrália e perceberam logo que tinham uma conexão.

Logo após o encontro, eles decidiram abandonar suas vidas no Reino Unido e viajar pelo mundo todo. Graças à sua química na câmera, a dupla acumulou mais de 90 mil seguidores no Instagram, fazendo com que suas viagens se tornassem seu modo de vida.

Junto com o Instagram, o casal passou a postar sobre suas andanças e também administrar um negócio de marketing de viagens. Contando sua história de amor, o casal disse: “É engraçado; nós dois estávamos em viagens individuais separadas e nos esbarramos em nosso shopping center local”. 

“Nós sabíamos um do outro, mas nunca falamos antes. Começamos a conversar sobre viagens e combinamos de sair e uma coisa levou a outra”. Em pouco tempo eles perceberam que poderiam ganhar a mesma quantia de dinheiro que recebiam de seus trabalhos com o blog e passaram a transformar seu site de moda em uma página de viagens.

“Nossas personalidades, morais e valores são idênticos. Dentro de algumas semanas, era inegável que não sairíamos do Reino Unido sem o outro”. Para arrecadar dinheiro para suas viagens, o casal seguiu em frente com sua marca de roupas Wanderers & Warriors e descobriram que podiam vender mais de 30 pacotes por semana em todo o mundo. “Começamos a economizar juntos, montamos uma marca de roupas e voltamos para a estrada”.

Sua primeira viagem juntos foi para a Índia, uma jornada que, segundo eles, realmente testou suas “personalidades, paciência e relacionamento”. No final, eles saíram com um ‘laço inquebrável’ e se aventuraram para o próximo lugar.

Charlie e Lauren visitaram oito países no ano passado e pretendem visitar um total de dez neste ano, incluindo passar o inverno na Europa. O destino favorito do casal até agora foram as Filipinas, graças ao seu cenário de tirar o fôlego. O local mais atraente para eles foram as favelas em Mumbai, por conta das pessoas incrivelmente receptivas. ]

Eles estão atualmente em Bali, na Indonésia, onde passaram os últimos seis meses se instalando e se instalando. Os pombinhos dizem que a região é “um lugar tão bonito, cheio de cultura e comida deliciosa”, acrescentando: “É uma boa base para entrar e sair da cidade para fins de viagem.

“Somos viajantes lentos, gostamos de dedicar pelo menos um mês a cada país porque queremos ver o máximo possível. A maior parte do tempo estamos vivendo de mochilas. Somos minimalistas, mas é um estilo de vida e nos permite fazer o que fazemos”. 

Tanto Charlie quanto Lauren creditam o Instagram por ajudá-los a criar uma carreira que podem ser trabalhadas de qualquer lugar. “Permitiu-nos sustentar nosso estilo de vida. Isso nos conectou com as pessoas e nos permitiu inspirar os outros”, contam. “Acima de tudo, temos um propósito que nos faz querer sair da cama às 5h da manhã para pegar a foto perfeita do nascer do sol. Somos apaixonados por compartilhar essas experiências com o mundo”.

“Esperamos mostrar às pessoas que viajar é acessível a todos e muito mais fácil do que você pensa. Se você trabalha duro e ama o que faz, então tudo é possível. Viajar nos ensinou a permanecer humildes, o mundo é um lugar enorme e as viagens vão te ensinar algumas lições valiosas. Se você tiver a oportunidade de viajar, faça as malas e vá explorar. Veja o mundo através de outra perspectiva e use a experiência para crescer como pessoa”, concluem.

Fotos: @wanderersandwarriors  /fonte:via

Mãe Ilustra dia a dia como sua vida mudou após nascimento de filho

Ser mãe em tempo integral pode ser uma tarefa bastante solitária e desgastante. Mesmo assim, é a opção de muitas mulheres que buscam passar mais tempo com os filhos nos primeiros anos de vida – mesmo que seja necessário fazer uma pausa na carreira para isso.

Kara Western é uma destas mães.

Quando seu filho James nasceu, há pouco mais de dois anos, ela passou a desenhar algumas situações cotidianas ao lado do menino. Visitas ao médico, pequenas descobertas e momentos simples, mas que valem muito, são o tema de suas ilustrações.

Pode ser uma tarefa mundana, como lavar roupas, ou momentos emocionantes, como os primeiros passos de James, meu bebê. Eu quero colocá-los no papel para que eu possa apreciar melhor esses momentos fugazes que frequentemente deixamos passar“, escreveu ela no site Bored Panda.

Kara compartilha suas ilustrações e histórias cotidianas através do Instagram, onde já reúne mais de 2 mil seguidores.

É difícil não se identificar com cada um dos desenhos da artista. Vem ver!

Fotos por:Kara Western /fonte:via